Coordenadas 500

Enviada em 25 de Maio de 2016

Registrada em Maio 2016

  • Avaliação

     
  • Informações

     
  • Fácil de fazer

     
  • Paisagem

     
-
-
72 m
19 m
0
2,1
4,3
8,57 km

Visualizado 2865 vezes, baixado 75 vezes

perto de Barroselas, Viana do Castelo (Portugal)

Encontramos a referência a este trilho no site da Câmara Municipal de Viana do Castelo, onde nos disponibilizam um folheto designado "Percursos Pedestres - Por Pegadas de Culto (Montaria e Terras de Geraz)", que podemos descarregar.
Na data em publico este trilho, tanto o folheto como o site estão ainda incompletos e apenas apresentam uma parte dos trilhos que a Câmara Municipal de Viana do Castelo pretende promover. Este é um dos trilhos para os quais ainda não nos apresentam informação detalhada. Apenas referem a sua existência e a sua localização aproximada no mapa do concelho.
Porém, já encontro o habitual painel informativo no largo de São Sebastião, próximo da Capela de São Sebastião e da Junta de Freguesia de Barroselas, fazendo a descrição deste trilho e do PR11 - Trilho da Vila de Barroselas (que se inicia no mesmo local). A qualidade da impressão do painel é um tanto má, mas é a única fonte de informação que encontrei para este trilho que se compara a um folheto de apresentação. Encontramos na WalkingPortugal um mapa, daquilo que terá sido uma versão anterior do trilho, com a localização dos diversos pontos de interesse.

Os principais motivos de atracção do trilho são o passeio por algumas das ruas de Barroselas, as suas tradições religiosas e o contacto com as suas raízes agrícolas, com particular ênfase nas azenhas edificadas nas margens do Rio Neiva. As várias capelas, alminhas, cruzeiros e azenhas vão pontuando o percurso. Trata-se de um trilho relativamente curto, mas que poderá ser extendido juntando-o com o PR11 - Trilho da Vila de Barroselas que já referi e que centra as suas atenções na zona mais central da Vila.

A sinalização está em condições razoáveis, pelo que classifico a Dificuldade Técnica como "Fácil". Recomenda-se alguma atenção a preparar o percurso para que alguns dos pontos de interesse não passem despercebidos, pois raramente têm sinalização específica a indicar a sua presença.

Há alguma exposição solar, uma vez que o arvoredo só nos protege em alguns troços mais afastados das casas.


Boas Caminhadas
Arquitetura religiosa

Capela de São Sebastião

Capela de São Sebastião
Arquitetura religiosa

Cruzeiro

Cruzeiro
Waypoint

Monumento aos Combatentes

Monumento aos Combatentes
Waypoint

Junta de Freguesia de Barroselas

Train stop

Estação de Caminho de Ferro de Barroselas

Estação de Caminho de Ferro de Barroselas
Arquitetura religiosa

Igreja Paroquial de Barroselas

Igreja Paroquial de Barroselas
Arquitetura religiosa

Cruzeiro

Cruzeiro
Interseção

Interligação com o PR12 VCT

Arquitetura religiosa

Alminhas

Alminhas
Arquitetura religiosa

Alminhas

Alminhas
Ponte

Ponte Românica das Alvas

Ponte Românica das Alvas
Arquitetura religiosa

Antiga Capela de Santo António

Antiga Capela de Santo António
Ruínas

Engenho da Lage

Engenho da Lage
Ruínas

Azenha Caneira e Engenho da Foz

Azenha Caneira e Engenho da Foz
Arquitetura religiosa

Alminhas

Alminhas
Ruínas

Azenha do Mouco

Azenha do Mouco
Ruínas

Azenha das Passadoiras

Azenha das Passadoiras
Ruínas

Azenha Calada

Azenha Calada
Arquitetura religiosa

Alminhas da Ponte

Alminhas da Ponte
Ponte

Ponte de Tregosa e Engenhos

Ponte de Tregosa e Engenhos
Piquenique

Parque de Merendas

Parque de Merendas
Building of interest

Junta de Freguesia de Tregosa

Junta de Freguesia de Tregosa
Ponte

Azenhas e Ponte de Vale

Azenhas e Ponte de Vale
Arquitetura religiosa

Alminhas

Alminhas
Waypoint

Estanca Rios de Rodado Duplo

Estanca Rios de Rodado Duplo
Arquitetura religiosa

Alminhas

Alminhas
Waypoint

Praça da Feira. Interligação com o PR12 VCT.

Praça da Feira. Interligação com o PR12 VCT.

1 comentário

  • Foto de Francisco Leite

    Francisco Leite 21/fev/2020

    Eu fiz esta trilha  verificado  Ver mais

    Foi um percurso fácil com o som da água a acompanhar parte do percurso. Só uma azenha tinha o acesso condicionado pela vegetação e porque alguém a vedou e começou a fazer obras de restauro. Gostei.

Você pode ou esta trilha