Hora  6 horas 39 minutos

Coordenadas 2189

Enviada em 8 de Julho de 2019

Registrada em Julho 2019

  • Avaliação

     
  • Informações

     
  • Fácil de fazer

     
  • Paisagem

     
-
-
881 m
579 m
0
4,0
8,0
16,03 km

Visualizado 437 vezes, baixado 31 vezes

perto de Alcangosta, Castelo Branco (Portugal)

Conjugação de duas pequenas rotas que têm em comum as belas paisagens.

Com início em Alcongosta, aldeia serrana situada nas faldas da serra da Gardunha, seguimos um percurso que nos permite observar bem de perto a grandeza dos pomares de cerejeiras, com o verde das suas folhas ainda bem sarapintadas do vermelho dos seus frutos, mas também das variedades preta e também amarelas, embora estas em menor número, constituindo um prazer para os sentidos.

Já na rota da Pedra D’Hera, o destaque vai para o denso e bonito bosque de castanheiros que percorremos no caminho para o miradouro, local de belas vistas para a Cova da Beira, o Fundão e as serras da Estrela e do Açor.

Na parte final do percurso, que segue novamente pelo PR7, percorremos uma paisagem mais descoberta, por estradões algo pedregosos, que rasgam pela encosta da serra da Gardunha, ladeando afloramentos e cristas de xisto e de granito, passando também por miradouros naturais e algumas fontes de água.

Recomendações:
O caminho que nos leva de regresso á aldeia de Alcongosta, no quilómetro 14.6, e que começa assim que chegamos à estrada asfaltada depois de abandonarmos o estradão e que deveria seguir pelo interior de uma pequena floresta de pinheiros e sequoias, está totalmente descaracterizado pelo incêndio de 2017 e pela remoção da madeira queimada, trabalhos que ainda decorrem nestes dias com a ajuda de maquinaria pesada para remoção dos troncos e cepos, pelo que a marcação e os traços desta pequena secção do PR7 desapareceram. No entanto, trata-se de um pequeno trajeto de 150 metros que não comprometem a ligação ao caminho rural que se avista no fundo da encosta e que nos levam ao destino final. É só escolher visualmente o melhor caminho para colocar o pé, tomando o rumo da marcação pintada no tronco da árvore que sobreviveu ao fogo e que permanece de pé junto ao referido caminho rural.
Porta

Inicio

Waypoint

Refogadouro

Fogueira que se faz entre duas pedras, onde as varas do castanheiro são passadas pelo lume para tostar a casca e serem descascadas mais facilmente para as transformar em vergas destinadas à manufaturação da arte da cestaria.
Waypoint

Cerejas (1)

Waypoint

Cerejas (2)

Waypoint

Cerejas (3)

Lago

Dolina

Waypoint

Pormenor do percurso

Panorama

Vista para Serra do Açor

Árvore

Castanheiros

Sítio arqueológico

Castro de São Bras (1)

Coordenadas obtidas em: http://rotadoscastros.blogspot.com/
Panorama

Vista para Serra da Estrela

Sítio arqueológico

Castro de São Bras (2)

Coordenadas obtidas em: http://arqueofundao.blogspot.com/2013/03/castro-e-capela-de-s-bras.html
Waypoint

Sinalética (desvio para Pedra D'Hera)

Árvore

Souto selvagem

Waypoint

Pormenor do percurso

Waypoint

Miradouro da Pedra D'Hera

Waypoint

Pormenor do percurso

Local religioso

Capela N.Sra do Miradouro ou do Seixo

Waypoint

Pormenor do percurso

Waypoint

Pormenor do percurso

Waypoint

Pormenor do percurso

Fonte

Arrebentão (fonte de todo o ano)

Waypoint

Pormenor do percurso

Fonte

Ponto de água (2)

Panorama

Miradouro

Fonte

Ponto de água (3)

Fonte

Ponto de água (4)

Ponto de informação

(!) Escolher o melhor caminho.

Ponto de informação

(!) Sinalética na árvore,

Local religioso

Capela de São Sebastião

Local religioso

Capela do Espírito Santo

Ponto de amarra

Fim

1 comentário

  • Foto de Antonio Cruz Alves

    Antonio Cruz Alves 6/jun/2020

    Eu fiz esta trilha  verificado  Ver mais

    Imperdível na época da cereja. Na parte final continua invisível o trilho, optamos por seguir cerca de 100 metros junto á estrada e apanhámos um pequeno caminho até ao percurso marcado. Excelente juntar os 2 percursos.

Você pode ou esta trilha