Coordenadas 821

Uploaded 6 de Agosto de 2015

Recorded Julho 2015

  • Rating

     
  • Information

     
  • Easy to follow

     
  • Scenery

     
-
-
1.191 m
898 m
0
1,5
3,0
5,95 km

Visualizado 4587 vezes, baixado 472 vezes

próximo a Rio Grande, Bahia (Brazil)

Trajeto desde o centro da vila de Caeté-Açu (Vale do Capão) até o Poço do Gavião, um remanso do Rio Preto inserido no Parque Nacional da Chapada Diamantina.

COMO CHEGAR:
O início do track é o centro da vila do Capão, que está a 22km da sede, no município de Palmeiras, na porção oeste da Chapada Diamantina. Desde a sede o trajeto é feito por estrada de terra, em condições medianas/precárias, principalmente o trecho final. De qualquer forma o trajeto pode ser feito em qualquer tipo de veículo.

A TRILHA:
De uma forma geral, é uma trilha de dificuldade moderada, já que exige algum condicionamento físico e possui um aclive e declive acentuados. Por outro lado é uma trilha relativamente curta, já que em veículo é possível cortar um bom trecho de caminhada.

Saindo do centro do Capão, segui em direção a cachoeira Rodas/Rio Preto, por uma estradinha de terra em condições medianas. Com cerca de 1,5km de caminhada chego ao ponto onde a trilha realmente começa, neste local o visitante pode deixar o carro estacionado. A trilha para o Poço do Gavião segue adiante, entrando em meio a um capão de mata. Já à direita, desce uma trilha/estradinha batida em direção à cachoeira Rodas e Rio Preto.

Logo que entrei no capão de mata, a subida fica um pouco mais puxada, mas o trecho é todo sombreado. Cruzo uma porteira velha no meio do caminho e logo saio em uma área aberta, de campos rupestres. Neste ponto várias bifurcações da mesma trilha surgem, o ideal é manter sempre à direita, já que é necessário dar uma guinada para oeste e subir a Serra do Candombá. Atenção, pois uma trilha também batida segue subindo "em linha reta", levando a algum lugar que não conheço.

Depois de fazer uma espécie de "U" e subir o trecho mais crítico da subida, chegamos ao local denominado "Pedra do Gavião", um mirante para o Vale do Capão e com bela visão da Serra do Sincorá. Pelos próximos 2km a trilha se desenvolve pelo alto da Serra do Candombá, com aclives e declives suaves. Um pouco depois da metade da caminhada, passei por um pequeno córrego, primeiro ponto de água do trajeto.

Por volta do KM4,8 começa uma longa descida até o leito do Rio Preto, na parte inicial dela tem uma fonte de água, marcada no tracklog. A descida termina na margem do Rio Preto, de segui subindo o rio pela margem até encontrar um remanso antes das "corredeiras", local de águas calmas e ótimo para banho.

CONSIDERAÇÕES:
- Trilha de dificuldade moderada, pelos aclives e declives acentuados. Ainda assim, qualquer pessoa com algum condicionamento físico consegue realizar.

- Boa disponibilidade de água no caminho, com duas fontes estrategicamente localizadas.

- Somente o trecho inicial possui boa oferta de sombras, o restante do caminho é por manchas de cerrado e campos rupestres, bem expostos ao tempo.

- Atrativo gratuito e de livre acesso;

- DE FORMA ALGUMA deixe lixo no local, tampouco faça fogueiras;

- Aparentemente, o Poço do Gavião é um local pouco frequentado, refúgio para a alta temporada;

- De carro/moto/bike/cavalo é possível encurtar a caminhada em 1,5km indo até o ponto estacionamento, de lá são 4,4km de pernada até o Poço do Gavião.

View more external

8 comentários

  • Foto de Guilherme  Gomes

    Guilherme Gomes 22/mar/2018

    I have followed this trail  verificado  View more

    Ótima trilha!

  • Foto de vaniamachado

    vaniamachado 20/nov/2018

    Fizemos subindo o leito do Rio preto (difícil) e na volta alinhamos com o seu traklog. valeeu

  • Natalia Camboim 5/jan/2019

    Essa trilha está muuuito defasada. Além de não termos fotos para nos guiarmos pelo caminho, só ensina bem até um certo ponto, bem no início. Fora isso, a trilha é MUITO difícil de ser seguida, porque grande parte dela não está demarcada, nem com solo batido para nos guiarmos, e, por isso, temos que ir por conta própria. Além disso, é bem perigosa e cansativa, especialmente na parte final. Chegamos ao fim dela sozinhos, mas recomendo FORTEMENTE um guia.

  • Natalia Camboim 5/jan/2019

    I have followed this trail  View more

    Trilha muito difícil de ser seguida. Como não é um trilha muito conhecida, o caminho não está muito demarcado, sendo muito fácil de se perder. Recomendo bastante um guia. Apesar de termos chegado (com MUITA dificuldade), a trilha está bem apagada em quase todo o caminho, tendo algumas subidas bem íngremes. Recomendo, desde que com um guia experiente e que conheça bem o local.

  • Foto de Hélio Jr

    Hélio Jr 8/jan/2019

    Natalia,

    como a trilha para o Poço do Gavião não é das mais populares, apresenta o aspecto de uma trilha "comum": caminho estreito e sinalização precária. Acredito que você teve algum problema na navegação, pois além da ida em 2015, quando gravei este arquivo, retornei em 2018 e constatei que a trilha estava da mesma forma, com o caminho bem demarcado por todo o trecho. Em nenhum momento é preciso "varar mato" ou passar por locais realmente perigosos.

    Como alertei na descrição, é uma trilha relativamente curta, mas os aclives e declives acentuados fazem com que seja uma trilha cansativa, que exige um bom condicionamento físico, principalmente para pessoas sem experiência na atividade. No mais, as pessoas que não possuírem experiência com navegação ou trilhas devem sempre cogitar a contratação de um guia local.

    Bons ventos!

  • adonaideassis 14/jan/2019

    Fiz a trilha, lugar lindo!! Existe dificuldade no caminho, a trilha tem partes fechadas, e várias trilhas que levam sei lá onde, nesse aspecto a tracklog ajudou bem, recomendo! Com atenção e calma, não terá problema!

  • adonaideassis 14/jan/2019

    I have followed this trail  verificado  View more

    Muito bom

  • franfd13 2/jun/2019

    I have followed this trail  verificado  View more

    Trilha muito boa. A dificuldade está na quantidade de bifurcações e demarcação, natural de um trajeto que não é dos mais acessados pelos turistas, mas a marcação do GPS ajuda bastante

You can or this trail