Horas  8 horas 48 minutos

Coordenadas 2431

Uploaded 29 de Setembro de 2019

Recorded Setembro 2019

  • Rating

     
  • Information

     
  • Easy to follow

     
  • Scenery

     
-
-
1.190 m
764 m
0
4,4
8,8
17,52 km

Visualizado 244 vezes, baixado 14 vezes

próximo a Sela, Vila Real (Portugal)

FOTOS DESTA E DE OUTRAS TRILHAS EM ”CAMINHANTES"

PRADOS, CURRAIS E CABANAS DO GERÊS

O trilho realizado tem início/fim nos limites da aldeia de Cela (Montalegre) e percorre caminhos de pé posto e alguma urze passando por diversos prados, currais e cabanas do Gerês: Lamas do Compadre, Cornos de Candela, Fornalinho, Céu Rúbio, Baltemão, Lamelas de Cima e de Baixo, Rochas da Matança e Biduiça, com condições para ser feito, exclusivamente, a pé. Situam-se muito perto, das linhas de água, denominadas - Ribeiro da Biduiça, Corgo das Lamas do Compadre e Corgo de Candelas. A maioria são currais que a pastorícia abandonou, face à mudança das pastagens, para mais perto dos aldeamentos. Nalguns, não encontramos abrigo para os pastores e noutros ficou-nos a dúvida. Com exceção da Biduiça, os abrigos estão em ruínas, tomados pela vegetação.

É um percurso com um grau de dificuldade médio a elevado, sendo recomendado para pessoas com alguma preparação física e experiência. Percurso não sinalizado, existem mariolas mas levam para diferentes trilhos, aconselha-se o uso de GPS.

Importante:
Segundo as regras do PNPG, dada a localização em Área de Proteção Parcial de Tipo I, não é permitido a grupos superiores a 10 pessoas a realização deste trilho sem autorização prévia.


DESCRIÇÃO DO TRILHO

Saindo da estrada EN308, nos limites da aldeia de Cela, seguimos por um amplo caminho de terra, que girando à esquerda, torna-se num caminho de pé posto onde começam a surgir as primeiras mariolas. À medida que progredíamos o caminho tornava-se mais pedregoso, e calmamente íamos ganhando altitude. Seguimos o caminho pé posto mariolado em direção à Portela da Abelheira (Corga da Abelheira), já na Zona de Proteção Especial da Serra do Gerês.

Na Portela da Abelheira descemos em direção ao Ribeiro Dola, ao encontro do primeiro objetivo desta jornada, o magnífico Poço do Dola, talvez um dos menos conhecidos do Parque Nacional. Recanto muito bonito, envolto na beleza selvagem do Gerês, de águas cristalinas que convidam a um mergulho. Várias fotos enquanto apreciávamos a beleza selvagem do local e a transparência das suas águas que caiam pela cascata…


Cascata do Poço do Dola

Continuando o trilho, optamos por seguir pela margem do Ribeiro Dola e apreciar todas as suas piocas (lagoas/poços naturais) que se formaram ao longo dos anos com a erosão das águas do ribeiro. Sem caminho marcado, fomos progredindo até ao seu afluente, o Ribeiro da Biduiça, que atravessamos mantendo a direção do ribeiro Dola, o qual também atravessamos alguns metros à frente. Agora subimos por entre a urze a corta mato até encontrar o trilho de pé posto para continuar em direção ao Prado e Cabana de Cornos de Candela.

Daqui, continuamos para Noroeste por um caminho de pé posto, por vezes pouco percetível, em direção ao Curral de Fornalinho de Baixo e daqui em direção a Norte para o Curral de Fornalinho de Cima, e Prado e Curral de Céu Rúbio.

O percurso continua, agora para Oeste, por caminho de pé posto, por vezes mal definido e com alguma vegetação mais alta e densa, atravessamos a Corga de Lamas de Compadre e seguindo o seu leito chegamos ao Curral de Baltemão, ponto mais alto (1182m) e distante deste percurso.

Saindo do Curral de Baltemão, tomamos a direção Sul, o trilho mantém-se por caminho de pé posto, por vezes mal definido e com alguma vegetação mais alta e densa. Chegamos ao Prado e Curral de Lamelas de Cima e pouco depois ao Curral e Cabana de Lamelas de Baixo.


