Baixar

Distância

11,53 km

Desnível positivo

125 m

Dificuldade técnica

Fácil

Desnível negativo

125 m

Elevação máx

99 m

Trailrank

38

Elevação min

-8 m

Tipo de trilha

Circular
  • Foto de PR11.1 TVD Rota do Morango
  • Foto de PR11.1 TVD Rota do Morango
  • Foto de PR11.1 TVD Rota do Morango
  • Foto de PR11.1 TVD Rota do Morango
  • Foto de PR11.1 TVD Rota do Morango
  • Foto de PR11.1 TVD Rota do Morango

Tempo em movimento

2 horas 9 minutos

Hora

2 horas 53 minutos

Coordenadas

1979

Enviada em

26 de maio de 2019

Registrada em

maio 2019
Seja o primeiro a aplaudir
Compartilhar
-
-
99 m
-8 m
11,53 km

Visualizado 194 vezes, baixado 4 vezes

perto de Amial, Lisboa (Portugal)

PR11 TVD Rota do Morango é mais um trilho do conjunto de doze PR's de Torres Vedras… Como o dia começou quente, e prometeu não abrandar, decidi fazer um dos dois segmentos em que este trilho se divide, e assim optei por fazer o segmento com pouco mais de 11 Kms, que segue direção oeste…
Por conveniência iniciei este trilho na aldeia do Ameal, junto À Igreja de Sto. António, mas o percurso tem inicio original no Ramalhal, em frente da Junta de Freguesia local…
Assim, saí do Ameal em direção oeste, e logo que passei a A8, entrei num verdadeiro paraíso dos amantes de morangos, como é o meu caso… O aroma a morango paira no ar, a cada metro de trilho, por entre eucaliptos, e pinheiros, a presença do morango é rei e senhor. Esta é a altura ideal para trilhar este PR, pois estamos em plena época da apanha deste fruto maravilhoso… Aqui e ali, vamos cruzando o Rio Alcabrichel, até chegar-mos ao parque de merendas à entrada de Vila Facaia, local ideal para descansar um pouco e desfrutar de uma merenda… A receber-nos em Vila Facaia, a Capela do Divino Espirito Santo, com o seu Cruzeiro e coreto. Depois vem a subida ao Alto da Espadaneira, de onde se pode apreciar uma magnífica paisagem, e mais uma vez, o encontro com a A8, atravessando esta via por uma passagem inferior que nos leva até ao Ramalhal, ao encontro de um monumento em homenagem ao Sto padroeiro local (S. Lourenço), e ao Museu Etnográfico Paroquial… Ainda no Ramalhal, passamos ao ponto de inicio deste percurso, onde predomina a magnifica Igreja Matriz do Sec. XVIII com o seu belíssimo coreto… É aqui que podemos encontrar o placard de informação do PR11, e seguir para norte, caso optemos por fazer o PR11.2, ou para sul, para concluir o PR11.1, que foi o meu caso… Pelas bermas da N8 lá fui entrando no Ameal, passando à fonte de Sto. António, subindo daí até à igreja do Ameal, local onde dei inicio desta aventura…
Um percurso com pouco desnível, agradável, magnifico em Maio por ser este o mês do Morango, Rei e Senhor deste local…
Prometo voltar em breve, para concluir o PR11 com o segmento que falta…
Bons Trilhos

Comentários

    Você pode ou esta trilha