Horas  9 horas 35 minutos

Coordenadas 2128

Uploaded 27 de Setembro de 2016

Recorded Setembro 2016

  • Rating

     
  • Information

     
  • Easy to follow

     
  • Scenery

     
-
-
380 m
-4 m
0
9,0
18
35,94 km

Visualizado 2379 vezes, baixado 243 vezes

próximo a Olveiroa, Galicia (España)

FOTOS DESTA E DE OUTRAS TRILHAS EM ”CAMINHANTES"
O Caminho Francês é a rota das estrelas, é o Caminho de Santiago por excelência. Partindo de Saint Jean Pied de Port, é uma viagem de quase 800 quilómetros até o oeste, com a Via Láctea que acompanha, desde o céu, a essência de uma rota milenar na terra… até Santiago de Compostela.
Como a rota é muito extensa, necessitando de 32 dias para a percorrer a proposta é dividir o Caminho Francês em três fases, um em cada ano, isto é, começar no ano de 2014 e terminar no ano de 2016.

Ano 2014
Saint Jean Pied de Port – Burgos (287,5 Kms)
Ano 2015
Burgos – Ponferrada (282,5 Kms)
Ano 2016
Ponferrada – Santiago de Compostela (216 Kms)
Santiago de Compostela – Finistera (91 Kms)

As etapas do 1º ano:
1ª Etapa: Saint Jean Pied de Port - Roncesvalles 
2ª Etapa: Roncesvalles - Zubiri 
3ª Etapa: Zubiri - Pamplona/Iruña 
4ª Etapa: Pamplona/Iruña - Puente la Reina/Gares 
5ª Etapa: Puente la Reina/Gares - Ayegui 
6ª Etapa: Estella/Lizarra - Torres del Río 
7ª Etapa: Torres del Río - Logroño 
8ª Etapa: Logroño - Nájera 
9ª Etapa: Nájera - Sto. Domingo de la Calzada 
10ª Etapa: Sto. Domingo de la Calzada - Belorado 
11ª Etapa: Belorado - Agés 
12ª Etapa: Agés - Burgos 

As etapas do 2º ano:
13ª Etapa: Burgos - Hontanas 
14ª Etapa: Hontanas - Boadilla del Camino 
15ª Etapa: Boadilla del Camino - Carrion de los Condes 
16ª Etapa: Carrion de los Condes - Terradillos de los Templarios 
17ª Etapa: Terradillos de los Templarios - Bercianos del Real Camino 
18ª Etapa: Bercianos del Real Camino - Reliegos 
19ª Etapa: Reliegos - León 
20ª Etapa: León - San Martin del Camino 
21ª Etapa: San Martin del Camino - Astorga 
22ª Etapa: Astorga - Foncebadón 
23ª Etapa: Foncebadón - Ponferrada 

As etapas do 3º ano:
24ª Etapa: Ponferrada - Villafranca del Bierzo
25ª Etapa: Villafranca del Bierzo - Laguna de Castilla
26ª Etapa: Laguna de Castilla - Triacastela
27ª Etapa: Triacastela - Sarria (Por Samos)
28ª Etapa: Sarria - Portomarín
29ª Etapa: Portomarín - Palas de Rei
30ª Etapa: Palas de Rei - Arzúa
31ª Etapa: Arzúa - O Pedrouzo
32ª Etapa: O Pedrouzo - Santiago de Compostela
Epílogo a Finisterre
33ª Etapa: Santiago de Compostela - Negreira
34ª Etapa: Negreira - Olveiroa
35ª Etapa: Olveiroa - Cabo Finisterre

35ª ETAPA (OLVEIROA - FINISTERRE)


