Horas  7 horas 28 minutos

Coordenadas 1547

Uploaded 21 de Setembro de 2015

Recorded Setembro 2015

  • Rating

     
  • Information

     
  • Easy to follow

     
  • Scenery

     
-
-
653 m
69 m
0
4,6
9,1
18,22 km

Visualizado 1730 vezes, baixado 39 vezes

próximo a Vila Jusã, Vila Real (Portugal)

O percurso realizado tem início na Av. Conselheiro Alpoim e decorre da junção dos PR`s Rota do Sopé do Marão e Rota do Pico da Vila, ambos da rede de percursos de Mesão Frio.
Trata-se de um itinerário desenvolvido através de caminhos ancestrais durienses que nos remetem para tempos passados, embora grande parte da rota é feita por caminhos atualmente pavimentados. Traçado de tipologia circular, numa distância de aproximadamente 18 kms, apresenta grande exposição solar e desníveis ascendentes e descendentes um pouco acentuados próprios do local onde se insere. Tem como elementos comuns o monte e a vinha, numa simbiose umbilical com o Rio Douro.
Os traçados primam pela ausência de marcas na natureza pelo que é recomendado o uso de GPS ou mapa do percurso.

Começamos na Av. Conselheiro Alpoim onde se destaca o Convento Franciscano do Ano de 1724 e seguimos em direção à Rua da Vitória e Rua do Balcão, pouco depois estávamos no Largo do Cruzeiro, do lado direito encontra-se a Casa da Picota (Ano de 1542) e em frente o Chafariz de duas bicas (Ano de 1861).
Seguindo pelo Beco da Rua da Picota iniciamos a subida em direção ao Sopé do Marão, e que subida! Começamos a ter o primeiro contacto com a vinha, os socalcos permitem o cultivo dos vinhedos neste íngreme e xistoso terreno. Há medida que íamos alcançando a cota máxima do percurso as panorâmicas alcançadas eram de cortar a respiração: vista magnífica da Vila de Mesão Frio, da Capela de S. Silvestre, da Serra das Meadas e ainda foi possível vislumbrar o Rio Douro a correr lá no fundo do vale…
Depois de apreciar todas as perspetivas da paisagem envolvente deste lugar onde, o sossego e o encanto da natureza estão em perfeita sintonia, iniciamos a descida à Vila. Por entre caminhos rodeados de vinhedos fomos descendo a íngreme encosta, onde se destaca o contraste da vinha com a montanha… e como não podia deixar de ser nesta época do ano cruzamo-nos com várias vindimas onde gente simpática e amável nos ofereciam a provar as uvas deliciosas.
Já na entrada da Vila fizemos uma paragem no Café Mira Rio para o reforço da manhã e daqui seguimos para o Rio Teixeira. Os moinhos de água recuperados juntamente com a beneficiação do espaço envolvente proporcionam um recanto de lazer maravilhoso.
A rota atravessa a Vila e segue em direção à Capela de S. Silvestre e ao seu miradouro, local ancestral, com vista privilegiadas sobre o Rio Douro. Aproveitamos a sombra, sobre os degraus da Capela, para almoçar enquanto apreciávamos as magnificas paisagens.
Depois de retemperar as forças iniciamos, por entre os vinhedos, uma descida íngreme até ao lugar do Cotinho, onde, uma pintura religiosa, vernácula do Sec.XIX, pode ser apreciada.
Até Barqueiros os vinhedos são uma constante. Durante a ocupação romana já se cultivava a vinha e se fazia vinho nos vales do Douro, atualmente reconhecida como Património Mundial pela UNESCO. Em Barqueiros realça a Igreja Matriz, construída no Sec. XIX, tem como padroeiro São Bartolomeu. Uma curiosidade, a Casa do Povo de Barqueiros foi a primeira a ser inaugurada em todo o pais corporativista em 1934. Atravessamos Barqueiros por entre o seu casario de ruas e ruelas estreitas, passando pela Capela da Nossa Senhora da Conceição, do Sec.XVII ou XVIII, em direção ao seu apeadeiro já muito perto do Rio Douro.
Percorrendo algum tempo as margens do Rio Douro iniciamos a subida bastante íngreme junto à Casa do Registo em direção à Vila Jusã. Que subida!!! Ainda procuramos o marco pombalino, mas sem sucesso… As vinhas continuavam a acompanhar o caminho e o rio lá em baixo convidava a banhos neste dia de calor, em alternativa, ficamos por um “chafurdar” nas águas frescas da fonte de Vila Jusã. A entrada na Vila de Mesão Frio fez-se pela Rua Sampaio Moreira em direção à Igreja de São Nicolau, templo de raiz românica fundada pela Rainha Dona Mafalda. Seguindo caminho, do lado direito o antigo Hospital da Misericórdia, e pouco depois estávamos na Av. Conselheiro Alpoim onde terminamos esta Rota do Pico da Vila ao Sopé do Marão.

2 comentários

  • PicosAlpinos 22/set/2015

    Excelente para esta altura do ano! Junta no seu pleno as vinhas, as vindimas e o rio douro.

  • Foto de Caminhantes

    Caminhantes 23/set/2015

    Obrigado pelo comentário PicosAlpinos.
    Gostamos muito de realizar o trilho nesta altura do ano para aproveitar ao maximo a beleza das vindimas no Douro.
    Boas caminhadas.

You can or this trail