Baixar

Distância

2,26 km

Desnível positivo

24 m

Dificuldade técnica

Moderada

Desnível negativo

90 m

Elevação máx

870 m

Trailrank

32

Elevação min

741 m

Tipo de trilha

Mão Única

Hora

47 minutos

Coordenadas

237

Enviada em

31 de maio de 2021

Registrada em

maio 2021
Seja o primeiro a aplaudir
Compartilhar
-
-
870 m
741 m
2,26 km

Visualizado 62 vezes, baixado 2 vezes

perto de Tibúrcio Miranda, Minas Gerais (Brazil)

Trajeto da rodovia BR-365 até a cachoeira do Macaco (também chamada de Mirandão). Parte do trajeto pode ser percorrida em veículo, o trecho final é a pé. LEIA A DESCRIÇÃO.

COMO CHEGAR:

A marcação começou a ser feita na saída da rodovia BR-365 (Uberlândia > Patrocínio), entrada para a estrada de terra que leva até as proximidades da cachoeira. O local está a aproximadamente 38km do centro de Uberlândia. O ponto de referência é a Igreja do Angico, que fica do lado oposto da rodovia.

A TRILHA:
Saindo da rodovia, entramos à direita em uma estrada de terra em boas condições. Seguimos pela estradinha até chegar próximo a uma tronqueira, quando viramos à esquerda em um caminho que vai margeando uma área de plantação. Seguimos por este caminho, acompanhando uma cerca, até o ponto em que acabam as árvores que estão à direita e há uma cerca divisória entre a área de pasto e a área de cerrado. Até este ponto é possível ir de carro. De moto dá pra seguir um pouco mais, embora o capim tenha tomado conta da trilha.

Passando pela cerca, seguimos uma trilha bem suja, tomada pelo capim que cresce sem controle no local. O caminho continua assim por alguma dezenas de metros, até sair dessa área de divisa do pasto e embrenhar no cerrado, aqui a trilha está mais limpa e fácil de seguir.

Mais abaixo no terreno, em vez de seguir a trilha mais batida que vai até um cafezal, tomamos à direita em um caminho discreto e um pouco sujo, que leva direto ao córrego Boa Vista. Em vez de atravessar o córrego, margeamos ele até encontrar a pinguela, por onde fizemos a travessia.

Do outro lado a trilha está mais consolidada, mas há diversas opções de caminho por se tratar, provavelmente, de uma área com trânsito de gado. A trilha segue margeando um barranco até o ponto onde é possível realizar a descida. Logo no início há um degrau forte, que demanda uma pequena desescalada para descer. A trilha segue em forte declive no meio da mata até se aproximar do córrego Boa Vista novamente. Daí segue em nível até o poço da cachoeira.

OBSERVAÇÕES:
- Trilha de dificuldade entre leve e moderada, o trecho de maior atenção é na descida do topo ao poço da cachoeira, onde há um degrau grande que exige uma pequena desescalada na ida e uma escalaminhada na volt;

- A cachoeira não está inserida em nenhuma unidade de conservação, sendo o acesso realizado por propriedade(s) particular(es). Aparentemente, não há nenhuma restrição de acesso, mas é sempre bom lembrar: respeite os moradores locais, não deixe lixo no local, deixe as porteiras/tronqueiras da forma como as encontrou, não faça fogueira.

- Não há qualquer tipo de infraestrutura no local ou nos arredores. Leve água e lanche para a atividade.
Waypoint

Acesso - Estrada de terra

Risco

Degrau - atenção

Waypoint

Esquerda

Interseção

Direita - trilha menor

Interseção

Direita - seguir cerca

Rio

Pinguela - atravessar córrego

Waypoint

Cerca - Trilha suja

Queda d'água

Cachoeira

Comentários

    Você pode ou esta trilha