Baixar

Distância

16,97 km

Desnível positivo

515 m

Dificuldade técnica

Fácil

Desnível negativo

515 m

Elevação máx

1.210 m

Trailrank

55

Elevação min

817 m

Tipo de trilha

Circular

Hora

3 horas 27 minutos

Coordenadas

2194

Enviada em

28 de maio de 2020

Registrada em

maio 2020
Seja o primeiro a aplaudir
Compartilhar
-
-
1.210 m
817 m
16,97 km

Visualizado 145 vezes, baixado 10 vezes

perto de Martim, Bragança (Portugal)

Para as gentes de Bragança, a serra de Nogueira (ou simplesmente - a Serra) tem dois lados: o lado da frente (lado nascente – da A4, de Rebordãos, de Sortes, de Lanção ...) e o lado de trás (lado poente – da estrada da Torre, de Carrazedo, do Zoio, de S. Cibrão ...). Toda a Serra está coberta por um colossal manto de carvalhos negrais com alguns interstícios preenchidos por soutos de castanheiros, pinheirais/ciprestais, lameiros e caminhos – muitos e bons caminhos. Para um leigo (como eu), a diferença mais notória entre os dois lados da Serra parece-nos ser a exuberância de vegetação que é bastante mais densa e imponente no lado de trás da Serra.
O presente percurso desenvolve-se, todo ele, do lado de trás da Serra por caminhos abertos por entre touças de carvalhos, soutos de castanheiros, pinheirais/ciprestais e terrenos de cultivo. Começamos e terminamos, por razões meramente logísticas (proximidade de Bragança - cerca de 10 km), no cruzamento da Senhora da Serra (outros pontos possíveis de inicio/fim do percurso: aldeia de Carrazedo e cruzamento de Martim/casa da floresta). Do cruzamento da Senhora da Serra, descemos até Carrazedo (aldeia em franca requalificação), passando por uma mata com pinheiros e ciprestes de enorme porte e por um souto com castanheiros já com muitos e muitos anos de castanhas dadas. De Carrazedo, subimos, muito suavemente, até ao Castelinho (marco geodésico) passando por caminhos e pontos muito apelativos: os lameiros e a mata junto ao cruzamento de Martim (casa da floresta) e uma densa mata de pinheiros e ciprestes. Do Castelinho, descemos por um caminho belíssimo até ao cruzamento da Senhora da Serra.
Em síntese, diríamos: 17 km de um efetivo banho de floresta.
Obs.
1. A extensão do percurso pode ser reduzida para cerca de 15 km. Para tal - no “ponto 1”, virar à esquerda e seguir, por um curto caminho, até ao “ponto 2”. Perde-se a passagem por uma mata imponente.
2. A última parte do percurso (do “ponto 2” ao cruzamento da Senhora da Serra) também pode ser feita por estrada. Ganha-se em vistas panorâmicas (sobre o termo de Rebordãos) e em monotonia; perde-se no tal "banho de floresta".
Interseção

Cruzamento da Senhora da Serra (início e fim do percurso)

Waypoint

Floresta com árvores de grande porte (pinheiros e ciprestes)

Waypoint

Apiário

Árvore

Souto com árvores ancestrais

Estacionamento

Carrazedo

Interseção

Casa da floresta (no cruzamento de Martim)

Interseção

P1

Waypoint

Floresta com árvores de grande porte (pinheiros e ciprestes)

Interseção

P2

Waypoint

Castelinho (marco geodésico)

Comentários

    Você pode ou esta trilha