Tempo em movimento  2 horas 13 minutos

Hora  6 horas

Coordenadas 1466

Enviada em 16 de Fevereiro de 2020

Registrada em Fevereiro 2020

-
-
1.066 m
247 m
0
2,4
4,8
9,66 km

Visualizado 209 vezes, baixado 7 vezes

perto de São Valentim, Santa Catarina (Brazil)

O Monte Barão de Charlach é uma montanha que demarca a divisa entre os municípios de Nova Trento e Botuverá, em Santa Catarina. Com 1148 metros de altitude acima do nível do mar, é o ponto mais alto de ambos os municípios. A montanha tem este nome em homenagem ao morador que detinha a posse das terras que davam acesso à ela pelo lado de Nova Trento, o Barão de Charlach. Não exatamente em seu cume, mas em uma das pontas do seu topo, encontram-se pedras que formam uma espécie de caverna, e cravada em cima das pedras está uma cruz. Esta cruz foi colocada ali em 1899. Os outros 3 maiores picos de Nova Trento (Monte Lima, Monte Bela Vista e Morro da Cruz) também receberam cruzes neste mesmo ano. Para subir nesta pedra, recentemente foram instalados grampos na pedra que formam uma escada, substituindo a velha corda que estava amarrada na cruz, dando maior segurança aos aventureiros.
Começamos nossa subida às 9h da manhã, pelo lado de Nova Trento na comunidade do Lageado. Provavelmente, das 4 trilhas que tenho conhecimento que dão acesso ao monte (sendo 2 em Nova Trento e 2 Botuverá), esta deve ser a menos utilizada e talvez a mais difícil. Os moradores do local são bem receptivos e nos permitiram deixar o veículo em sua propriedade. Na volta ainda autorizaram um banho de rio ali mesmo, pois o calor era sufocante. Eles contam que a utilização dessa trilha caiu bastante, depois da abertura das trilhas (ou pelo menos popularização) pelo lado de Botuverá. Segundo informações, a outra trilha que parte de Nova Trento, na localidade do Salto, está com a entrada proibida.
O começo da subida por essa vertente se dá por uma estrada em meio a uma plantação de eucaliptos. Passando esta parte a inclinação da trilha aumenta consideravelmente. A trilha estava fechada, mas ainda assim era fácil de navegar. Um mar de taquaras nos esperava. Fomos preparados com alguns facões e já limpamos a trilha também. Com aproximadamente 45 minutos de caminhada passamos por uma placa um tanto engraçada, com o dizer: "Moro Barrom". Notavelmente, os moradores da região possuem um sotaque bem acentuado. Com 1h45 de caminhada encontramos a bifurcação que une a trilha que parte do Lageado com a trilha que vem do Salto. A partir daqui, as condições ficam bem melhores, e a trilha fica o que chamamos de "avenida". 10 minutos depois, encontramos o primeiro mirante, um palanque de madeira. Chegamos nas pedras precisamente 12 horas, ou seja, 3 horas depois de iniciar. Do topo da pedra é possível ter visão de toda a região do Vale do Rio Tijucas, Litoral, Vale do Itajaí, Planalto Sul. Em vários lugares da trilha e no topo havia sinal de celular e internet móvel da operadora vivo. Um pouco antes das pedras, há uma área de acampamento, onde acredito ser possível acomodar algo em torno de 4 barracas médias. Durante toda a trilha não encontramos nenhuma fonte de água potável. Em outras tracklogs na internet encontrei registro de que há água próximo ao local de acampamento... tentei encontrar o local mas sem sucesso. Portanto, sugiro que quem vá, vá preparado. Leve sempre seu lixo de volta. Não faça fogueiras. Seja respeitoso com os moradores da comunidade.

----------------------------

IN ENGLISH:

Monte Barão de Charlach is a mountain between the cities of Nova Trento and Botuverá. With 1148 meters above the sea level, it is the highest point of both cities. Its name came from a local person name Barão de Charlach, who used to be the owner of the lands from where you would access the mountain by the Nova Trento’s side. Not exactly in the summit, but in the top area you’ll find some rocks with a cross on top of it. This cross was placed there in 1899 by some priest or priest. He/They put other crosses on the summit of 3 others mountains in Nova Trento: Monte Lima, Monte Bela Vista and Morro da Cruz.
We started our hike at 9 a.m. in a neighborhood called Lageado, city of Nova Trento. Probably this is the less used way to hike this mountain. The locals are friendly, and allowed us to park there, and also to swin in the river. They told us that this trail isn’t used often anymore since they opened (or at least popularized) the trails in Botuverá’s side.
We began hiking through a eucalyptus plantation. When the plantation is over, the trails get harder. The path was quite closed by the trees, and we had to open with our machetes. After hiking 1h45min we found the bifurcation with another path that comes from a neighborhood called Salto. From now on, the trail became much easier, so we called it “highway”. 10 minutes ahead we reached the first seeing point. At noon (3 hours after we started) we were in the rocks, which is considered the summit of Monte Barão (although it is not). From there you can climb the rocks to see the cross, and also many cities from Vale do Rio Tijucas, Litoral Region, Vale do Rio Itajaí, Planalto Sul. During the trail and in the summit, there are many points with mobile and mobile data connection (tested with VIVO). A little before the summit, there is a camping point for 4 tents, I guess. We haven’t found fresh water in the whole trail. There is others tracklogs over the internet marking fresh water near the camping site, but I couldn’t find it. So, if you go there, go prepared and bring water. Don’t leave trash and don’t do fires. Be respectful with the locals.
abrigo

Casa

House
Waypoint

Cerca

Fence
Waypoint

Placa kkkkkk

Funny Plate
panorama

Mirante

View point
Interseção

Bifurcação para o mirante

Intersection to the view point
Interseção

Bifurcação pegar a esquerda

Intersection, take the left
panorama

Mirante em cima da pedra

View point above the rock
pico

Pedra Cume

Summit Rock
camping

Acampamento

Camping spot
Interseção

Bifurcação onde encontra a trilha que vem do salto

Intersection with another trail

4 comentários

  • Foto de jeisonvoss

    jeisonvoss 15/abr/2020

    Sabe dizer qual o nome do morador para pegar autorização??

  • Foto de eduardowck

    eduardowck 15/abr/2020

    Não sei dizer... o local de começo da trilha tem algumas casas, como ninguém vai lá além dos moradores certamente eles irão te abordar quando chegar... não sei se é recomendável agora em tempos de quarentena.

  • Foto de rtjunior

    rtjunior 22/mai/2020

    Parabéns pela descrição da trilha, certamente a mais detalhada que já vi! Realizei essa trilha por Botuvera. Por acaso tem outras trilhas para indicar?

  • Foto de eduardowck

    eduardowck 23/mai/2020

    Fico feliz pelo comentário amigo! Já deu uma olhada no meu perfil aqui no wikiloc? Tem bastante trilha... só tomar cuidado nesse momento com acessos fechados e proprietários que podem não querer a presença de montanhistas por enquanto. Boas trilhas!!

Você pode ou esta trilha