Horas  uma hora 26 minutos

Coordenadas 613

Uploaded 1 de Fevereiro de 2019

Recorded Janeiro 2019

-
-
1.070 m
832 m
0
2,7
5,4
10,72 km

Visualizado 56 vezes, baixado 2 vezes

próximo a Itacambira, Minas Gerais (Brazil)

Trajeto misto desde o centro de Itacambira até a cachoeira de São Gonçalo. Primeira parte do percurso pode ser feita de carro ou moto, a segunda parte é feita a pé.

COMO CHEGAR:

Itacambira é um município na região norte de Minas Gerais, localizado no topo da Serra do Espinhaço. Dista 98km de Montes Claros, a principal cidade da região, acesso totalmente asfaltado. Em relação à Belo Horizonte, Itacambira está a 460km, acesso mais curto, que possui um trecho de 13km em estrada de terra, entre Guaraciama e Pau d'Óleo (Juramento)..

A TRILHA:
Saindo da parte central da pequena cidade de Itacambira, seguimos pela rua principal até começar o trecho de terra. A estrada está em boas condições até após o povoado de Vargem Grande, onde é preciso sair do estradão e entrar à esquerda, numa estradinha vicinal.

A estradinha está em condições medianas, é preciso cruzar algumas nascentes e o Ribeirão Sujo, que possui uma rasa lâmina d'água em condições normais. Após o Ribeirão é preciso tomar a esquerda nas duas próximas bifurcações e passar por uma tronqueira.
Depois da tronqueira a estradinha piora um pouco, ela atravessa o Córrego da Cachoeira de São Gonçalo, passa por uma tronqueira e segue até o ponto de estacionamento, onde começa o trecho a pé.

De frente ao ponto de "estacionamento" há um rancho, há espaço para deixar o veículo sem problemas. A trilha tem início logo em frente, margeando a cerca da propriedade. Em uma primeira bifurcação é preciso seguir à direita, na segunda tomamos à esquerda e logo saímos em uma tronqueira, próximo a um brejinho.

Após a tronqueira a trilha está suja e discreta, coberta com capim em boa parte. Depois de atravessar um trecho de campo cerrado, a trilha se embrenha na mata ciliar do Córrego da Cachoeira de São Gonçalo. Até a chegada ao leito do córrego a trilha está um pouco mais fechada e um facão pode ter alguma serventia.

Após chegar ao leito do córrego, basta subir rio acima até a chegada a cachoeira. São aproximadamente 500 metros neste trecho, em que é preciso pular pedras e troncos caídos. Para acessar o poço da cachoeira é preciso subir por uma "rampa" na rocha.

O poço tem um tamanho mediano, com muitas rochas no fundo, não aparentando ser muito profundo. É preciso ter atenção pois essa cachoeira só possui água corrente no período chuvoso, principalmente após chuvas fortes na cabeceira. Após uns dias de estiagem o córrego praticamente seca.

OBSERVAÇÕES:

- Trilha de dificuldade moderada, em virtude do trecho de trilha suja e pelo leito do córrego.

- Cachoeira com acesso livre e gratuito;

- Cachoeira com pouca vazão de água, o ideal é fazer a trilha após chover na cabeceira do Córrego;

- Sinal de celular no início da trilha;

- Não há qualquer tipo de infraestrutura no local, levar água e lanche;

- Disponibilidade de água somente no leito do córrego e durante o período chuvoso;

- Em virtude da trilha suja em alguns pontos, é recomendado o uso de facão para facilitar o acesso.
Estacionamento

Comentários

    You can or this trail