Cabana da Biduiça

O trilho continua ao longo da linha de água até atravessar o Ribeiro da Biduiça, o qual acompanhamos até ao Curral das Rochas da Matança e daqui até à Cabana e Prados da Biduiça. Pouco depois estávamos na Portela da Abelheira (Corga da Abelheira) e depois foi apanhar o trilho até ao local onde tínhamos deixado o carro. A parte final foi feita pelo mesmo trilho que fizemos no início.




Se gosta das nossas trilhas adicione a sua avaliação no final da página.
Obrigado pelo seu comentário e avaliação.

Si te gusta nuestras rutas haz tu propia valoración al final de la página.
Gracias por tu comentario y valoración.

If you like our trails, leave your own review at the end of the page.
Thank you for your comment and review.

A equipa Caminhantes
Waypoint

INÍCIO (EN308)

Waypoint

LINHA DE ÁGUA

Waypoint

PRADO

Waypoint

MIRADOURO

Waypoint

PORTELA DA ABELHEIRA

Waypoint

CASCATA DO POÇO DO DOLA

Waypoint

RIBEIRO DO DOLA

Waypoint

POÇO DO DOLA

Waypoint

RIBEIRO DA BIDUIÇA

Waypoint

TRAVESSIA RIBEIRO DOLA

Waypoint

PRADO

Waypoint

CABANA DE CORNOS DE CANDELA

Waypoint

CURRAL FORNALINHO DE BAIXO

Waypoint

CURRAL FORNALINHO DE CIMA

Waypoint

PRADO CÉU RÚBIO

Waypoint

CURRAL

Waypoint

CORGO LAMAS DO COMPADRE

Waypoint

CURRAL DE BALTEMÃO

Waypoint

PRADO LAMELAS DE CIMA

Waypoint

CURRAL LAMELAS DE CIMA

Waypoint

CURRAL E CABANA DE LAMELAS DE BAIXO

Waypoint

RIBEIRO DA BIDUIÇA

Waypoint

CURRAL DAS ROCHAS DA MATANÇA

Waypoint

CABANA DA BIDUIÇA

Waypoint

PRADOS DA BIDUIÇA

8 comentários

  • Foto de M. MOREIRA AZEVEDO

    M. MOREIRA AZEVEDO 30/set/2019

    Parece ser um trilho muito interessante. Sempre por belos e históricos locais. Abraço

  • Foto de Caminhantes

    Caminhantes 1/out/2019

    Olá Moreira!
    É um bonito trilho pelos currais e cabanas do Alto Gerês. A maioria são currais que a pastorícia abandonou, face à mudança das pastagens, para mais perto dos aldeamentos. Nalguns, não encontramos abrigo para os pastores e outros estão em ruínas, à exceção da cabana da Biduiça.
    Grande abraço.

  • Foto de M. MOREIRA AZEVEDO

    M. MOREIRA AZEVEDO 1/out/2019

    Obrigado pelas informações. Grande abraço

  • Foto de João Marques Fernandes (CSM)

    João Marques Fernandes (CSM) 1/out/2019

    É um excelente trilho, sem dúvida! Duro mas altamente recompensador pela beleza selvagem do Gerês. E a cascata do Poço Dola, não há palavras!!! Bela jornada. Abraço!

  • Foto de zetoalves

    zetoalves 12/out/2019

    I have followed this trail  verificado  View more

    Excelente trilho, apesar da relativa abundância de trechos feitos a corta-mato. É fisicamente exigente mas a sua beleza compensa largamente o esforço. Para ser feito na totalidade convém escolher os meses de dias mais longos ou optar por iniciá-lo cedinho.
    Um grande obrigado ao grupo Caminhantes pela partilha generosa, a sua imagem de marca.

  • Foto de M. MOREIRA AZEVEDO

    M. MOREIRA AZEVEDO 12/out/2019

    Grande abraço amigo zetoalves.

  • Foto de zetoalves

    zetoalves 13/out/2019

    Grande abraço, pessoa boa :)
    Tudo de bom!

  • Foto de Caminhantes

    Caminhantes 13/out/2019

    Olá zetoalves!
    Ficamos satisfeitos por gostarem do trilho.
    Obrigado pelo comentário e avaliação.
    O prazer também está na partilha.
    Grande abraço!

You can or this trail