Tempo em movimento  7 horas 44 minutos

Hora  11 horas 16 minutos

Coordenadas 3753

Enviada em 1 de Setembro de 2020

Registrada em Setembro 2020

  • Avaliação

     
  • Informações

     
  • Fácil de fazer

     
  • Paisagem

     
-
-
713 m
152 m
0
5,1
10
20,54 km

Visualizado 435 vezes, baixado 35 vezes

perto de Cruz de Ferro, Coimbra (Portugal)

Lousã - Casal novo - Chiqueiro - Talasnal - Vaqueirinho - Catarredor - Candal - Castelo da Lousã , esta foi a rota definida para um passeio que foi longo e duro em algumas partes, mas que foi recompensador pelas fantásticas vistas do vale da serra da Lousã.
A caminhada começou cedo pelo trilho PR 1 Rota dos Moinhos em direcção ao castelo da Lousã, é um trilho agradável e fácil de realizar, depois de chegar a zona do castelo deve-se procurar as placas onde estão escrito varias direcções uma delas sedo Casal Novo seguindo então o trilho PR5 Rota dos serranos, a partir daqui devemos preparar para uma subida longa algo íngreme mas sem grandes partes técnicas e com algumas mas poucas partes de inclinações moderadas para o elevado 20% ou mais.
Chegando ao Casal Novo temos uma típica aldeia serrana de xisto pequena pitoresca e com um vista deslumbrante sobre a Lousã onde fazemos um pausa para restabelecer os níveis de energia. Continuamos em seguida em direcção ao Chiqueiro com um pequeno desvio para as famosas Letras da Lousã, depressa se chega ao Chiqueiro mais uma pequena aldeia de xisto.Saindo da aldeia do Chiqueiro descendo pela rua/escadaria principal seguimos em direcção ao Talasnal onde aquilo que subimos vamos ter de descer aqui convém ter cuidado pois a terra é solta e a descida íngreme mas assim que cruzamos a estrada de alcatrão o trilho é mais plano e mais aberto sem grandes dificuldades. Chegando ao Talasnal temos um aldeia de Xisto bonita restaurada com alojamentos locais restaurante casa de banho um boa vista e um bom sitio para recuperar as forças e descansar.
Seguimos pelo trilho PR4 Rota das quatro aldeias onde a placa aponta para o Vaqueirinho 2,5 km, quilómetros esses que foram duros com muitas árvores caídas e os cabos de segurança em algumas rochas muito degrados ou mesmos partidos e a cerca de 1,5 km perdemos o trilho e demos umas voltas a mais com subidas de tão íngremes que tivemos de ligar a " tracção as quatro patas" mas la acabamos por encontrar o caminho certo e seguimos viagem novamente em direcção ao Vaqueirinho, que chegando a este somos agraciados com a presença de uma gata siamesa e seus filhotes de destacar nesta aldeia uma pequena praça com um tanque onde nos podemos refrescar (não sei se a agua e potável) saindo do Vaqueirinho seguimos em direcção ao Catarredor, um caminho fácil e limpo na sua grande maioria chegando ao Catarredor seguimos viagem em direcção ao Cadal com a placa a indicar 4 Km caminho esse com partes técnicas subidas feitas pelas pedras terreno um bocado solto algumas descidas íngremes um trilho de serra típico o GPS nesta altura perdeu-se também e devido ao facto de ter pouca bateria não registou uma parte do percurso cerca de 1 km. Chegando ao Candal mais um aldeia de Xisto onde passa a Ribeira da Lousã mais uma paragem para comer e apreciar a zona envolvente, deu também para ter um ou dois dedos de conversa com alguns locais sobre a aldeia.
Saímos do Cadal em direcção ao castelo pelo Trilho PR 3 rota das levadas são cerca de 5 km quase sempre a descer passando pela cascata do Cadal o trilho não é exigente tirando uma zona de inclinação íngreme mas após passar esta zona e virar a esquerda quando se chega a levada é um trilho plano sempre junto a levada zona esta que em alguns sítios não tem protecção e é necessário ter cuidado devido ao risco de queda, a certa altura e já por volta das 19 horas detectamos um vulto preto algo grande ao que a posterior confirmamos ser um javali :) continuamos pelo Trilho fora passando pela central eléctrica e chegando finalmente ao castelo da Lousã onde demos por terminado o percurso mas que seguimos pelos novos passadiço que vão do castelo e se estendem por cerca de 1 km ate a Lousã.
Um nota final para um momento já no final do dia onde um senhor "jovem" nos reconheceu quando estava a caminhar nos passadiços e disse á sua esposa que o acompanhava " este casal saiu de manhãzinha e disse me bom dia" falamos um bocado sobre o trilho que fizemos sobre o encontro com o javali e facto de termos perdido o trilho entre o Talasnal e Vaqueirinho.
A distancia total foi cerca de 23 km, ate ao ponte de partida.
NOTAS:
-ESTE PERCURSO PODE SER FEITO DE MODO CIRCULAR
-USAR CALÇADO E ROUPA ADEQUADO A CAMINHA DE MONTANHA, BOTAS, CALÇAS ADEQUADAS, CASACO POIS O TEMPO DE MONTANHA RAPIDAMENTE PODE MUDAR, LUVAS
- ESTE PERCURSO PODE SER FEITO DURANTE O INVERNO MAS IDENTIFICAMOS DIVERSOS PONTOS ONDE A AGUA E A FORMAÇÃO DE GELO PODE TORNAR DIFÍCIL A PROGRESSÃO
-ENTRE O VAQUEIRINHO E CANDAL E METADE DO PR3 EM DIRECÇÃO AO CASTELO NÃO HÁ REDE DE TELEMÓVEL
Foto

