• Foto de Morro do Spitzkopf (Blumenau/SC)
  • Foto de Começo
  • Foto de Reto
  • Foto de Vista

Tempo em movimento  3 horas 36 minutos

Hora  4 horas 26 minutos

Coordenadas 2179

Enviada em 12 de Outubro de 2019

Registrada em Outubro 2019

-
-
911 m
146 m
0
3,1
6,2
12,31 km

Visualizado 76 vezes, baixado 1 vezes

perto de Encano, Santa Catarina (Brazil)

Trilha ao topo do morro do Spitzkopf, uma das mais tradicionais da região de Blumenau. Em alemão: Spitz (pontudo, afiado) + Kopf (cabeça), portanto, o morro da cabeça pontuda ou afiada.

A trilha está dentro de um parque ecológico privado - que, inclusive, tem outras trilhas menores. O parque fica na zona Sul da cidade, no bairro Progresso, e o acesso é bom. O caminho é por estradas municipais, asfaltadas até bem perto da entrada do parque.

Este parque passou por uma mudança de propriedade há alguns anos, sendo adquirido por uma família de origem búlgara. Há muitas queixas sobre as novas regras - mais rígidas - e sobre a proprietária, que atende os trilheiros - uma mulher muito rigorosa.
O fato é que há uma série de restrições quanto ao que se pode levar (mochilas de camping são proibidas, por exemplo) e não se pode mais acampar. A senhora não é uma pessoa má, ela apenas exige que as regras sejam seguidas à risca no intuito de evitar lixo, fogo e caça. Trate-a bem e ela não faltará em respeito. A entrada era de R$ 10,00, por pessoa, em 10/2019.

A trilha é muito simples. Em mais da metade do percurso, segue por uma estrada de terra. Pode até ser que algum carro passe por ali, pois há algumas ocupações consolidadas até um certo trecho.

A trilha vai fechando aos poucos. Até perto do cume, o desnível é leve e constante, então dá pra subir no mesmo ritmo. Só perto do fim fica um pouco mais íngreme, mas, quando a caminhada começa a cansar, chega-se ao cume.

O cume tem uma pedra utilizada pra tirar fotos na face Sul e uma pequena trilha que leva à face Norte - de onde se vê parte de Blumenau e região. Na face Sul tem-se uma excelente perspectiva da Serra do Itajaí, um enorme conjunto de morros preservados (na maioria) que fazem parte do parque nacional de mesmo nome.

A trilha é fácil, o que não significa que não vai cansar - especialmente nos dias quentes do verão blumenauense.
foto

Começo

foto

Reto

foto

Vista

Comentários

    Você pode ou esta trilha