Horas  3 horas 6 minutos

Coordenadas 726

Uploaded 16 de Fevereiro de 2016

Recorded Fevereiro 2016

  • Rating

     
  • Information

     
  • Easy to follow

     
  • Scenery

     
-
-
709 m
462 m
0
2,4
4,7
9,42 km

Visualizado 3278 vezes, baixado 179 vezes

próximo a Biscoitos, Açores (Portugal)

O percurso tem início no lugar da Malha Grande, na zona montante da freguesia dos Biscoitos, junto à estrada regional.
Começamos por seguir o caminho de bagacina, ladeado por espécies da flora endémica como o louro (Laurus azorica), urze (Erica azorica), faia da terra (Morella faya) e cedro do mato (Juniperus brevifolia). Ao chegar à bifurcação, siguimos pela esquerda, num atalho de piso empedrado que nos levou até a um curso de água, numa mata de criptomérias.
Seguimos pelas pontes e viramos à direita, para um caminho pé posto que segue paralelamente à linha de água. Viramos à esquerda, atravessando a linha de água, para a pastagem e subimos até chegar a uma cancela em madeira que atravessamos, continuando até à mata de criptoméria que nos leva até ao Vale do Azinhal e à íngreme escadaria que tivemos de subir, ao chegar à clareira, seguimos pela esquerda, contornando a falésia até atingir o marco geodésico, que marca o ponto mais alto do percurso - Juncal (708m). Deste ponto é possível avistar a área protegida do Biscoito da Ferraria e Pico Alto. Continuamos pelo caminho de pé posto em direção ao miradouro da Rocha do Chambre.
Depois de apreciar toda a beleza envolvente, desçemos pelas pastagens agrícolas até chegar junto do tentadero, onde viramos à direita e seguimos pelo caminho de terra batida ladeado pelo muro e urzes até à bifurcação inicial. A partir daqui seguimos na canada de bagacina até voltar ao ponto de início do percurso.

___________________________________

This trail begins in a place called Malha Grande in the upstream area of ​​the village of Biscoitos, next to the regional road.
Start by taking a gravel trail flanked by endemic flora, including Azores laurels (Laurus azorica), Azores heathers (Erica azorica) fire trees (Morella faya) and Azores junipers (Juniperus brevifolia). When you arrive at a fork, turn left to a cobbled street that will guide you to a watercourse in a Japanese cedar wood.
Continue through some bridges and turn right to a shortcut that runs parallel to the watercourse. Turn left crossing the watercourse, enter a pasture and go up until you reach a wooden portal. Continue on the dirt road and enter the Japanese cedar wood that leads to the Azinhal Valley.
Go up the stairway and, when you reach a clearing, keep to the left skirting the cliff until you reach a geodesic mark that indicates the highest point of this route (708m). From this point, you can see the Biscoito da Ferraria and Pico Alto Protected Area.
Then go down towards the Rocha do Chambre Viewpoint.
Continue descending through agricultural land until you reach a bull ring, where you should turn right. Go through the gate and follow a path flanked by heathers.
This will take you back to the initial fork. From here, continue along a gravel trail until you return to the beginning of the route.

Fonte: http://trilhos.visitazores.com/pt-pt/trilhos-dos-acores/terceira

4 comentários

  • Foto de eu.josepinho

    eu.josepinho 19/fev/2016

    Abraço... 👍

  • Foto de fernandapacheco

    fernandapacheco 20/fev/2016

    I have followed this trail  View more

    Bonita mata de criptoméria que nos leva até ao Vale do Azinhal e à íngreme escadaria que tivemos de subir até alcançar o ponto mais alto - Juncal.

  • PicosAlpinos 7/mar/2016

    A avaliar pelas fotos é um percurso de grande beleza paisagística...
    Obrigado pela partilha.

  • Foto de kapra

    kapra 21/set/2016

    I have followed this trail  View more

    Ruta larga pero fácil, la subida puede resultar un poco dura pero es lo único. Transcurre por pista el acceso y la parte final, el resto es senda, con algunas zonas de pasto donde puedes encontrar ganado si tienes suerte.

You can or this trail