Horas  7 horas 42 minutos

Coordenadas 1285

Uploaded 13 de Janeiro de 2019

Recorded Janeiro 2019

  • Rating

     
  • Information

     
  • Easy to follow

     
  • Scenery

     
-
-
222 m
-6 m
0
1,9
3,9
7,77 km

Visualizado 701 vezes, baixado 62 vezes

próximo a Pantano do Sul, Santa Catarina (Brazil)

Trilha da Lagoinha do Leste - Morro da Coroa - Retorno pelo Pântano do Sul

Uma das trilhas mais gostosas da ilha: Lagoinha do leste. Praia, costões, montanha, lagoa, mar e mata nativa. Esses ingredientes estão todos juntos na Lagoinha do Leste, que esconde seu encanto entre os morros do sul da Ilha de Santa Catarina. Um dos últimos redutos de Mata Atlântica ainda preservadas da cidade. Uma das trilhas mais belas de Florianópolis.
Na década de 90 foi criado o Parque Municipal da Lagoinha do Leste, visando proteger um dos únicos ambientes remanescentes livres de ocupação efetiva. Atualmente, o lugar é procurado por moradores e visitantes que buscam desfrutar de um ambiente natural, bonito e tranquilho. Durante o caminho é possível observar diferentes estágios de regeneração e formações da Floresta Ombrófila Densa, que é um dos ecossistemas da Mata Atlântica.
Chegando na Praia da Lagoinha do Leste, a areia branquinha e o mar bravo de águas geladas são um convite a um mergulho. Surfistas costumam frequentar a praia em busca das ondas. Quem curte mais sossego pode ficar de molho na lagoa que tem a água mais quentinha e que dá o nome à praia, recuperando as energias para a caminhada da volta.

Uma das grandes atrações e o motivo de seu nome é sua lagoa em formato de um S de águas mais quentes e todo seu verde em volta. Já não espere uma praia deserta, já que ela tem sido cada vez mais frequentada por turistas e algumas pessoas acampadas por ali.

Este trajeto foi realizado através do acesso convencional do Pântano do Sul, pegando uma bifurcação para ir diretamente até o Morro da Coroa sem passar primeiramente pela praia. Atenção este caminho possui algumas bifurcações e caminhos que cruzam a trilha, recomenda-se atenção ou algum auxilio para se manter na trilha.

O Morro da Coroa é outro atrativo da trilha, possui um belo visual contemplativo do local. O Morro da Coroa se deve ao topo da formação rochosa que remete-se a vértices de uma coroa. É também neste morro que se encontra a a "famosa pedra do surfista" tão procurada para realização de fotos dando um aspecto de projeção sobre toda a praia da Lagoinha. No topo do morro, um local singular se apresenta, com as mais belas formações rochosas pontiagudas.

O morro tem uma ascensão máxima de 210m ao nível do mar é um trajeto que exige mais preparo físico e habilidade pois possui vários ponto de erosão e pedras soltas. Além da questão psicológica devido a sua altura e áreas de barrancos.
Possui uma descida curta, de aproximadamente 650m, não existe uma trilha propriamente dita, onde você consegue achar uma pedra pra te firmar e auxiliar na descida mas há um caminho mais usado que é fácil de identificar. Em alguns trechos é preciso fazer escalaminhada.
A descida até a praia foi realizada por essa descida do Morro da Coroa e após um banho de mar aproveitamos para nos banhar nas águas da Lagoa da Lagoinha.
O retorno foi realizado pelo acesso convencional da Trilha da Lagoinha do Leste pelo Pântano do Sul.

A trilha da Lagoinha do Leste, oficializada pela Lei Municipal nº 5.979/02, foi revitalizada para o deleite do turistas e visitantes locais.
A trilha que une o Pântano do Sul à praia da Lagoinha do Leste passou por uma ampla revitalização recentemente, que incluiu trabalho de manutenção das drenagens, a colocação de roletes de eucaliptos na função de escadas, além do plantio de árvores, colocação de novas placas e retirada de pedras que dificultavam a passagem.
A revitalização foi uma união de esforços entre o Programa Roteiros do Ambiente (PRA), uma parceria entre a Fundação do Meio Ambiente de Florianópolis (Floram), a Secretaria de Turismo, o Instituto Multidisciplinar de Meio Ambiente e Arqueoastronomia (IMMA), a Associação Coletivo UC da Ilha, o Instituto de Estudos Ambientais Trilheiros de Atitude (IEATA), o Instituto Çarakura e a Cooperativa Caipora.

Trilha realizada pelo grupo: Trilhas Floripa guiado pelo Leo Amazonas em 12 de janeiro de 2019.
Participantes: Dayanne, Johnny, Gustavo, Joara, Leonardo, Vanderli, Vandi, Igor, Ana Mierzejwski, entre outros trilheiros

Parque Municipal da Lagoinha do Leste – PMLL
O Parque Municipal Lagoinha do Leste foi criado em 1992 por intermédio da Lei Municipal nº 3.701/92 e Decreto Municipal nº 8.701, com objetivo de salvaguardar a paisagem natural, a fauna e a flora e proteger o manancial hídrico da Bacia Hidrográfica da Lagoinha do Leste. Localiza-se no Leste da Ilha de Santa Catarina, sendo que a área total do Parque é considerada como Área de Preservação Permanente.
O sistema viário do território da parque, compõe-se de caminhos e trilhas de pedestres trançadas sobre as partes menos frágeis da área e harmonizados com topografia existentes, preservando ao máximo a vegetação arbórea.
No primeiro semestre de 2011 foi autorizada pelo DEPUC a execução de um projeto de extensão do Núcleo de Estudos Ambientais – NEAmb, do Centro Tecnológico da UFSC, para efetuar estudos no Parque Municipal da Lagoinha do Leste visando subsidiar sua adequação ao SNUC, composição de conselho consultivo e elaboração de seu plano de manejo.
Estes trabalhos estão em andamento, sendo que os acadêmicos do NEAmb periodicamente entram em contato com o DEPUC para informação sobre o andamento dos trabalhos e estabelecimento de estratégias para atuação futura.
Principais Acessos: Marítimo e trilhas (Trilha do Matadeiro e Trilha do Pântano do Sul).

