Dificuldade técnica   Difícil

Horas  4 horas 31 minutos

Coordenadas 1123

Uploaded 7 de Março de 2015

Recorded Fevereiro 2015

  • Rating

     
  • Information

     
  • Easy to follow

     
  • Scenery

     
-
-
984 m
-8 m
0
2,6
5,1
10,26 km

Visualizado 2113 vezes, baixado 165 vezes

próximo a Três Barras, Santa Catarina (Brazil)

Tracklog a partir do estacionamento do Sítio do Seu Ari até o cume do Monte Crista, e daí até as Cachoeiras do Rio Três Barras, próximo a "Cabeluda"

Este tracklog contém as coordenadas dos "melhores" pontos de acampamento da trilha em JANEIRO de 2015, considerando:
-Solo plano e seco
-Higiene (ausência de mau cheiro e lixo)
-Visual
Mais informações na descrição de cada ponto salvo

O Monte Crista é um destino comum de aventureiros da região de Joinville e proximidades. Faz parte de diversas travessias da região (início ou fim) e possui diversas lendas e causos associados a seu percurso e formações rochosas características.

OBRIGATÓRIO levar lanterna, e outros itens de segurança básicos, além de roupas extras e quentes, pois pode ser necessário o pernoite se o rio no começo da trilha acabar enchendo
Para mais informações e orientações relevantes, recomendo a visita e leitura criteriosa dos seguintes:
http://www.mochileiros.com/monte-crista-sozinho-cume-cabeluda-cachoeira-em-29-10-2011-t61906.html
http://www.papodehomem.com.br/monte-crista-e-como-na-vida/

DIFICULDADE E CONDIÇÕES DA TRILHA
A trilha é muito (mal) frequentada, e devido também ao solo argiloso, é bastante degradada em vários pontos.
Os principais desafios são:
1. Travessia do Rio Crista: logo no começo, há de se atravessar um rio cuja profundidade varia muito conforme as chuvas na região, sendo muitas vezes impossível realizar a sua travessia.
2. Saboneteira: Trecho muito escorregadio de pedras expostas, que pode ser evitado tomando-se a bifurcação à esquerda. A trilha da esquerda tem praticamente a mesma extensão, mas é relativamente mais segura. Após este trecho, continua-se a subir variando entre trechos de inclinação forte com escalaminhada e escadarias de pedra.
3. Campos de altitude do Crista: Exposição a grandes declives, já perto do cume, redobrar a atenção e ficar atento a rajadas de vento
4. Descida as Cachoeiras do Rio Três Barras: a trilha passa por uma drenagem intermitente, é de forte inclinação e exige cuidado redobrado com escorregões. Chegando ao rio, deve-se passar por um curto trecho de grandes pedras e gretas para acessar as cachoeiras. Atenção redobrada no verão com possíveis cabeças d´água no local (informações em http://www.petropolitano.org.br/artigos/consideracoes-a-cerca-do-fenomeno-cabeca-d-agua )
5. Há muitos acidentes registrados na região, mas isto deve-se principalmente ao despreparo das pessoas que utilizam a trilha. Procure sempre ir acompanhado, e com alguém que conheça bem a trilha, e com todos os equipamentos de segurança básicos da prática do Hiking e/ou Montanhismo.

Considerando os riscos descritos acima (5), o grande nível de degradação da trilha, a inclinação elevada em vários pontos e o grande número de acidentes já registrados na região, considero esta atividade como DIFÍCIL


