Horas  uma hora 57 minutos

Coordenadas 992

Uploaded 4 de Setembro de 2017

Recorded Setembro 2017

  • Rating

     
  • Information

     
  • Easy to follow

     
  • Scenery

     
-
-
974 m
716 m
0
1,8
3,5
7,01 km

Visualizado 1607 vezes, baixado 161 vezes

próximo a Igatu, Bahia (Brazil)

Trilha de Igatu até o mirante da Rampa do Caim, um dos cenários mais belos da Chapada Diamantina, com vista para o vale do Rio Pati (Rio Prata) e do Paraguaçu.

COMO CHEGAR:
Igatu é um vilarejo pertencente ao município de Andaraí, está a cerca de 14km da sede municipal. Em relação ao município vizinho, Mucugê, dista 21km. O acesso é parcialmente por rodovia asfaltada, a ligação da rodovia BA-142 com o vilarejo é por uma estrada calçada por pedras ou de terra. Já em relação à Lençois, são aproximadamente 110km.

Desde Andaraí é possível contratar um serviço de moto-táxi até o vilarejo.

Para mais detalhes use a ferramenta "Como chegar pela estrada a este local", disponível no Wikiloc (canto direito inferior).

A TRILHA:
Como boa parte das trilhas da Chapada Diamantina, esta também passa por áreas de garimpo, então há algumas bifurcações importantes. Atente-se ao tracklog.

O track tem início na praça central de Igatu, mas em qualquer veículo é possível seguir por mais 700m e deixar o carro no ponto marcado "início da trilha". No local há uma casa/venda e uma boa área para deixar o carro.

A trilha segue por uma estradinha de terra em condições precárias, chegando ao campo é preciso tomar à direita na bifurcação. Aos poucos a estradinha some e a caminhada se dá por um "single track". Boa parte do percurso é sobre lajeados rochosos, onde normalmente a navegação é mais difícil, mas neste caso as rochas já foram gastas a ponto de que é possível observar o rastro da trilha sobre elas. Atente-se para as bifurcações marcadas no tracklog.

A trilha segue, predominantemente, no sentido noroeste, quase sempre por um leve aclive. Passa por uma zona de transição entre mata atlântica e campos rupestres. Fora dos trechos sobre os lajeados, o trilho é bem demarcado em meio a mata.

No caminho há algumas passagens estreitas, entre rochas, também passa próximo a tocas de garimpeiros e por lapas que também servem de abrigo. Em uma dessas lapas é preciso subir por uma rocha ou passar numa fenda. Depois de 3km há uma passagem por um pequeno córrego, afluente do Rio Piabas.

O trecho final é praticamente plano, pelo alto do chapadão. No ponto "bifurcação", os caminhos levam a mirantes distintos. A vista do 1 e do 3 são singulares. À esquerda está o Rio Paraguaçu e adiante o Rio Pati (Rio Prata na carta do IBGE).

OBSERVAÇÕES:
> Trilha de baixa dificuldade para pessoas com algum condicionamento físico e familiaridade com as caminhadas de montanha. Para "turistas" pode ser uma trilha moderada, dependendo do condicionamento;

> Por se tratar de uma trilha sem sinalização e com algumas bifurcações, é ESSENCIAL ter disponível este tracklog (no mínimo). Para os que possuem conhecimento sobre, navegação com bússola e carta também é tranquila. Se você não tiver o tracklog disponível e não quer se arriscar, é recomendado a contratação de um guia em Igatu. Se for iniciante na atividade e não souber fazer a leitura de um GPS, também recomendo o guia;

> Muitos trechos expostos ao tempo, chapéu e protetor solar são obrigatórios;

> Pouca disponibilidade de água pelo caminho. Em setembro havia somente um pequeno riacho, posicionado na metade do caminho (marcado no tracklog);

> Sinal de celular (CLARO) somente nas proximidades de Igatu;

> Atrativo inserido na área do Parque Nacional da Chapada Diamantina, com acesso livre e gratuito.
Campo de futebol

2 comentários

  • titogarcez 6/jul/2018

    I have followed this trail  verificado  View more

    Conseguimos encontrar de forma fácil o começo da trilha e passamos por todas as bifurcações sem problemas. Chegamos nos mirantes da Rampa do Caim em aproximadamente 2:30 de caminhada. :)

  • tiagolmg 24/mar/2019

    I have followed this trail  verificado  View more

    Fiz esta trilha sozinho após três dias de chuva intensa na região. Apesar de alagamentos em muitos trechos e de córregos mais cheios, não houve muita dificuldade em seguir a trilha, apenas botas encharcadas. Valeu Hélio!

You can or this trail