Horas  3 horas 45 minutos

Coordenadas 702

Uploaded 9 de Dezembro de 2014

Recorded Novembro 2014

  • Rating

     
  • Information

     
  • Easy to follow

     
  • Scenery

     
-
-
1.436 m
914 m
0
0,6
1,3
2,59 km

Visualizado 1980 vezes, baixado 65 vezes

próximo a Casa das Pedras, Paraná (Brazil)

CARACTERÍSTICAS DO MORRO
O Morro Mãe Catira é conhecido por ser o ponto mais alto da Serra da Farinha Seca. Esta serra é em geral chamada erroneamente de Serra da Graciosa, devido a estrada homônima que passa por sua extremidade norte. Através do Mãe Catira, acessa-se também o Morro do Sete, e o Morro do Polegar (bifurcação antes do cume)

Não há visual do cume, porém nos campos de altitude no final da subida há várias clareiras onde é possível observar o planalto, o Anhangava e Serra da Baitaca mais ao sul e ao norte a parte sul da Serra do Ibitiraquire. Para oeste ficam os munícipios de Quatro Barras e Campina Grande do Sul. No dia que subimos, porém, o tempo estava bem encoberto, como é costumeiro na região.

ACESSO
O acesso a trilha é feito através da Estrada da Graciosa. No final da subida da estrada, há uma placa que indica a "Casa de Pedra". Através da Picada do Alemão, chega-se tranquilamente de veículo de passeio, a tal casa de pedra, e em um dos sítios ao lado é possível estacionar o veículo, por uma taxa de 10,00 R$ no dia que fomos. O dono do sítio também trabalha com belos entalhes em madeira, aos que se interessarem, e está doando filhotes de cachorro. A entrada da trilha é dentro do sítio em questão.

ORIENTAÇÃO
A trilha é bem sinalizada, graças a um trabalho realizado em 2013 pelo Clube Paranaense de Montanhismo (CPM) e PARNA Saint-Hilaire/Lange, contando também com a particpação da Associação Montanhistas de Cristo ( http://blogdaamc.blogspot.com.br/2013/02/curso-de-sinalizacao-em-trilhas-mae.html )
Esta sinalização segue o padrão do ICMBio proposto por Pedro Cunha Menezes, contando com setas amarelas pintadas em árvores e rochas que indicam o caminho de ida, e setas brancas indicando o retorno.

A TRILHA
A trilha supostamente não é muito frequentada, e a vegetação começa a tomar conta de alguns pontos da trilha, devido também provavelmente a estação do ano. Mesmo assim, a trilha principal é bem visível, podendo no máximo haver um pouco de confusão nos campos próximo ao cume, devido ao grande número de trilhas secundárias.

A maior parte da trilha passa por trechos com raízes muito expostas, com bastante escalaminhada utilizando as mesmas. É bem semelhante ao trecho conhecido como "Vale Encantado" da "Pico Paraná Highway".

Na época, haviam vários animais na trilha, especialmente aves, anfíbios e aranhas (havia uma caranguejeira morta no cume).

DIFICULDADE
Considerando a orientação fácil, e a subida puxada escalaminhando raízes, classifico esta trilha como "Moderada".
Neste ponto, a bifurcação leva ao cume do Mãe Catira, ou ao Morro do Polegar.
Melhor ponto de acampamento identificado. Acomoda duas barracas pequenas, ou uma média (4 pess.)
Identificável pelo marco deixado no local Ponto mais alto da Serra da Farinha Seca
Ponto de água razoavelmente confiável, riacho com quedas d'água e pontos de banho

2 comentários

  • Foto de gvogetta

    gvogetta 14/mar/2018

    I have followed this trail  View more

    Há que se ter atenção, principalmente na DESCIDA (voltando do cume do Pico Mãe Catira) à bifurcação existente na trilha que desce pro Morro Polegar.
    Houve novo caso de gente perdida ali, pois a trilha - ao descer, faz parecer natural sair à esquerda, quando na verdade deve-se seguir à direita. Tenho ciência de pelo menos 4 casos em que o pessoal passa "reto" na descida e quando se dá conta está no riozinho do vale entre o Mãe Catira e Polegar, cuja trilha por sinal está fitada em amarelo, mesma cor da trilha do Mãe Catira.
    Atentar também que esta tracklog é base para acesso ao Pico do Sete.
    No mais, bela descrição e capricho na postagem, como sempre.

  • Foto de carlos steinhoefel

    carlos steinhoefel 16/mai/2018

    Essa trilha tá bem fechada. Fui a um mês e pouco lá. Pense numa volta sofrida. Aquela subidinha dos sete pro mãe Catira judiou num dia quente.
    A Vista no sete é bem linda.
    Não é uma montanha pra ir sem conhecer. Fui com um amigo.
    Foi cansativo mas muito legal.

You can or this trail