Coordenadas 1496

Enviada em 29 de Setembro de 2013

Registrada em Setembro 2013

  • Avaliação

     
  • Informações

     
  • Fácil de fazer

     
  • Paisagem

     
-
-
663 m
187 m
0
4,1
8,1
16,2 km

Visualizado 3808 vezes, baixado 117 vezes

perto de Telhe, Aveiro (Portugal)

Trilho marcado e sinalizado segundo normas da FPCC (Federação Portuguesa de Campismo e Caravanismo).
Com Inicio Aldeia de Silveiras, concelho de Arouca, caminhando pelo seu interior, uma aldeia rural com gente super simpatica, uma linda capela e lá fomos montanha abaixo. Logo para inicio um declive descendente de 100 mts até ao riacho passando pelos Castanheiros e iniciando a subida, primeiro por um caminho de calçada, depois por trilhos de montanha até ao ponto mais alto do percurso, a portela Malhada com 646 metros de altitude. O caminho prossegue pela curva de nível, não descendo nem subindo significativamente. Durante este trajecto, a paisagem é deslumbrante: vales profundos que se encaminham para o vale do Paiva encostas íngremes e floridas, a vista da Serra de Montemuro ao longe, chegando ao topo com uma paisagem de fazer inveja, reparamos que no fundo da montanha uma pequena Aldeia parecia nascer do nada era a Aldeia de Cortegaça, continuamos e antes da pequena aldeia umas lindas quedas de água á entrada da aldeia. Em Cortegaça aproveitamos para um pequeno descanso e para nos refrescarmos um pouco no fontanário existente, seguimos montanha acima, já no topo no estradão ao longe mais uma Aldeia magnifica contornada pelo Rio Paiva um lindo postal. Continuamos descendo desta vez até Aldeia de Meitriz também uma aldeia agrícola e muito pitoresca, A meio da descida toma-se um caminho a esquerda e que constitui o ramal PR5.1 e que liga a Janarde e aos geossítios da Mourinha fruindo-se, ao
longo deste, de belas panorâmicas sobre o rio Paiva e os seus meandros.
Continuando a descida para Meitriz conjuntamente com o GR28, após a
aldeia, atravessa o rio Paiva na ponte para o lugar de Além-do-Barco,
terminando no parque de lazer do rio Paiva. daí seguimos caminho fora até á ponte e daí até Aldeia de Além do Barco onde apreciamos as suas habitações maioria em Xisto e aproveitamos parque de merendas para almoçar,apreciando ao nosso lado praia fluvial. Seguimos até Aldeia de Janarde muito pequena sempre com o Rio Paiva por vizinho, Janarde foi tambem uma das aldeias exploradas durante a 2ª guerra mundial para extração de volframio, daqui foi regressar pelo caminho inverso até Silveiras, um percurso um pouco duro devido aos seus ascendentes e descendentes muito acentuados, já chegamos á viatura de noite pois foi feito em finais de outubro. Um trilho cheio de emoção e historia que vale a pena ser feito.

Mais fotos em baixo em View more ou http://mountain-celitos.blogspot.pt ou Celitos da montanha

Ver mais external

fonte

Agua

Agua
fonte

Agua1

Estrada
foto

Aldeia de Meitriz

altura 250 m
foto

Aldeia de Meitriz

altura 250 m
foto

Aldeia de Meitriz ao longe

Estrada
panorama

Aldeia Silveiras

Estrada
foto

Alem Do Barco

Alem Do Barco
foto

Avistou Fim Trilho

Trilho
foto

Caminho

Trilho
foto

Caminho em Meitriz

Trilho
foto

Caminho para Janarde

altura 280 m
Arquitetura religiosa

Capela Janarde

Em567-1
Arquitetura religiosa

Capela Silveiras

Silveiras
árvore

Castanheiros

altura 510 m
panorama

Cimo Montanha

Cimo Montanha
estacionamento

Inicio Trilho

Estrada
Piquenique

Parque de Merendas

Estrada
Ponte

Ponte de Meitriz

Estrada
Rio

Praia Fluvial

Rio Paiva
Rio

Riacho

Trilho
Rio

Rio Paiva

Estrada
Rio

Rio Paiva 1

Rio Paiva 1
Sítio arqueológico

Ruinas

altura 530 m
foto

Vista sobre Cortegaça

Trilho

3 comentários

  • Foto de Álvaro Rego Pinto

    Álvaro Rego Pinto 6/jun/2016

    Eu fiz esta trilha  Ver mais

    Fiz no verão e sabe bem o mergulho em Meitriz.

  • barbarabrandao 28/set/2016

    Para todos aqueles que percorreram esta PR de Arouca um pedido muito importante:
    Pedido de colaboração em estudo Universitário: Este questionário destina-se a encontrar respostas para o estudo de Doutoramento intitulado «A rede de percursos pedestres do Arouca Geoparque Mundial da UNESCO: um contributo para a geoconservação e para o geoturismo» e visa avaliar o contributo dos percursos pedestres para a transmissão de conhecimento sobre a Geodiversidade e sua relação com a geoconservação. Aplica-se a todos os utilizadores dos percursos pedestres do Município de Arouca. Pode aceder ao questionário aqui: https://goo.gl/YrCIRX
    OBRIGADA

  • Foto de Pedro Pêgo

    Pedro Pêgo 19/ago/2020

    Eu fiz esta trilha  Ver mais

    Trilha muito bonita, dificuldade moderada.

Você pode ou esta trilha