Horas  uma hora 47 minutos

Coordenadas 971

Uploaded 24 de Junho de 2019

Recorded Junho 2019

-
-
1.762 m
1.318 m
0
1,6
3,1
6,22 km

Visualizado 57 vezes, baixado 11 vezes

próximo a Ouro Preto, Minas Gerais (Brazil)

Trajeto desde a área de acampamento do Parque Estadual do Itacolomi até o ponto culminante da unidade: Pico Itacolomi.

COMO CHEGAR:
A entrada do Parque Estadual do Itacolomi fica nos arredores de Ouro Preto, próximo ao trevo de acesso ao bairro Bauxita, na rodovia BR-356. Para quem sai de BH, o acesso é via BR-040, até a Lagoa dos Ingleses, e depois BR-356 até Ouro Preto. São aproximadamente 100km de distância da portaria do centro de BH até a portaria do P.E. do Itacolomi.

Para quem optar seguir por ônibus, a viação Pássaro Verde tem viagens de hora em hora entre BH e Ouro Preto. A rodoviária da cidade, no entanto, fica a pouco mais de 4km da entrada do Parque (+5KM até a área de acampamento), devendo o visitante contratar um serviço de táxi, tomar um ônibus de linha municipal ou seguir a pé.

Para mais informações sobre como chegar, utilize a ferramenta "Get driving directions to this location", disponível na coluna direita do Wikiloc.

O Parque não trabalha com sistema de reservas, de forma que a área de acampamento é preenchida por ordem de chegada. Espaço para 30 barracas, conforme informação do PEI.

A TRILHA:
A trilha tem início ao lado da Lagoa da Capela, que está a 790 metros da área de acampamento, acesso fácil por uma estradinha de terra em nível. No entanto, não há local de estacionamento na entrada da trilha, devendo o visitante estacionar próximo à área de acampamento ou mesmo na área de visitantes (mais próximo).

Depois de atravessar uma cancela, o trajeto continua por uma estradinha de terra margeada por uma vegetação típica de mata atlântica, que oferece um pouco de sombra. A caminhada segue em aclive constante, alguns minutos após a cancela chega-se a uma bifurcação, onde é preciso seguir pela estradinha à esquerda, ignorando a trilha que segue em frente.

Logo que se completa 2km de caminhada, é preciso deixar a estradinha de terra, que leva às antenas, para tomar à direita numa trilha bem consolidada ainda em meio a mata. A trilha continua em aclive, mas logo sai da mata, local em que temos o Mirante do Baú, com visual para Ouro Preto (norte) e Lavras Novas (sul). O aclive continua após o mirante, só que agora mais incisivo. O trecho mais acentuado, no entanto, é curto e conta com degraus construídos e corrimãos, para auxiliar a subida (e a descida, na volta).

Depois de vencer as escapas da Serra de Itacolomi a trilha avança entre campos rupestres e de altitude, com amplo visual e relevo suave. Depois de alcançar os 1.619 metros de elevação, predomina um ligeiro declive até a base do Pico Itacolomi.

Um pouco antes da base há uma passagem entre rochas, um dos poucos trechos que requer um cuidado maior nesta trilha.

Na base tem início a ascensão final até o topo da Serra de Itacolomi, que não possui muitos trechos íngremes. Somente quando peguei um atalho, já no fim da subida, é que passei por um terreno de maior inclinação. No topo, ignoro o afloramento rochoso que dá o nome ao local (Itacolomi) e caminho para o sul, até o ponto culminante da serra, onde o GPS registrou 1.762m.

OBSERVAÇÕES:
- Trilha de dificuldade entre baixa e moderada, autoguiada e bem demarcada. Fácil de se orientar com tempo bom. Indicado para iniciantes na prática das caminhadas de montanha;
- O acesso foi feito pelo Parque Estadual do Itacolomi, que conta com uma boa infraestrutura para receber os visitantes. Não é preciso agendar a visita. Maiores informações, verificar o site do Parque na página do IEF.
- Não há qualquer infraestrutura ao longo da trilha para o Pico, de forma que os caminhantes devem levar água e lanche para o tempo de caminhada proposto;
- Nâo há oferta de água ao longo da caminhada. Levar água para a ida e a volta (2L por pessoa);
- A metade final da trilha é em áreas expostas ao tempo, usar chapéu e protetor solar. Roupas adequadas para a prática de caminhada também são bem vindas.
- Sinal de celular em várias partes do trajeto, em especial no alto da serra.

Comentários

    You can or this trail