-
-
2.346 m
1.568 m
0
1,4
2,9
5,71 km

Visualizado 12897 vezes, baixado 612 vezes

próximo a Queimada, Minas Gerais (Brazil)

Caminhada do Acampamento Base até o topo do Pico do Marins.

Segue um dos vários relatos com fotos e dicas:
www.trilhasetrips.blogspot.com.br

View more external

Bom lugar para camping e estacionamento.

20 comentários

  • Marqu1nho23 16/fev/2015

    Olá Augusto tudo certo.
    Olha estou interessado em fazer esta trilha e quero saber alguns detalhes sobre ela e alguns detalhes sobre transporte também.

    Um abraço e boa semana!
    Aguardo respostas.
    Até!

  • Foto de J. Augusto

    J. Augusto 17/fev/2015

    E aí Marcos, blz?
    Escrevi vários relatos da subida ao topo do Marins. E neles vc encontra as informações da logistica para te deixar próximo.
    Veja no link do blog.
    Só vou te adiantando que vc não tem muita opção. Ou caminhar desde a Rodovia ou contratar algum transporte.
    Abcs

  • Foto de Márcio Silva(Mou)

    Márcio Silva(Mou) 6/abr/2015

    I have followed this trail  View more

    O pico do marins não um passeio qualquer. Fui de carro pelo bairro do marinzinho em piquete, uma subida quase infinita que deu trabalho para o meu carro 1.0. A trilha para o pico exige sim um preparo físico e mental para escalar as pedras e os paredões. Não necessitam cordas é uma escalaminhada acima dos 45º. Precisa de uma atenção especial ao volume de água x peso na mochila, só existe água potável e está no início da trilha próximo ao careca. É preciso também treinar os olhos para avistar os diversos totens espalhados e as setas pintadas em spray nas cores vermelha, amarela e branca em meio a trilha. Usei o wikiloc apenas como base, fui seguindo os totens e as setas tranquilamente. Tudo é recompensado quando se atinge o cume. Uma vista deslumbrante e magnífica! Valeu muito a pena. Retornarei em breve para acampar no cume e desfrutar da vista noturna e o nascer do Sol. Abraços!

  • Foto de J. Augusto

    J. Augusto 7/abr/2015

    Uma outra recomendação é não fazer essa caminhada com chuvas ou neblina.
    Quando chove nessa região, o perigo são os raios e com a neblina vc perde todo o visual, que é a grande atração desse pico.
    Abcs

  • Andre_Kravcenko 1/mai/2015

    Olá amantes das trilhas. Deixei um geocaching nessa trilha. Adoraria se vocês participassem dessa caçada ao tesouro. Segue :http://www.geocaching.com/seek/cache_details.aspx?wp=GC5TBGW&title=my-first-geocache&guid=aa74f33f-34e6-4d4e-ac89-7f4875b5f475

  • Andre_Kravcenko 1/mai/2015

    Olá amantes das trilhas. Deixei um cache nessa trilha. Adoraria que vocês participassem dessa caçada ao tesouro !!! Saibam mais em geocaching.com.
    E as coordenadas do meu cache :http://www.geocaching.com/seek/cache_details.aspx?wp=GC5TBGW&title=my-first-geocache&guid=aa74f33f-34e6-4d4e-ac89-7f4875b5f475
    Quem encontrar, por favor deixem um review na página citando o brinde retirado e o que foi colocado e também se está em bom estado !! Obrigado. Quero ver alguns nomes no log book que está lá da próxima vez que eu for !!!

  • Foto de Soldan

    Soldan 11/jun/2015

    I have followed this trail  View more

    Trilha show, tive ajuda do 4trip.org

  • Foto de J. Augusto

    J. Augusto 20/jun/2015

    Só acho desnecessário ajuda de um guia para subir esse pico.
    Na minha opinião, a maior dificuldade é o cansaço, já que a trilha é ingreme e extensa.
    No mais, quem tiver experiencia em trekking dá p/ chegar no topo sem maiores problemas.

  • Foto de albertossilva

    albertossilva 8/ago/2017

    I have followed this trail  View more

    Track muito tranquilo de seguir, com boas informações.

  • Foto de J. Augusto

    J. Augusto 9/ago/2017

    Valeu Alberto.
    Abcs

  • WANDER HENRIQUE SAMPAIO 28/mar/2018

    I have followed this trail  View more

    Ótima trilha, o tracklog está bem ajustado e dá para fazer sem nenhum problema. O visual é espetacular!

  • Foto de J. Augusto

    J. Augusto 28/mar/2018

    Oi Wander.
    Valeu pelo feedback.
    Tracklog com quase 10 anos e ainda ta atual?
    Isso é bom.
    Sei que recentemente foram colocadas setas amarelas ao longo da subida e que tambem podem ajudar.
    E que o Refugio próximo ao Careca, funciona a pleno vapor.
    Isso é melhor ainda pois é um ótimo ponto de apoio.
    Abcs

  • Foto de lucianalima

    lucianalima 4/jun/2019

    Olá, pretendo ir no mês de junho ainda e queria umas informações. em qto tempo em média da pra fazer bate e volta? e alguém indica alguma pousada legal perto? Obrigada quem puder me ajudar.

