Horas  7 horas 7 minutos

Coordenadas 3007

Uploaded 10 de Abril de 2018

Recorded Março 2018

-
-
82 m
-5 m
0
3,7
7,3
14,63 km

Visualizado 911 vezes, baixado 54 vezes

próximo a Salema, Faro (Portugal)

|
Mostrar original
Segunda rota costeira do grupo do Clube de Caminhadas Camino y Jara no seu deslocamento para o Algarve durante os feriados da Semana Santa. Une as praias de Salema na freguesia de Budens e a do Martinhal na freguesia de Sagres, tanto no concelho de Vila do Bispo como no Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina. É uma rota sempre próxima à costa do penhasco, que desce a praias propícias ao surfe.



O ônibus nos deixa muito perto da Praia da Salema e começamos a marcha com uma subida de quase um quilômetro. entre as urbanizações em direção à saída da área urbana.



A dinâmica da rota nos primeiros kms. É um contínuo para cima e para baixo caminhos que estreitam às vezes, passando por pequenas enseadas e praias que só podem ser alcançadas a pé.



A primeira praia que passamos pelo trânsito é a de Playa de las Furnas, a descida final até a areia é feita por rochas e apresenta algumas complicações.



Aqui vemos os primeiros surfistas, que precisam acessar com um veículo para transportar suas pranchas.



Passamos pela Praia das Furnas, percorremos cerca de dois kms. em um caminho com poucas inclinações.



Chegamos à Praia do Zavial, onde a presença de surfistas e banhistas aumenta. Aqui fazemos uma parada mais longa para comer alguma coisa, porque estamos quase na metade do caminho e há um bar na praia.



Da Praia do Zavial, vamos para a Praia da Ingrina, fazendo um trecho de um quilômetro. pelo Crta M-1257, para deixá-lo à esquerda por uma pista que vai para a Praia do Barranco, que é cerca de dois kms.



Este é o que tem a maior presença de surfistas em ação, embora não seja muito ventoso, formando grandes ondas, que alguns aproveitam com sucesso.



Há também banhistas tradicionais, mas com esse tamanho de ondas é arriscado banhar-se na praia.



Subimos pela enésima vez da praia até a área do penhasco, para percorrer um longo caminho que se aproxima e se afasta da borda sem seguir um padrão definido.



Nós passamos por algumas áreas espetaculares na parte final deste trecho de três kms.



Antes de descerem à pequena Playa de los Rebolinhos, as ilhotas do Martinhal destacam-se como sentinelas no centro da enseada.



Esta enseada está localizada um pouco antes da área urbanizada da praia do Martinhal.



Nós somos apenas cerca de quinhentos metros. da praia do Martinhal, onde vamos terminar a bela rota, que acaba sendo mais difícil do que se pode imaginar a priori.



O ônibus nos espera na primeira estrada pavimentada, atrás de uma área de pântano.



Para nos levar mais tarde para o Farol do Cabo de San Vicente, a tarde sem vento nos permitiu ter um tempo maravilhoso apreciando as vistas.



Quero destacar o bom trabalho e profissionalismo de Rafa Benjumea, o guia que a empresa contratada nos designou para administrar a atividade, que também nos transmitiu de maneira muito agradável seus muitos conhecimentos de aves e plantas.



Links para outras rotas na área:

- Lagos - Punta de Piedade - Praia do Porto de Mós - Praia da Luz

- Ermida da Virgem de Rocha - Praia da Marinha - ArmaÇao de Pera



A rota descrita aqui, assim como as trilhas de GPS, são indicativas. É da responsabilidade de quem o executa, tomar as medidas de segurança adequadas ao itinerário, que dependerão das condições meteorológicas, bem como da preparação técnica e física da pessoa que o realiza. É muito claro que tudo o que é indicado (trilha e comentários) é puramente informativo e sem qualquer outro tipo de espírito, isentando o autor de qualquer responsabilidade, diante de qualquer contratempo que pudesse sofrer quem por vontade ou induzido induzisse o caminho.

Comentários

    You can or this trail