Coordenadas 926

Uploaded 17 de Abril de 2019

Recorded Maio 2017

-
-
347 m
-33 m
0
5,2
10
20,94 km

Visualizado 137 vezes, baixado 5 vezes

próximo a Gleba Finch, Rio de Janeiro (Brazil)

Este é a trilha que fiz no Rio com o maior número de atrações desconhecidas. Até praia deserta tem nela.

Darei as indicações de leste para oeste, mas ela pode muito bem ser feita de oeste para leste, com início na Pedra do Telégrafo. Apenas evite estar no Telégrafo entre as 08:00 e as 11:00, horário em que a iluminação do Sol não favorece para que as fotos saiam muito boas.

Eu me hospedei no Bairro do Recreio próximo à Praia da Macumba, mas se você estiver na Zona Sul você pode pegar um ônibus BRT até a parada Gilka Machado e andar até a Pedra do Pontal.

A subida da pedra é bem rápida e me tomou por volta de 10 minutos. Entretanto, ela pode ser um pouco complicada por dois motivos principais: pois a trilha tem uma inclinação alta e; porque há uma passagem com corda perigosa perto do cume. Mas não será nenhum desafio se você já estiver acostumado com escalaminhadas na natureza.

Após descer a pedra, vem o trecho mais tranquilo de caminhar de todo o dia. É necessário 1h30min para andar 7,8 km pela Avenida Estado da Guanabara, a qual passa pelas praias da Macumba, Prainha, Abricó e Grumari. Todas estas estão situadas dentro da Reserva Ambiental de Grumari. Este trecho pode ser realizado de carro, mas não encontrei informação de transporte público, por isso o fiz caminhando. Foi até legal porque o caminho é bem bonito e fui contemplando tranquilamente.

Na sequência se anda por mais 15 minutos na mesma avenida até encontrar o acesso para a trilha a esquerda. A partir daqui o caminho se dá por dentro de mata atlântica fechada até o final do dia.

Do acesso, se caminha 1 hora por uma linda mata até alcançar a Praia Funda. No caminho há uma subidona que chega até a cota 210 m que depois desce direto até a praia. Não havia uma alma viva na Praia Funda quando passei por ela. Não esperaria que haveria uma praia deserta dentro da cidade mais famosa do Brasil.

O caminho segue pela areia até o costão, onde é preciso contorná-lo para alcançar a Praia do Meio.

É importante ressaltar que o mar nesta região é bem forte e, portanto, não aconselho que se banhe nas Praias do Meio e Funda.

A do Meio é a outra das praias desertas que encontrei neste dia. Caminha-se por ela até sua outra extremidade até pegar o acesso para a trilha.

Uma vez de volta à selva, leva cerca de 20 minutos andando até chegar numa bifurcação. Ela marca a separação entre a continuação até a Pedra do Telégrafo do acesso à Praia do Perigoso e à Pedra da Tartaruga.

Peguei o acesso para a Perigoso e aí sim havia alguns turistas. Isto porque já estava próximo à super visitada Pedra do Telégrafo e pelo mar aqui ser um pouco mais calmo que nas Praias Funda e do Meio.

Dei um mergulho, mas não passei muito tempo porque estava ansioso pra subir a Tartaruga. A trilha da Praia do Perigoso até ela dura cerca de 30 minutos e é uma subidinha exigente, já que neste trecho não há árvores para proteger do sol.

A vista do topo da Pedra da Tartaruga é muito linda. Se pode ver as Praias do Perigoso e do Meio, a Pedra do Telégrafo, a Praia de Grumari e até a Pedra do Pontal ao longe.

Desci da Tartaruga e voltei para aquela bifurcação que vinha da Praia do Meio.

A subida para a Pedra do Telégrafo é constante, mas o caminho é bem marcado e fácil de andar. Em cerca de 1 hora se chega no topo do ponto mais turístico de toda a trilha e um dos mais famosos do Rio de Janeiro. Seu cume está na cota 350 msnm.

A Pedra do Telégrafo é famosa pela foto abaixo, que passa a sensação de estar num penhasco mortal.

O que ninguém sabe é que essa na verdade é a Pedra do Cavalo e que a Telégrafo fica alguns metros adiante na trilha. Mas claro que o objetivo dos turistas (inclua-me nesta) é tirar uma foto como a de cima.

O panorama da pedra é muito lindo, com todas aquelas praias e morros florestados da Reserva de Grumari. Já do outro lado se tem vista para a Barra de Guaratiba.

Para terminar o dia, resta descer a trilha que conecta a Pedra do Telégrafo com a Praia de Guaratiba, trecho este que dura cerca de 40 minutos.

Para ir embora, pegue um ônibus do ponto final até o acesso para a Avenida das Américas. Pode ser o 874A Marambaia x Estação Ilha de Guaratiba ou o 867 Barra de Guaratiba x Campo Grande. Ali há uma estação da BRT que oferece transporte pra uma infinidade de lugares no Rio.

Distância percorrida: 21,3 km
Tempo gasto: 7 horas
Quando Fazer: Não faça em um fim de semana ou feriado, pois a fila para a Pedra do Telégrafo pode levar de 4 a 6 horas!

A maioria das pessoas que vêm pra região buscam apenas subir a Pedra do Telégrafo, mas aconselho fortemente que conheça as praias da Reserva de Guaratiba também. E se o dia for puxado, pode deixar pra conhecer a Pedra do Pontal em um dia diferente. Só procurei dar uma opção de passeio no Rio.

Outra ideia interessante é fazer a trilha para a Pedra do Telégrafo de madrugada e pegar o nascer do sol no horizonte! Ainda vou fazer isso.

Comentários

    You can or this trail