Horas  7 horas 24 minutos

Coordenadas 1808

Uploaded 11 de Janeiro de 2015

Recorded Janeiro 2015

  • Rating

     
  • Information

     
  • Easy to follow

     
  • Scenery

     
-
-
897 m
373 m
0
6,3
13
25,38 km

Visualizado 2871 vezes, baixado 130 vezes

próximo a Sinfães, Braga (Portugal)

A Rota do Maroiço é um percurso de Pequena Rota, com 21 kms de extensão, de nível médio/alto, de tipologia circular, que tem início e fim na Barragem da Queimadela. Nós fizemos uma pequena alteração à rota homologada para passar pelo Alto de Morgair e visitar a nascente do Rio Vizela, o que originou um percurso de 25 Kms.
Percurso de interesse ambiental, cultural, paisagístico e desportivo, com diversos pontos de interesse, começa por bordejar as águas tranquilas da albufeira da barragem; segue pelos caminhos tradicionais dos pastores, outrora usados na "vezeira" e passa pelos núcleos rurais de Monte, onde paramos para uma bebida no simpático café da Terra e seguimos para Casal de Estime, daqui subimos ao alto da Serra do Maroiço (847 metros de altitude), onde avistamos os primeiros Garranos e um vasto panorama das serras circundantes.
Na Laje Branca podemos apreciar uma das mais bonitas paisagens do vale do rio Ave: a albufeira do Ermal. Sem grande esforço, ainda se consegue avistar o castelo da Póvoa de Lanhoso e o santuário do Sameiro, com as serras do Gerês e da Cabreira como pano de fundo.
Depois da foto de grupo, seguimos em direção ao Marco Geodésico do Alto de Morgair (893 metros de altitude) para ver a Nascente do Rio Vizela, onde aproveitamos para degustar o merendeiro levado de casa. Retomamos caminho, contrariamente ao habitual, não voltamos para trás, seguimos por caminho de terra batida, atravessando um magnífico carvalhal até Luilhas, onde paramos no café da aldeia para mais uma bebida. Depois foi seguir por caminhos rurais de muros de pedra cobertos de musgo em direção à Aldeia de Queimadela, seguiu-se a Aldeia de Pontido, espaço de turismo rural, um paraíso para descansar, e seguindo as margens do Rio Vizela, chegamos à praia fluvial da albufeira da Queimadela e logo depois ao Parque de Campismo, onde deixamos os carros e terminamos o trilho.

6 comentários

  • Foto de Carlos A. Jesus

    Carlos A. Jesus 11/jan/2015

    Lindo

  • Foto de fernandapacheco

    fernandapacheco 16/mai/2016

    I have followed this trail  View more

    Magnífico trilho, recomendo.

  • Foto de Filipejpm

    Filipejpm 12/mar/2017

    I have followed this trail  View more

    Trilho fácil de percorrer, cenário paisagístico muito bonito.

  • Foto de arlindo silva

    arlindo silva 5/dez/2017

    I have followed this trail  View more

    Trilho mesmo fantástico

  • Carlos Coutinho 16/ago/2018

    Fiz este trilho em 15/ago/2018. A marcação ao longo do percurso é muito escassa, e em longas partes do trilho inexistente - não fosse o recurso ao GPS e seria quase impossível encontrar o caminho correcto. Além disso, entre as aldeias de Luilhas e Pontido uma grande parte do percurso está coberta de mato, com muitas silvas e urze - a progressão é muito lenta e difícil. Acresce ainda o facto de em alguns locais existirem obstáculos naturais - pequenas árvores caídas sobre o caminho - certamente o resultado de incêndios passados, cujos sinais são evidentes em certos pontos do trilho.

  • Foto de Caminhantes

    Caminhantes 16/ago/2018

    Obrigado Carlos Coutinho por comentar o trilho, de facto com os incendios do ano passado a sinaletica e a beleza envolvente dos mesmos ficou comprometida na maioria das zona afetadas.
    Boas caminhadas!

You can or this trail