Horas  2 horas 56 minutos

Coordenadas 1225

Uploaded 29 de Janeiro de 2018

Recorded Janeiro 2018

-
-
747 m
320 m
0
4,1
8,1
16,26 km

Visualizado 934 vezes, baixado 64 vezes

próximo a Andaraí, Bahia (Brazil)

Trajeto entre Andaraí e a Cachoeira do Samuel, próximo a comunidade de Garapa/Germano.

COMO CHEGAR:
Andaraí é uma pequena cidade na região central da Chapada Diamantina, a 100km de Lençois e a 75km do aeroporto de Lençois. Em relação a Salvador são aproximadamente 420km. Todos esses acessos são por rodovias asfaltadas.

Há ônibus diários entre Salvador e Andaraí (linha Salvador x Mucugê), trajeto feito pela empresa Cidade Sol. Empresas como EMTRAM e Novo Horizonte fazem a ligação de Andaraí com as cidades vizinhas e com São Paulo.

A TRILHA:
O trajeto tem início na rodovia BA-142, em Andaraí, para facilitar o acesso à cachoeira. Saindo do ponto inicial, são pouco mais de 3.5km até o início do trecho por estrada de terra. A estrada está em condições medianas até o Rio Garapa. Embora seja possível realizar a travessia do Rio Garapa em veículos de passeio, não é recomendado, tendo em vista que é preciso atravessar uma extensa faixa de area e cascalho.
Normalmente o Rio Garapa apresenta um nível baixo, com até 50cm de profundidade. Em caso de chuvas fortes na noite anterior e madrugada, o nível do rio pode subir consideravelmente.

Depois de cruzar o Rio Garapa, são aproximadamente 3km até a comunidade de Germano, neste trecho a estrada está em condições precárias, principalmente no trecho inicial da subida. Ainda assim é possível acessar a comunidade em carros de passeio, embora o ideal seja veículos mais altos (preferência 4x4) e motos.

Em uma das primeiras casas do Germano estacionei minha moto. A partir daí segui a pé. Se chegar até lá em algum veículo, é possível seguir por mais 500 metros, até o ponto onde a trilha realmente inicia.

A trilha começa em meio a mata, com um ligeiro declive. Rapidamente se inicia a subida da Serra do Brigadeiro, um aclive moderado que termina nas proximidades do ponto "Mirante". Daí em diante a trilha segue em relevo suave até a descida que dá acesso ao Rio Roncador. Neste trecho pelo alto da serra é preciso ficar atento em relação às bifurcações, tendo em vista que já foi uma área de exploração de diamante.

Na proximidade do KM 14.6, é preciso deixar o caminho batido (rego de garimpo) em favor de uma trilha discreta que sai à direita. Desde ponto em diante o caminho pode ser caracterizado por uma trilha suja. Vamos nos aproximando do Rio Roncador, para acessá-lo é preciso descer uma vertente até o leito do rio. A trilha desemboca na parte superior da Cachoeira do Samuel, de onde se tem uma bela visão do cânion do Rio Roncador.

Em caso de chuva insistente nos dias anteriores ou de chuva forte na noite anterior, o Rio Roncador pode ficar intransponível. Após cruzar o rio por um lajeado, é preciso subir a outra vertente, mantendo à direita. Atente-se ao tracklog, pois há outras trilhas neste trecho.

Após uma subida moderada, iniciamos a descida e logo chegamos à fenda do Samuel. Um trecho técnico e perigoso, já que há risco de escorregões, de rolamento de pedras e exposição à altura. A descida é bem íngreme e escorregadia até a parte de baixo da cachoeira.

A Cachoeira do Samuel é uma das mais altas de Andaraí, perdendo somente para o Cachoeirão. Estima-se um valor entre 95 e 100 metros. O poço é mediano, mas ótimo para banho. Sombra somente debaixo dos blocos rochosos que envolvem o poço.

OBSERVAÇÕES:
> Cachoeira inserida no Parque Nacional da Chapada Diamantina, acesso livre e gratuito;

> Poucos trechos sombreados, use chapéu e protetor solar;

> Há pouca disponibilidade de água no caminho (somente rio Roncador), leve pelo menos 1.5L por pessoa;

> Sinal de celular na parte inicial do percurso, no trecho descampado da Serra do Brigadeiro;

> Em caso de chuva insistente nos dias anteriores ou chuva forte na noite anterior, não é uma trilha recomendada, tendo em vista a impossibilidade de cruzar o Rio Roncador;

> São 6.2km de caminhada (ida), exige algum esforço físico pelos aclives e declives moderados. Exige uma boa técnica na descida pela fenda, nada complicado para quem já tem o costume de fazer trilhas. Nível moderado a difícil para iniciantes.

> Você está em uma unidade de conservação federal, LEVE SEU LIXO DE VOLTA e NÃO FAÇA FOGUEIRAS.

View more external

Iniciar descida
WAYPOINT 16
WAYPOINT 17

3 comentários

  • Foto de Edu Couto

    Edu Couto 22/nov/2018

    Hélio, blz?! Sabe dizer se existe área de camping nas proximidades da cachoeira? Vlw!!!

  • Foto de Hélio Jr

    Hélio Jr 23/nov/2018

    edu,
    nas proximidades da cachoeira mesmo não vi nenhuma possibilidade de acampar. O terreno é muito irregular, são vários blocos de rochas que se desprenderam da serra. Talvez na parte mais alta e plana, antes de chegar ao Rio Roncador, você consiga encontrar um bom lugar para montar barraca.

  • Foto de Edu Couto

    Edu Couto 23/nov/2018

    Vlw meu caro, vou da uma procurada! Agradecido!

You can or this trail