Alvorada bem cedo, hoje teríamos de caminhar mais 36kms até Faro de Finisterre… Saímos do albergue deixando pouco depois a estrada asfaltada, viramos à esquerda, atravessamos o ribeiro e seguimos por um caminho até o embalse do Castrelo. Ainda de noite não pudemos apreciar a beleza da albufeira do Castrelo e margens do Rio Xallas… Continuamos descendo para o lugar de Vao de Ripas, onde cruzamos o Rio de Hospital por uma ponte de pedra, pouco depois entramos em Logoso, aldeia situada na encosta do Monte Castelo. Atravessamos este pequeno lugar e seguimos para a aldeia de Hospital, onde junto à estrada CP-3404 paramos no último ponto de abastecimento antes de Cee que fica a 15kms de distância. Convém comer e abastecer de água ou sandes para os próximos quilómetros… Já com o reforço da manhã seguimos caminho, pouco depois tínhamos o marco que marca a bifurcação do caminho: à esquerda segue para Finisterre; à direita segue para Muxía. Algumas fotos para assinalar o momento e seguimos em direção a Finisterre, passando pelo cruzeiro de Marco do Couto, ermida de Nª Sª das Neves, ermida de San Pedro Mártir no Monte de Lousado. Começamos a descer já com vistas da Ria de Corcubión até às localidades de Camiños Chans e Cee. Entramos em Cee, seguimos em direção à marginal e depois ao centro passando pela Igreja de Santa Maria de Xunqueira do Sec. XVI. Aproveitamos a grande oferta de serviços da cidade para almoçar. Um agradecimento à simpatia do funcionário da esplanada que nos deixou fazer umas sandes com as compras do supermercado Gadis em troco do consumo de bebidas. Fizemos uma longa pausa, enquanto os diversos peregrinos iam passando, nós apreciávamos o movimento da praça. Já restabelecidos seguimos para Corcubión atravessando a localidade pelo traçado original, pela rua de San Marcos, onde fomos à igreja de San Marcos para colocar um “sello” na credencial e seguimos para a aldeia de Vilar e Sardiñeiro. Deixamos esta localidade por um agradável troço que foi Caminho Real que termina no miradouro sobre Finisterre e o Cabo. Desde aqui pode-se ver o Cabo de Finisterre banhado pelo Oceano Atlântico. Começamos a descer para Calboa, aqui seguimos pelo extenso areal de Langosteira, o caminho oficial segue pelas dunas. A acesso a Finisterre faz-se pelo Bairro de San Roque, passa-se junto à cruz de Baixar, um cruzeiro de granito do Sec. XVI. Num dos lados está representado Cristo crucificado e dos outro, Maria Imaculada com o filho Jesus. Pela Rua de Santa Catarina chega-se à Rua Real, onde está o albergue público, aí levantamos a nossa FISTERRANA!!! Prova de conclusão do Epílogo a Finisterre. Mas este não é o fim do caminho, agora vamos subir até ao Cabo de Finisterre! Seguimos pelo casco antigo, passamos junto à capela de Nª Sª do Buen Suceso, igreja barroca de 1743 situada na praça de Aro Solis. Seguimos pela estrada de acesso ao Faro, passamos junto da Igreja de Santa Maria das Areas com origem no Sec. XII. Alberga a talha gótica de Cristo de Finisterra, uma imagem envolta em lendas. A ascensão é progressiva ao longo da berma da estrada, a meio passamos por uma moderna escultura de um peregrino medieval. O Marco dos 0 (zero) quilómetros dá-nos as boas vindas ao Farol. Foi construído em 1853 com base no desenho de Félix Uhagón. O edifício da entrada se conhece como La Sirene e é de 1889. Aí se aloja o Centro de Informação Turística, gerido pela Associación Neria de la Costa da Morte, onde colocamos o último “sello”. Imortalizamos o momento com várias fotos no marco zero kms e na bota! A nossa aventura até ao final da terra estava prestes a terminar, ficamos a apreciar a imensidão do oceano… e a congratularmo-nos pelo feito.
Caminho Francês e Epílogo a Finisterre concluidos!
Começamos em Saint Jean Pied de Port, no ano 2014, continuamos em 2015 desde Burgos e concluímos agora o último ano que nos levou desde Ponferrada até Santiago de Compostela e ao Cabo de Finisterre. Foram quase 900kms de paisagens de grande beleza, de vestígios de construções medievais ou romanas, pequenas igrejas e grandes catedrais... O contacto com as pessoas foi o melhor desta vivência, descobri muita coisa sem estar à procura de nada... Uma experiência marcante! Sinto-me agradecido! Até à próxima peregrinação “camiño”!

4 comentários

  • Foto de fernandapacheco

    fernandapacheco 27/set/2016

    I have followed this trail  View more

    Etapa longa mais recompensada pela beleza da costa da morte. A nossa aventura estava prestes a terminar, já tinha-mos a Fisterrana, no marco zero tira-mos várias fotos para imortalizar o momento, junto à bota ficamos a apreciar a imensidão do oceano… e a congratularmos-nos pelo feito.

  • PicosAlpinos 5/out/2016

    Está nos próximos planos! Obrigado pela partilha.

  • Emilio Arrabal 22/set/2018

    I have followed this trail  verificado  View more

    El texto informativo es fiel a la realidad q encuentras en la ruta.

  • Foto de Caminhantes

    Caminhantes 22/set/2018

    Hola Emilio Arrabal!
    Me alegro que te haya gustado...
    Gracias por tu comentario y valoración.
    Un saludo.

You can or this trail