Horas  uma hora 34 minutos

Coordenadas 309

Uploaded 28 de Abril de 2018

Recorded Abril 2018

  • Rating

     
  • Information

     
  • Easy to follow

     
  • Scenery

     
-
-
695 m
460 m
0
1,1
2,3
4,58 km

Visualizado 509 vezes, baixado 48 vezes

próximo a Sainte-Engrâce, Nouvelle-Aquitaine (France)

FOTOS DESTA E DE OUTRAS TRILHAS EM ”CAMINHANTES"

O desfiladeiro de Kakuetta, em francês Gorges de Kakouetta ou Kakuetta localizam-se nos Pireneus-Atlânticos, Região Nouvelle-Aquitaine, no território da Comunidade de Sainte-Engrâce, Província de Haute-Soule, no País Basco Francês, na parte ocidental do Pireneu.
O desfiladeiro foi concessionado e aberto ao público em 1967. São considerados um dos mais espectaculares da Europa que nos permitem desfrutar de um grande espetáculo natural. O desfiladeiro foi esculpido por milhares de anos devido à erosão causada pela água derretida após a última glaciação. O comprimento do desfiladeiro é de aproximadamente 2 km, as paredes verticais chegam até 300 metros de altura. Na secção conhecida como "Le Grand étroit", que significa "a grande angústia", as duas paredes estão separadas por apenas 3 metros de distância.
O Kakuetta nasce em Col de Urdaite ou Arrokogoiti no limite fronteiriço com Navarra, perto de Isaba. A garganta é um estreito desfiladeiro aberto em pedra calcária cheio de cavernas e cascatas. O desfiladeiro, perfurado pelo rio Uhaitza, está preparado para uma visita turística com pouco mais de 2 km em cada sentido. Um percurso por degraus em rocha e pontes permite a percorrer o desfiladeiro praticamente junto ao rio.
Ficamos surpresos por ter de pagar 6 Euros para entrar, mas acaba por ser compreensível para a sua manutenção e recursos de segurança disponibilizados – capacetes e sistema de comunicação de emergência a cada 500 m aproximadamente que funcionam como um walkie talkie. No caso de uma tempestade, um alarme soa para os caminhantes voltarem ao começo, antes da possibilidade de inundar a garganta. Está fechado de 15 de novembro a 15 de março, bem como em caso de fortes chuvas.
O percurso tem dois pontos atractivos principais: a cascata, que pode ser atravessada por trás, numa espécie de abrigo rochoso. A água sai de uma gruta de cerca de 40 m de altura. O outro ponto de interesse é a gruta, na qual também tem de se ter cuidado, não só pelos deslizamentos de terra, mas especialmente pelo piso de pedra escorregadia.

OBSERVAÇÕES:
Não é recomendável realizar este trilho em dias de chuva por perigo de piso escorregadio que pode provocar quedas. Mesmo em dias secos, é necessário tomar precauções na seção que anda sobre a rocha calcária, escorregadia com calçado molhado. Passadiços em piso de madeira preso a paredes de pedra podem também ser escorregadios.
É aconselhável usar calçado adequado, sola com boa aderência. As pessoas mais sensíveis ao frio devem usar algumas roupas quentes, mesmo no verão, se forem muito cedo ou na última hora (não deixam entrar depois das 17h), pois há muita humidade e pouco sol.

1 comment

  • DiogoHiker 26/mai/2018

    Obrigado pela partilha.
    Saudações !

You can or this trail