Horas  8 horas 19 minutos

Coordenadas 1699

Uploaded 14 de Maio de 2017

Recorded Maio 2017

-
-
1.023 m
-4 m
0
4,5
9,1
18,12 km

Visualizado 1516 vezes, baixado 40 vezes

próximo a Rio da Prata, Rio de Janeiro (Brazil)

Mais um travessia do nível trash no Parque da Pedra Branca.

No 5º dia da transcarioca, evitei de subir ao Pico da Pedra Branca, porque já estava muito tarde, e perderia pelo menos 2 horas se subisse até lá.


Mas não poderia deixar de visitar o ponto culminante da Transcarioca e do Município do Rio de janeiro. Portanto reservei o 6 º dia para ir nele e também para percorrer uma parte do 6º trecho da transcarioca.


Mas não poderia fazer isto subindo pelo Pau da Fome, porque gastaria 4 horas só na subida até o pico.


Pesquisei em meus mapas e vi que havia um caminho bem mais curto partindo do Rio da Prata. A grande questão seria encontrá-lo.


Felizmente consegui achá-lo. A trilha certa parte à esquerda da estrada de motocross, em meio à vegetação rasteira. Ela passa por duas casas e logo depois se torna muito fechada, de tal forma que acabei errando o caminho. Estava prestes a desistir quando achei o caminho certo, que depois de algum tempo volta à ter uma traçado mais definido.


Durante um longo tempo a trilha segue sem nenhum tipo de sinalização até sair numa bifurcação onde finalmente podemos encontrar uma seta vermelha com as iniciais PB.

Acompanhando esta sinalização sobe-se suavemente até encontrar a placa que indica a subida final para o pico.


Como pode-se observar, na volta explorei uma trilha que acreditava que fosse dar no pico da independência, mas logo percebi que ela ia de encontro ao caminho por onde subi.


A descida do pico até a casa Amarela é longa, e tinha muito ainda à percorrer, pois nem havia começado o 6º trecho ainda.


Para complicar ainda mais a minha vida, chegando na Casa, uma matilha nada amistosa e nada hospitaleira me cercou e fez com que me distraísse e errasse o caminho mais uma vez.

Mas o que tá ruim sempre pode piorar, já que o início do 6º trecho começa além da cerca que os cães guardavam. Tive que esperar que eles voltassem para a casa para que pudesse levantar a cerca com todo o cuidado e silêncio e continuar o meu caminho.


O facão trabalha intensamente no início deste trecho, já que em alguns pontos a vegetação é bem densa e fechada. O pior era que o Sol já caminhava para detrás das montanhas e havia muito à percorrer.


Se retornasse corria o risco de enfrentar novamente aqueles cães rabugentos e não estava nem um pouco afim disso. A situação era crítica mas resolvi continuar adiante.


Felizmente depois de algum tempo a trilha fica um pouco mais aberta e começa a descer num eterno zigue-zague.

O caminho cruza por muitos bananais e árvores cáidas o que pode confundir um pouco na orientação. Mas não se preocupe, sempre há um atalho contornando o tronco caído até retomar a trilha.

Já estava quase chegando a hora do pôr do sol, quando finalmente cheguei na Estrada do Sacarrão são e salvo e comecei a longa descida de volta à civilização, terminando assim esta memorável aventura.

View more external

Guarita
Esquerda
Sitio
Cachoeira do Engenho
Direita
Vista de Campo Grande
Mirante
Enfim sinalização (ufa!)
Direita (sobe)
Esquerda ( sobe)
Pico da Pedra Branca
Mirante
Casa Amarela
Mirante
Pedra
Acampamento destruído

3 comentários

  • Foto de lobo gu@rá

    lobo gu@rá 17/abr/2018

    vlw amigo! obrigado por mostrar a descida após a pedra branca. minha meta é sair da pedra do ponto (vindo da rua do governo) e chegar a p.b. e após isso, seguir teu caminho até a estrada do sacarrão.

  • Foto de dsilva.rocha

    dsilva.rocha 17/abr/2018

    Valeu! Vai ser uma grande aventura!
    Nunca fiz essa trilha que liga a Pedra do Ponto à Pedra Branca, mas aqui no site você encontra alguns tracks de usuários que fizeram o caminho..

  • Foto de Breno Novelli

    Breno Novelli 22/jun/2018

    Gostei da história. Boa aventura.

You can or this trail