inicio PR1

Junto a fabrica de papel
Foto

Trilho PR1

Foto

Trilho PR1

Foto

Trilho PR1

Foto

Trilho PR1

Ponte Suspensa
Foto

Trilho PR1

Foto

Trilho PR1

Cascata e escada para miradouro e abrigo
Foto

Trilho PR1

Abrigo
Foto

Trilho PR1

vista para o santuário e castelo
Foto

Trilho PR1

Castelo da Lousã
Foto

Trilho PR5

Foto

Trilho PR5

Em direcção ao casal novo sempre a subir
Foto

Trilho PR5

Foto

Trilho PR5

Foto

Trilho PR5

o sinal de caminho errado esta numa árvore caída virar a esquerda vindo do Castelo
Foto

Trilho PR5

Vista do casal Novo
Foto

Parque de merendas Letras lousã

Foto

Letras lousã

Foto

Chiqueiro

Foto

Trilho PR5

saindo da aldeia chiqueiro virar a esquerda em direcção ao talasnal
Foto

Talasnal

Foto

Trilho PR4

Foto

Trilho PR4

Foto

Trilho PR4

Foto

Trilho PR4

Cabos de segurança para transpor as rochas danificados
Foto

Trilho PR4

Foto

Trilho PR4

Vista para Castelo Trevim
Foto

Trilho PR4

muitas árvores no meio do trilho, mas faz parte a que estar preparado
Foto

Vaqueirinho

não é, mas estamos perto.
Foto

Vaquerinho

Foto

Trilho PR4

Foto

Trilho PR4

Foto

Trilho PR4

Foto

Catarredor

Foto

Catarredor

Foto

Trilho PR4

Foto

Trilho PR4

Vista sobre o vale
Foto

Trilho PR4

Foto

Trilho PR3 Candal

em direcção ao castelo
Foto

Trilho PR3

Foto

Trilho PR3

Levadas
Foto

Trilho PR3

Foto

Trilho PR3

Foto

Trilho PR3

Por do sol
Foto

Castelo da lousâ

6 comentários

  • Foto de Zé Ramalho

    Zé Ramalho 12/set/2020

    Eu fiz esta trilha  verificado  Ver mais

    Muito bom, exelente trilho.

  • Foto de BrunoZaggato

    BrunoZaggato 30/set/2020

    Boas, uma questão, a medição do acumulado está certa? 1448 metros?

  • Foto de Aniki&Mike

    Aniki&Mike 30/set/2020

    Boas BrunoZaggato eu penso que sim, mas como eu digo na descrição perdemos o trilho (entre o Talasnal e o Vaquerinho ) e demos por nos a descer demasiado ate que quando começamos a subir foi literalmente 4x4 ou seja andamos a descer e a subir vezes a mais foi um trilho interessante, mas se o fizer faça começado junto a GNR da lousa onde nos começamos e depois comparamos pode ter havido um erro de GPS confesso também que fiquei um bocado surpreendido mas nada como outra pessoa para tirar a prova dos 9

  • Foto de BrunoZaggato

    BrunoZaggato 30/set/2020

    Estava a pensar fazer isto na Segunda, mas começo amanhã a travessia da Serra da Estrela, assusta-me esses 1480 acumulado, depois de 4 dias duros.

  • Foto de Flávio Nuno Silva

    Flávio Nuno Silva 3/dez/2020

    Trilho fantástico. Certas secções são bastante técnicas e com alguma escalada básica á mistura. Cautela nestes pontos.
    Recomendo, não tenho muita experiência e fui, não me arrependi. Dois dias inesquecíveis!!
    Fiz parte do caminho á noite, assustador mas uma aventura de que nunca me irei esquecer!!
    Beleza e natureza por todo lado. Paisagens de tirar o fôlego. Vão, façam.....

  • Foto de Flávio Nuno Silva

    Flávio Nuno Silva 11/dez/2020

    Eu fiz esta trilha  Ver mais

    Trilho fantástico. Certas secções são bastante técnicas e com alguma escalada básica á mistura. Cautela nestes pontos.
    Recomendo, não tenho muita experiência e fui, não me arrependi. Dois dias inesquecíveis!!
    Fiz parte do caminho á noite, assustador mas uma aventura de que nunca me irei esquecer!!
    Beleza e natureza por todo lado. Paisagens de tirar o fôlego. Vão, façam.....

Você pode ou esta trilha