Horas  3 horas 19 minutos

Coordenadas 2761

Uploaded 20 de Fevereiro de 2016

Recorded Fevereiro 2016

  • Rating

     
  • Information

     
  • Easy to follow

     
  • Scenery

     
-
-
1.691 m
1.568 m
0
3,0
5,9
11,82 km

Visualizado 1279 vezes, baixado 25 vezes

próximo a Sabugueiro, Guarda (Portugal)

Que tristeza ver que o “nosso” Covão dos Conchos se tornou local de peregrinação. Não, não estou a dizer que as outras pessoas não têm direito de o visitar. Não, não estou super preocupado (mas quase) por a tranquilidade ter acabado. Preocupa-me que os supostos amantes da natureza destruam aquele lugar. Já se começa a ver lixo aqui e ali. Nem quero imaginar quando chegar a primavera… Espero que não aconteça o que aconteceu nos Passadiços do Paiva, em que os porcos dos portugueses, transformaram aquilo numa lixeira.
Vamos esperar que a moda passe.
Quanto à caminhada, foi espetacular. Temperatura 5 estrelas, o vento estava tranquilo e claro a deslumbrante paisagem, essa vai estar sempre lá, desde a Lagoa Comprida até ao Covão dos Conchos.
Ver todas as fotos

Ver o percurso animado

Informação:
Lagoa Comprida:

É a maior das lagoas serranas. A sua enorme massa foi aproveitada desde o início do século para a produção de eletricidade, tendo o paredão conhecido múltiplos alteamentos para aumento de capacidade. Na margem norte existe um caminho que segue pela sua orla, excelente acesso para um pequeno percurso que nos permite apreciar um meio aquático, a uma altitude onde os cursos de água não abundam. Este era um antigo glaciar com um quilómetro de extensão. Aproveitando o covão, iniciou-se em 1912 a construção da barragem. Em 1914 tinha uma altura de seis metros e em 1934 atingia os 15 metros. Atualmente, desde 1965, tem uma altura de 28 metros. É uma barragem do tipo gravidade, formada por três arcos de alvenaria de granito com 1200 metros de desenvolvimento. A albufeira tem a capacidade de cerca de 12 milhões de m3 de água e inunda uma área de 800.000 m2. Aí desaguam dois túneis: o do Covão do Meio, com 2354 metros que desvia a água das encostas da Torre e o do Covão dos Conchos com 1519 metros que desvia as águas da Ribeira das Naves.

Covão dos Conchos
Esta pequena barragem desvia as águas para a Barragem da Lagoa Comprida através de um túnel com 1519 m de comprimento.

Veja mais percursos que fizemos por aqui:
Lagoa Comprida - Vale do Rossim - Covão dos Conchos - Lagoa Comprida
Covão dos Conchos com neve
Entre o Vale do Rossim e as Penhas Douradas
Into the frzen wild
Nave da Mestra

View more external

É a maior das lagoas serranas. A sua enorme massa foi aproveitada desde o início do século para a produção de electricidade, tendo o paredão conhecido múltiplos alteamentos para aumento de capacidade. Na margem norte existe um caminho que segue pela sua orla, excelente acesso para um pequeno percurso que nos permite apreciar um meio aquático, a uma altitude onde os cursos de água não abundam. Este era um antigo glaciar com um quilómetro de extensão. Aproveitando o covão, iniciou-se em 1912 a construção da barragem. Em 1914 tinha uma altura de seis metros e em 1934 atingia os 15 metros. Actualmente, desde 1965, tem uma altura de 28 metros. É uma barragem do tipo gravidade, formada por três arcos de alvenaria de granito com 1200 metros de desenvolvimento. A albufeira tem a capacidade de cerca de 12 milhões de m3 de água e inunda uma área de 800.000 m2. Aí desaguam dois túneis: o do Covão do Meio, com 2354 metros que desvia a água das encostas da Torre e o do Covão dos Conchos com 1519 metros que desvia as águas da Ribeira das Naves.
LAP002
Esta pequena barragem desvia as águas para a Barragem da Lagoa Comprida através de um túnel com 1519 m de comprimento.

4 comentários

You can or this trail