Lembrem-se: NÃO FAÇA FOGUEIRAS: Ao acampar as fogueiras são proibidas em locais ambientalmente protegidos. A atividade enfraquece o solo e representa uma das grandes causas de incêndios florestais. Ao cozinhar utilize fogareiro, para iluminação use lanterna e para se aquecer, basta ter a roupa adequada ao clima do local que se está visitando.
Evite desmoronamentos ao entrar e sair de rios, e também não jogue nada neles; Não entre acompanhado de animais de estimação.
Muita atenção ao horário de retorno (variável de acordo com a estação), leve SEMPRE lanterna e baterias sobressalentes; Lembre-se: em ambientes naturais há riscos de diversos acidentes e a fadiga pode favorecê-los. Ao atravessar ou banhar-se em rios e cachoeiras tenha consciência que os mesmos podem subir repentinamente. Isso pode gerar situações perigosas, ilhando ou até arrastando as pessoas.
NUNCA deixe nenhuma forma de lixo nas trilhas ou montanhas, recolha o lixo que encontrar se for possível.
Toda trilha possui seu esforço é importante conhecer seus limites. E ALONGUE-SE!
Respeite a natureza!
Preservemos a beleza natural do mundo.
A felicidade verdadeira deve ser compartilhada!
Trilha lateral da direita acesso ao Dedo de Deus e Ponta da Felicidade
Praia da Lagoinha do Leste
Lagoinha do Leste
Vista Dedo de Deus
Ponta da Felicidade
Pedra do surf

12 comentários

  • Foto de Marcelo F Z Arruda

    Marcelo F Z Arruda 3/fev/2019

    I have followed this trail  verificado  View more

    Tudo certinho!

  • Foto de Johnny S

    Johnny S 5/fev/2019

    Obrigado pelo feedback Marcelo!
    Abraços e boas trilhas.

  • Foto de tiago.brazil

    tiago.brazil 24/fev/2019

    I have followed this trail  verificado  View more

    Mais uma trilha que sigo suas indicações e que da tudo certo... Essa em especial é a melhor maneira de fazer a trilha da Lagoinha do Leste e o Morro da Coroa... Achei excelente. Obrigado por compartilhar!! 🙏🏻

  • Foto de tiago.brazil

    tiago.brazil 24/fev/2019

    Aliás, vou seguir seu exemplo e não só consultar, mas começar a compartilhar os caminhos, e informações, para ajudar outros trilheiros também! Abraço

  • Foto de Luiz19841

    Luiz19841 25/fev/2019

    Muito show

  • Foto de Luiz19841

    Luiz19841 25/fev/2019

    A local seguro para deixar o carro ?

  • Foto de tiago.brazil

    tiago.brazil 25/fev/2019

    Sim, tem vários estacionamentos no início da trilha... 10 reais o dia todo

  • Foto de Johnny S

    Johnny S 25/fev/2019

    Olá tem sim.
    Obrigado pelo auxílio Tiago.
    Abraços e Boa Trilha.

  • Foto de feromes

    feromes 5/mar/2019

    I have followed this trail  View more

    A trilha está perfeita, fiz com minha família, uma criança de 9 anos e um de 12. Precisa tomar cuidado com a navegação depois de um curso dágua cheio de pedras. Ele pode confundir. Depois dele, quase chegando na pedra da Coroa fique com o GPS na mão. Pois a marcação da trilha não parece mais tão óbvia. Obrigada por compartilhar, proporcionou uma experiência singular e economizou as pernas do pessoal aqui.

  • Foto de Johnny S

    Johnny S 7/mar/2019

    Muito obrigado pela avaliação Feromes.
    Parabéns por compartilhar esta linda vivência com sua família.
    Abraços e boas trilhas.

  • Foto de Grazi Miotto

    Grazi Miotto 17/ago/2019

    Johnny, você acha seguro fazer essa trilha sozinha??

  • Foto de Johnny S

    Johnny S 18/ago/2019

    Olá.
    Sempre recomendo fazer a trilha acompanhado devido as inúmeros riscos que podemos ocorrer.
    Mas esta é uma trilha bem movimentada, tem bastante grupo e pessoas realizando, não chega a ser uma trilha isolada com bandidagem e sempre tem alguém circulando pela trilha convencional.
    Já o retorno pelo morro da coroa pose ser um retorno um pouco mais complexo de navegação e pouco utilizado e acaba tendo mais riscos de realizá-la sozinha. Então seria melhor realizar o acesso convencional.
    Caso resolva de fazê-la sozinha, acerque de dicas de segurança, tenho um telefone com carga para solicitar auxílio, praticamente todo o trajeto tem área de celular, avise amigos ou familiares do local a se visitar e horário pretendido. Tenha atenção dos riscos que te acercam ao seu redor, pessoas, terreno, condições climáticas. Se possível faça uso de celular com gps, pode utilizar o próprio wikiloc de forma gratuita, gravando sua trilha em caso de dúvida só retornar o próprio caminho que você já fez que estará gravado. Como disse é uma região tranquila com bastante circulação de pessoas e de moradores tambem, embora que nessa região já teve casos isolados de ataque a moças sozinhas, fique atenta.
    Abraços e boa trilha.

You can or this trail