Tempo em movimento  2 horas 30 minutos

Horas  2 horas 53 minutos

Coordenadas 2008

Uploaded 19 de Junho de 2019

Recorded Junho 2019

-
-
127 m
-30 m
0
2,9
5,7
11,49 km

Visualizado 3 vezes, baixado 0 vezes

próximo a Tenência, Faro (Portugal)

“Terras da Ordem” é um percurso pedestre de pequena rota, circular, com uma distância aproximada de 12 km.

O seu traçado permite visitar a Mata Nacional das Terras da Ordem e as povoações de Pernadas e Tenência.

O percurso decorre, quase na totalidade, dentro da Mata, uma área florestal com cerca de 1.366ha, onde predomina o pinheiro-manso (pinus pinea), embora exista nesta área uma grande diversificação de flora e fauna.

Por ser um circuito fechado, pode ser iniciado em qualquer uma das localidades por onde passa e ser realizado em ambos os sentidos.

Inicie o percurso, pelo caminho que acompanha o Barranco do Cavalo, em direção a Guarda das Pereiras. Descendo alguns metros, passará junto a uma pequena horta, que, outrora, foi fonte de sustento para os trabalhadores das Terras da Ordem.

Ao longo da descida do Barranco do Cavalo, conheça algumas espécies da flora local, da qual fazem parte a esteva, o tojo, o rosmaninho, o sargaço e o alecrim.

Caminhe com atenção redobrada e descubra algumas das aves que fazem da Mata o seu habitat é o caso da felosa-do-mato, do chapim-de-crista, da pega-azul, da perdiz, entre outros.

Também uma pequena comunidade de mamíferos reside nas Terras da Ordem, da qual fazem parte o coelho-bravo, a lebre, a raposa, a gineta e o javali.

A presença deste último é bem notada pelos vestígios deixados nas árvores roçadas e nos solos remexidos.

Na reta final da descida, contemple a magnífica vista sobre a aldeia de Odeleite e as várzeas junto à ribeira, onde abundam os campos agrícolas, que enriquecem a paisagem com os seus tons de verde.

Atenção: A reta final da descida, entre as ruínas da Guarda das Pereiras e a margem da ribeira, apresenta declive muito acentuado. Tenha cuidado!

Com aproximadamente 3,5 km do PR percorridos, siga o seu passeio pela margem da ribeira, em direção a Pernadas.

Nas margens da ribeira crescem densos canaviais, que protegem os férteis solos agrícolas das enxurradas de inverno.

Algumas das aves já referidas e outras, como o estorninho malhado, fazem destes canaviais o seu local de abrigo durante a noite.

Perto do curso de água é possível observar aves como a garça-cinzenta, o pato-real, a galinha-de-água, o guarda-rios, entre outras espécies.

Descobrindo as maravilhas da natureza depressa chegará à povoação das Pernadas (Km 4,5), onde as ribeiras de Odeleite e da Foupana se juntam num só curso de água, que, 4 km mais abaixo, desagua no Rio Guadiana.

Na margem oposta da ribeira de Odeleite, localiza-se o velho moinho de maré das Pernadas, recentemente recuperado.

À saída de Pernadas, junto ao antigo lagar desta povoação, siga em frente, em direção a Tenência.

O percurso segue, agora, pela margem da ribeira da Foupana, acompanhado por algumas azinheiras, oliveiras e alfarrobeiras. A meio da caminhada para Tenência, encontrará as ruínas do velho moinho de água do Carvão, junto do qual crescem vários choupos (Populus alba). Descanse um pouco e refresque-se à sombra das árvores.

De volta ao percurso, continue a sua caminhada rumo a Tenência (Km 8), pequena aldeia típica do interior, onde poderá conhecer uma das atividades artesanais da região, a cestaria, que utiliza a cana que cresce nas margens das ribeiras como matéria-prima.

O pastoreio é outra atividade de eleição desta povoação.

O trajeto de volta à Casa do Guarda é caracterizado pelo denso pinhal-manso e por algumas áreas abertas, onde se tenta fomentar a fauna cinegética com a realização de pequenas sementeiras e a implementação de bebedouros.

A chegada junto à torre de vigia (Km 12) marca o final do percurso.

Época aconselhada: Todo o ano

Início | Fim do percurso:
Casa da Guarda

Distância: 12km
Relevo: Baixo

Nível de dificuldade: Médio

Entidade promotora:
CM Castro Marim

Comentários

    You can or this trail