Horas  11 horas 13 minutos

Coordenadas 3668

Uploaded 4 de Julho de 2019

Recorded Junho 2019

-
-
2.135 m
469 m
0
5,6
11
22,2 km

Visualizado 2 vezes, baixado 1 vezes

próximo a Gamonedo, Asturias (España)

- Etapa 2/2: Lago Enol a Caín, pelo Canal de Mesones;
- Trilho circular, no Parque Nacional dos Picos de Europa, dividido em duas etapas. Nesta segunda etapa percorreu-se parte do PR - PNPE 5: Vegarredonda / Ordiales, desenvolvendo-se o trilho pelo planalto dos lagos La Ercina e Enol, vale do Arroyo Junjumía, El Boquete e Canal de Mesones, com início no Refúgio Vega de Enol e fim no centro de Caín;
- Este trilho desenvolve-se essencialmente por caminhos de pé posto (montanha), iniciando-se no Refúgio Vega de Enol, ao longo do planalto dos lagos de Covadonga, atravessando a Vega de Enol, Vega La Cueva e Vega del Huerto, cruzando o Rio Pomperi e ascendendo depois até ao Refúgio de Vegarredonda, passando por Vega La Piedra, El Retiro e Becerrera de La Rondiella. A seguir continua pelo vale do Arroyo Junjumía, Collau La Fragua, Jou Sin Tierri, Jou de Los Asturianos, Jou Santu, El Boquete e daqui, sempre a descer até Caín, pelo Canal de Mesones;
- Trilho de montanha de grande exigência física, com um forte desnível positivo e uma íngreme descida pelo Canal de Mesones, tendo sido necessárias 11 horas para o percorrer (só a descida levou horas, em 6 kms...);
- Ao longo de todo o percurso, as paisagens são deslumbrantes, com destaque para a imponência do Maciço Central, com todo o seu esplendor;
- Sem dúvida, um trilho excelente mas que requer boa preparação física. Muito importante: não é recomendável fazer este trilho em dias de chuva, pois a descida pelo Canal de Mesones tornar-se-á muito escorregadia e perigosa (pedra calcária e lama). Atenção também para a possibilidade de ser necessário cruzar várias extensões de neve, com as respetivas precauções que devem ser tomadas.

__________________________________________________________________________________________

PNPE - ESPANHA
O Parque Nacional dos Picos de Europa ou simplesmente Parque Nacional Picos de Europa situa-se nas províncias de Cantabria, Asturias e Leão, sendo o único Parque Nacional pertencente a três comunidades autónomas diferentes e gerido de forma conjunta. O maciço ocidental foi declarado Parque Nacional em 22 de julho de 1918 por Afonso XII com o nome de Parque Nacional de la Montaña de Covadonga, sendo o primeiro espaço protegido do país. Inicialmente comprendia 16.925 ha, até que em 30 de maio de 1995 a sua área foi aumentada para os 64.660 hectares actuais. Em 9 de julho de 2003 a Unesco aprovou a proposta que o converte em Reserva da biosfera.

MACIZO DEL CORNIÓN
O maciço Cornión ou maciço ocidental é um maciço montanhoso localizado no norte da Espanha, um dos três maciços que compõem os Picos de Europa, por sua vez, uma das seções do maciço cantábrico pertencente à cordilheira Cantábrica. Os outros dois maciços são Los Urrieles e Ándara e é, dos três, o que tem mais extensão, mas não altura. O maciço do Cornión foi limitado, a oeste, pelo rio Sella e o rio Dobra e, a leste, pelo rio Cares. Administrativamente situa-se entre as províncias de Astúrias e León, especificamente nos conselhos asturianos de Amieva, Cabrales, Cangas de Onís e Onís, e nos municípios de León e Sajambre de Valdeón. É muito importante notar que este conjunto de montanhas onde os lagos de Covadonga também se localizam, bem como o santuário do mesmo nome, integrou desde 1918 o primeiro Parque Nacional criado na Espanha. Naquela época, era chamado Parque Nacional da Montanha de Covadonga, sendo renovado, ampliado e renomeado em 1995, recebendo o nome de Parque Nacional Picos de Europa.

PR - PNPE 5: VEGARREDONDA / ORDIALES
O percurso parte do estacionamento de Buferrera, contorna o Lago Enol e avança pelo trilho que corre pela vega homônima e de La Cueva até ao Collado Pan de Carmen, e de lá sobe até Vega la Piedra. A partir daqui, segue-se o caminho que passa por la Redondiela e Cabeza El Paré, até chegar ao Refúgio de Vegahuerta, de onde tomamos o caminho para o Refúgio de Ordiales, e o seu miradouro, local onde estão depositados os restos mortais de Pedro Pidal, grande impulsionador da criação do Parque Nacional.

REFÚGIO VEGA DE ENOL
O refúgio também recebe o nome de Casa dos Pastores, e está localizado na Montanha de Covadonga (Picos de Europa), ao pé do lago que leva o mesmo nome. Tem 16 locais de alojamento e um restaurante com capacidade para 44 pessoas. A cozinha é caseira, e os produtos com os quais ela trabalha são naturais, como o queijo Gamoneu que é oferecido no cardápio.

CAÍN DE VALDEÓN
Caín de Valdeón, habitualmente conhecida como Caín, é uma aldeia pertencente ao município de Posada de Valdeón, província de León, Comunidade de Castilla y León, Espanha. Em 2013, tinha uma população registrada de 69 habitantes. Está localizada no Valle de Valdeón, a 460 metros de altitude, nos Picos de Europa, constituindo o ponto de partida de inúmeros trilhos, sendo o mais famoso o que atravessa o desfiladeiro de Cares. Até a década de 1990, a aldeia foi dividida em dois núcleos: Caín de Arriba e Caín de Abajo, separados por apenas 150 metros. No entanto, atualmente, o Caín de Arriba é desabitado.
O refúgio também recebe o nome de Casa dos Pastores, e está localizado na Montanha de Covadonga (Picos de Europa), ao pé do lago que leva o mesmo nome. Tem 16 locais de alojamento e um restaurante com capacidade para 44 pessoas. A cozinha é caseira, e os produtos com os quais ela trabalha são naturais, como o queijo Gamoneu que é oferecido no cardápio.
O Refúgio de Vegarredonda localiza-se no redil de mesmo nome, no Macizo del Cornión (Maciço Ocidental dos Picos de Europa). Este refúgio é mantido diariamente de maio a outubro, de novembro a dezembro, de março a maio e nos fins de semana e feriados.Está localizado a uma altitude de 1470 m. Tem 59 lugares, embora, na ausência do guarda, tenha apenas 29. Chega-se lá pela estrada dos lagos, a partir do lago Enol e depois apanha-ser o estradão da direita, deixando o carro na área chamada Pandecarmen. Caminha-se cerca de uma hora e meia através da Vega la Piedra, Canraso, Los Vahos, Rondiella e Collado La Gamonal, até se chegar ao refúgio.

Comentários

    You can or this trail