Horas  7 horas 33 minutos

Coordenadas 2124

Uploaded 14 de Novembro de 2017

Recorded Novembro 2017

-
-
530 m
168 m
0
3,1
6,3
12,51 km

Visualizado 329 vezes, baixado 18 vezes

próximo a Flor da Rosa, Coimbra (Portugal)

Regresso à Serra da Lousã, num percurso recheado de pontos de interesse.
Com inicio no centro da Lousã, junto ao painel informativo do PR1 "Rota dos Moinhos" instalado no largo do Município, percorremos inicialmente as ruas do centro desta vila com destaque para a passagem pela Igreja Matriz e pela capela da Misericórdia, este inicio de percurso urbano termina junto à fábrica de papel do Prado ainda em funcionamento e aqui inicia o trilho em terra batida.
Inicialmente o trilho segue junto ao muro da fábrica e depois por caminho junto a uma levada, provavelmente construída para abastecer a referida fábrica, quando terminar esta levada temos duas alternativas, virar à direita passar a ponte da Ribeira de São João e seguir em direcção às grutas e Santuário de Nª Sr.ª da Piedade (opção que escolhi) ou seguir junto à Ribeira até ao Castelo da Lousã. A opção que não escolher agora será aquela por onde virá no regresso.
Como seguimos em direcção ao Santuário apanhamos uma ligeira subida através de uma mata com uma vegetação interessante, passamos por um cruzeiro antes de chegar ao Santuário, local junto à Praia Fluvial existente, onde estivemos bastante tempo a descobrir e visitar este local de culto.
Daqui descemos à Praia Fluvial, subimos em direcção ao Castelo da Lousã e viramos à direita para a aldeia do Talasnal, local do inicio do PR2 "Rota das Aldeias de Xisto" agora seguimos um caminho em terra sem qualquer dificuldade até à Hidroeléctrica existente junto à Ribeira.
A partir desta hidroeléctrica começa a grande dificuldade deste percurso, uma subida bastante íngreme até à aldeia do Talasnal, chegados a esta aldeia visita obrigatória pelas ruas e casas bem recuperadas onde existe bar, restaurante e casas para alugar.
Daqui, descemos em direcção à aldeia do Casal Novo, também recuperada mas sem qualquer tipo de estabelecimento comercial. Desta aldeia, Casal Novo, até ao Santuário Nª Sr.ª da Piedade ter cuidado com o caminho, é um caminho de floresta rodeado de mimosas e bastante largo, no entanto, como a descida é muito acentuada e com as folhas que existem no chão por vezes é bastante escorregadio, é nestas alturas que o bastão é uma preciosa ajuda.
Chegado novamente ao trilho do Santuário, esta parte do caminho é coincidente com o PR1, seguimos até ao Castelo pelo caminho anteriormente realizado e aqui viramos à esquerda para seguir novamente o PR1 "Rota dos Moinhos", descemos até à Ribeira e agora é seguir sempre junto a esta com várias passagens pela Ribeira ora para a margem esquerda ora para a margem direita, esta parte, caso exista muita precipitação ou no Inverno, poderá ser de difícil passagem, mas como nesta altura do ano a Ribeira apresenta-se praticamente sem água facilitou as travessias. Quando encontrarmos novamente a ponte que atravessamos inicialmente junto à levada é seguir o mesmo trilho até à Lousã, local onde inicia o percurso.
Esta rota é um percurso com muitos pontos de interesse por isso é para realizar devagar pois são muitos os locais para visitar e fotografar.
Apesar de ser um percurso sem muitas dificuldades, apenas com uma subida até ao Talasnal bastante íngreme é preciso ter algum cuidado na descida da aldeia do Casal Novo para o Santuário se o piso estiver molhado.
Como já disse anteriormente caso exista precipitação ou em dias de Inverno em que a Ribeira tenha muita água, no regresso poderá ser difícil atravessar a Ribeira pois a água pode chegar facilmente até aos joelhos, não sendo aconselhável seguir este trajecto, a alternativa, após o Castelo, é seguir o mesmo caminho que nos trouxe até ao Santuário, este sim, sem qualquer dificuldade.

Comentários

    You can or this trail