Coordenadas 497

Uploaded 3 de Setembro de 2016

Recorded Setembro 2016

-
-
156 m
132 m
0
1,2
2,3
4,66 km

Visualizado 630 vezes, baixado 4 vezes

próximo a Ingá, Paraíba (Brazil)

O Ramal de Campina Grande teve seu primeiro trecho entregue em 2 de outubro de 1907, entre a estação de Itabaiana e a cidade paraibana de Campina Grande, no entroncamento da linha Great Western que ligava Recife a Natal. O trecho de 164 km entre Campina Grande e Patos somente seria entregue ao tráfego em 1958, e era justamente esta a linha que ligava o Nordeste Ocidental ao Oriental, ou seja, o Ceará ao resto do Brasil. O tráfego de passageiros no ramal foi desativado nos anos 1980.

Pontos da Trilha:

A estação de Ingá foi inaugurada em 1907 pela Great Western, no trecho Itabaiana-Campina Grande. A estação foi tombada pelo Patrimônio Histórico e Artístico do Estado da Paraíba (IPHAEP), em 2001.A construção compreende 91 m² de área coberta.

Ponte de ferro sobre o Rio Ingá, ou Rio Bacamarte, como é conhecido na região. A ponte fica próxima do cruzamento com a rodovia PB-066, foi construída no prolongamento da linha férrea de Itabaiana/PB a Campina Grande/PB, essa obra de expansão da linha férrea durou de 1904 até1907, sendo construída por engenheiros ingleses da GWBR (Great Western of Brazil Railway), entre os anos de 1906 e 1907 e inaugurada em 2 de outubro de 1907. Todo o material metálico foi construído e trazido da Inglaterra e posteriormente a mesma foi montada no local onde hoje ela se encontra e possui extensão de 20 metros.

A Pedra do Ingá é um monumento arqueológico, identificado como "itacoatiara", constituído por um terreno rochoso que possui inscrições rupestres entalhadas na rocha, localizado no município brasileiro de Ingá no estado da Paraíba. A Pedra do Ingá entra para o Rank Brasil em 2013 como o Primeiro monumento arqueológico tombado como patrimônio nacional. O sítio arqueológico está numa área privada que foi doada ao Governo Federal e posteriormente tombada em 29 de maio de 1944 pelo extinto Serviço de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (atual IPHAN). Acesse também o Blog da Pedra do Ingá: http://pedradoinga.blogspot.com.br/

Ponte ferroviária sobre o rio Paraíba, em Guarita (Itabaiana/PB), a ponte sobre o Rio Paraíba, chama-se "Ponte de Guarita", por ficar próximo ao distrito de Guarita, e pouco antes da antiga estação de Lauro Muller, que foi demolida há alguns anos, tendo a mesma uma extensão de aproximadamente 150 metros.
Waypoint

Estação Ferroviária do Ingá/PB

O Ramal de Campina Grande teve seu primeiro trecho entregue em 2 de outubro de 1907, entre a estação de Itabaiana e a cidade paraibana de Campina Grande, no entroncamento da linha Great Western que ligava Recife a Natal. O trecho de 164 km entre Campina Grande e Patos somente seria entregue ao tráfego em 1958, e era justamente esta a linha que ligava o Nordeste Ocidental ao Oriental, ou seja, o Ceará ao resto do Brasil. O tráfego de passageiros no ramal foi desativado nos anos 1980. Pontos da Trilha: A estação de Ingá foi inaugurada em 1907 pela Great Western, no trecho Itabaiana-Campina Grande. A estação foi tombada pelo Patrimônio Histórico e Artístico do Estado da Paraíba (IPHAEP), em 2001.A construção compreende 91 m² de área coberta. ​ Ponte de ferro sobre o Rio Ingá, ou Rio Bacamarte, como é conhecido na região. A ponte fica próxima do cruzamento com a rodovia PB-066, foi construída no prolongamento da linha férrea de Itabaiana/PB a Campina Grande/PB, essa obra de expansão da linha férrea durou de 1904 até1907, sendo construída por engenheiros ingleses da GWBR (Great Western of Brazil Railway), entre os anos de 1906 e 1907 e inaugurada em 2 de outubro de 1907. Todo o material metálico foi construído e trazido da Inglaterra e posteriormente a mesma foi montada no local onde hoje ela se encontra e possui extensão de 20 metros. ​ A Pedra do Ingá é um monumento arqueológico, identificado como "itacoatiara", constituído por um terreno rochoso que possui inscrições rupestres entalhadas na rocha, localizado no município brasileiro de Ingá no estado da Paraíba. A Pedra do Ingá entra para o Rank Brasil em 2013 como o Primeiro monumento arqueológico tombado como patrimônio nacional. O sítio arqueológico está numa área privada que foi doada ao Governo Federal e posteriormente tombada em 29 de maio de 1944 pelo extinto Serviço de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (atual IPHAN). Acesse também o Blog da Pedra do Ingá: http://pedradoinga.blogspot.com.br/ ​ Ponte ferroviária sobre o rio Paraíba, em Guarita (Itabaiana/PB), a ponte sobre o Rio Paraíba, chama-se "Ponte de Guarita", por ficar próximo ao distrito de Guarita, e pouco antes da antiga estação de Lauro Muller, que foi demolida há alguns anos, tendo a mesma uma extensão de aproximadamente 150 metros. ​​

Comentários

    You can or this trail