  • Foto de J. Augusto

    J. Augusto 4/jun/2019

    Oi.
    Um bate volta no Marins é bem puxado. Tem de sair bem cedo.
    Dá para fazer em umas 8 hrs ida e volta, mas depende muito do condicionamento.
    Não é trilha para qqer um.
    Qto a hospedagem na base do Marins, tem o Acampamento Base, que oferece alojamento e estacionamento.
    Mas eu escolheria ficar na Pousada do Maeda, que também fica próxima a base.
    É um senhor de idade que abriu a travessia Marins Itaguaré.
    Super conhecido no mundo trekking.
    https://m.facebook.com/marmelopolispousadamaeda/?locale2=pt_BR

  • padilhadim 2/jul/2019

    Tem área para montar barraca no cume? Pretendo pernoitar para ver o nascer do sol.

  • Foto de lucianalima

    lucianalima 2/jul/2019

    Oi, fiz a subida esse fim de semana dia 29, chegamos na sexta, ficamos na Pousada Maeda que é bem legal, por indicação do colega Augusto aqui, chegamos no refugio as 6:50 e tinha bastante pessoas q iam subir, umas pra bate e volta outras pra acampar no cume, a trilha é bem marcada e não usamos GPS nem guia, fomos com um mapinha que o Maeda fez que deu certinho, mas nem precisa, então pra acampar no cume dá sim, mas vimos muitos acampando antes do ultimo paredão que é muito íngreme pra não subir com muito peso ao cume que atrapalha, a vista antes do cume tb é maravilhosa,não vejo necessidade em acampar no cume pq venta demais e muito frio mesmo, e dá pra subir logo no amanhecer pra ver o nascer do sol. Fizemos a subida em 3:40 h e descemos em 4 horas aproveitando cada momento pq tudo é lindo demais, levamos 3 litros de água cada e poucas coisas pra comer. Então recomendo levar pouca coisa pro bate e volta e curtir , muito cuidado na subida antes de impulsionar o corpo ver bem se não há pedras soltas, usar um ótimo tênis ou bota de montanha que faz toda diferença, antes do cume tomar cuidado nas pontas das rochas com ventos fortes q podem arremessar uma pessoa abaixo. Dá pra pernoitar no refugio ali mesmo na base que tem um ótimo atendimento, tem muitas opções de hospedagem ao redor e as cidades ao redor são lindas, ficamos em Marmelópolis que tem cachoeiras lindas vale a pena passear depois de descer pq saindo as 7:00 antes das 16:00 já tá de volta, trilha maravilhosa bem mais light dq a Pedra da Mina que fizemos mês passado. Assisti uns vídeos antes de ir ao Marins e muitos falaram q tinha abismos..etc...não vi nada demais é super seguro, tendo cuidado sempre e percorrendo durante o dia super tranquilo, acredito que cada um tenha sua própria experência e aprenda a se conectar com a Natureza e essa oportunidade que Deus dá de subir ao cume e ver a beleza inexplicável lá de cima. Amei subir o Marins vale cada segundo, e já planejamos de fazer a travessia Marins-Itaguaré mês que vem.

  • Foto de J. Augusto

    J. Augusto 3/jul/2019

    A Luciana disse tudo.
    No topo o frio e os ventos atrapalham um pouco.
    Eu também faria o mesmo que ela.
    Só iria no topo para ver o amanhecer.
    E as informações da Luciana estão perfeitas.
    Foi bem detalhista e nada a acrescentar.

  • padilhadim 13/jul/2019

    Olá, Amigos. Obrigado pelas dicas.
    Fui pensando em acampar no pé da grande pedra, como vocês sugeriram. Porém, chegando lá, acabei optando por subir ao cume ainda durante o dia e acampar lá em cima. E acho que foi a melhor opção pra mim. Lá da base do pico, achei que seria perigoso subir à noite. Muitas escalaminhadas neste trecho. Além disso, orientar-se à noite ali não seria tão simples. Subindo durante o dia, levei 50 minutos. À noite, mesmo sem o peso da mochila, sem dúvida levaria mais tempo. Lá no cume Tem alguns pequenos abrigos formados pelos grandes arbustos, dá pra umas 7 barracas. Apesar das fortes rajadas de vento, a barraca aguentou bem. O frio também estava de matar (0°), mas fui bem preparado pra isso. O nascer do sol foi um espetáculo!

  • Foto de J. Augusto

    J. Augusto 15/jul/2019

    Blz Padilha.
    Vou discordar um pouco de vc.
    Continuo achando que não é recomendável acampar no topo.
    Ou quem quiser tem de levar uma boa barraca, um bom saco de dormir e principalmente torcer para que os melhores lugares já não estejam ocupados.
    E não é todo mundo que está preparado para temperaturas tão baixas no topo
    Eu devo ter subido esse pico umas 3 ou 4x e o tempo que levei saindo riacho até o topo foi em torno de 20 a 30 minutos.
    Não mais que isso.
    Talvez com a cargueira uns 10min a mais.
    Na minha opinião compensa ficar perto do riacho protegido pela vegetação e subir sem peso nenhum somente para ver o Por do Sol e a Aurora.
    Abcs

  • padilhadim 15/jul/2019

    Tranquilo, Augusto!

You can or this trail