Tempo em movimento  2 horas 3 minutos

Horas  3 horas 9 minutos

Coordenadas 1623

Uploaded 7 de Junho de 2018

Recorded Junho 2018

  • Rating

     
  • Information

     
  • Easy to follow

     
  • Scenery

     
-
-
892 m
578 m
0
2,4
4,9
9,76 km

Visualizado 499 vezes, baixado 21 vezes

próximo a Vilarinho das Furnas, Braga (Portugal)

Decidimos iniciar este trilho na Portela do Homem, junto à milha XXXIV da Geira Romana. Inicialmente percorremos grande parte da Mata de Albergaria, através da Geira Romana, antiga via romana que atravessa esta Mata, este lugar fantástico é para apreciar, caminhar com calma pois a flora existente é unica no País.
Após passar pelas diversas pontes e visitar a casa da Albergaria saímos da Geira junto à milha XXXII e viramos à direita até chegar à ponte de Palheiros sobre o Rio Homem que fica bem junto ao inicio da Barragem de Vilarinho das Furnas, até este local o percurso é simples e sem qualquer dificuldade.
Agora na margem contrária do Rio lá fomos por um trilho de pé posto, com algumas subidas e descidas por entre uma vegetação mais densa e onde a beleza já não é a mesma.
Após percorrer cerca de 2km iniciamos uma subida bastante dura, por um trilho de pé posto mas bem definido, mas com alguma vegetação que dificultava a subida, este trilho só termina junto ao estradão de ligação ao posto de vigia.
Decidimos não fazer o desvio para o posto de vigia e quando chegamos ao estradão viramos à direita pelo caminho sempre a descer até ao inicio do percurso na Portela do Homem.
Este percurso não tem qualquer sinalização aconselha-se ao uso do GPS, é um trilho que enquanto percorre a Mata de Albergaria é fácil e de uma beleza única, como quisemos transformar este percurso circular decidimos subir pela encosta contrária, aqui a floresta é diferente e o trilho mais difícil de progressão e onde se encontra uma subida bastante dura.
No nosso caso a última subida ficou mais difícil uma vez que chovia com bastante intensidade.

2 comentários

  • Foto de rockabilico

    rockabilico 14/jan/2019

    I have followed this trail  verificado  View more

    O trilho pela mata faz-se muito bem e está bem sinalizado pelo mapa e GPs. Quando começamos o caminho de volta é necessário ter em atenção que depois de passar a ponte, o caminho é mais difícil e tem partes que a gravação não corresponde à realidade do caminho, dando indicação de que saímos do trail. No entanto basta seguir o caminho visível e facilmente recuperam o sinal. Essa parte é efetivamente mais difícil, com percursos mais perigosos, no entanto passamos por lugares absolutamente lindo.

  • Foto de CarlosPinto

    CarlosPinto 14/jan/2019

    Exatamente, este trilho tem locais fantásticos e realizado nos meses de maio ou junho a vegetação na subida, no retorno, apresenta cores fantásticas.
    As falhas na marcação, depende do GPS de cada equipamento, por vezes uma simples falha de GPS assinala saída da trilha, neste caso o trilho está bem definido no terreno
    Boas caminhadas.

You can or this trail