  • Foto de Acampamento da Janela
Acampamento para uma barraca (2-4 pessoas) Com visual e próximo a um pequeno córrego e ao cume do Crista
  • Foto de Acampamento da Vista Crista
Acampamento para várias barracas, no cume de um morro sem nome com um belo visual do Monte Crista e um grande vale.
  • Foto de Acampamento dos Irmãos
Área de cumes com vários locais bons para acampamento, próximo ao rio Três Barras obtenção de água e banho
  • Foto de Bifurcação da Saboneteira
A subida começa a ficar mais forte a partir deste ponto. Recomendo pegar a trilha da esquerda, pois tem quase o mesmo tamanho e é relativamente mais fácil.
  • Foto de Cachoeiras do Rio Três Barras
Atenção redobrada com pedras escorregadias e cabeças d´água
  • Foto de Clareira - Acampamento Base
Acampamento grande na base no Monte Crista antes da saboneteira, e próximo a um rio com cachoeira.
  • Foto de Cume - Monte Crista
980m
  • Foto de Estacionamento - Seu Ari
Estacionamento no Sítio do Seu Ari. Local possui infra-estrutura de banheiros, chuveiros, e uma lanchonete que funciona ocasionalmente. Cobra-se estacionamento por veículo e passagem da ponte por pessoa (levar dinheiro).
  • Foto de Janela para Vale
Janela na vegetação que permite visualizar um pequeno vale
  • Foto de Mirante da Pedra
Mirante que pode ser acessado através da subida de grampos na parte de trás de uma rocha no local.
  • Foto de Travessia do Rio Crista
Travessia em rio de cerca de 20 metros, podendo não ser possível realizá-la devido a cheias causadas por chuvas fortes.

5 comentários

  • ademir junges 4/Ago/2015

    ja fiz esta trilha bacana

  • Foto de gvogetta

    gvogetta 3/Jan/2017

    Natureza encantadora, montanha mística, rodeada de lendas, história e estórias.
    OBRIGATÓRIO é também levar de volta consigo todo e qualquer resíduo, embalagem ou lixo, INCLUINDO o papel higiênico usado. Sim, isso em muitos parques mundo afora, com frequência intensa de pessoas é obrigatório.
    MAS, estamos em Pindorama, e aqui tudo pode, devido à mente limitada do povo...
    Infelizmente o Monte Crista e adjacências é um destino frequentado por muita gente que não ostenta essa condição (de gente), muito menos pode-se dizer que são aventureiros. Dizer que seriam porcos seria uma ofensa aos coitados dos animais desta espécie. Não encontrei ainda uma definição adequada, mas tendo a aceitar a dada em uma música do Ultraje a Rigor neste ponto.. Rs!
    Conheço a região há alguns anos e lamentavelmente, mesmo com a cobrança na entrada, que em NADA reverte para a montanha ou a natureza, retiram-se centenas de quilos de lixo das áreas de acampamento e do cume do Crista, todos os anos. Isso porque há trabalho voluntário capitaneado pela AJM e GRM, senão todos que vão lá nadariam em tanto lixo.

  • Foto de afonso.lenzi

    afonso.lenzi 22/Fev/2017

    muito boa sua track Alexandre, costumo indicar para quem não conhece

  • Foto de Guilherme Wladeka

    Guilherme Wladeka 5/Abr/2017

    I have followed this trail  View more

    Agradeço por compartilhar essa trilha Alexandre. O Crista eu já subi três vezes, mas seguindo as orientações que você disponibilizou pude chegar até a cabeluda.

    Aconselho a todos que queiram apreciar uma bela vista, e que desejem um local para testar a resistência das barracas em um vento forte.

  • Foto de Alexandre Arins

    Alexandre Arins 5/Abr/2017

    Olá grande Getúlio, de fato infelizmente o Monte Crista é assolado pela presença dos farofeiros da montanha, realidade que se repete tragicamente nos picos mais frequentados e sem fiscalização do país. Já ouvi que na Páscoa sobem mais de 700 pessoas no local (eita), e que já teve até gente subindo com bateria de carro e caixa de som pra fazer um "sonzinho" na cabeluda. Além de tudo, a trilha é relativamente exigente fisicamente, e por ser tão popular muitos acabam necessitando de resgate, muitas vezes por despreparo e por não tomar cuidados básicos. É uma mistura de Pico Paraná com Vila Velha (pré implantação do Parque).

    Afonso, obrigado pelo elogio, qualquer dúvida estamos aí.

    Guilherme, agradeço a avaliação, a cabeluda é um ótimo local de acampamento próximo ao rio, permitindo coleta de água e até um bom banho noturno para os mais corajosos, haha.

You can or this trail