Horas  um dia 3 horas 58 minutos

Coordenadas 3272

Uploaded 11 de Julho de 2017

Recorded Julho 2017

  • Rating

     
  • Information

     
  • Easy to follow

     
  • Scenery

     
-
-
2.368 m
862 m
0
6,0
12
23,94 km

Visualizado 3127 vezes, baixado 165 vezes

próximo a Cordiñanes, Castilla y León (España)

FOTOS DESTA E DE OUTRAS TRILHAS EM ”CAMINHANTES"

Voltamos aos Picos da Europa, desta vez para percorrer parte do maciço central com o objetivo de pernoitar no Refúgio de Collado Jermoso e disfrutar do famoso e espetacular pôr-do-sol…no dia seguinte tínhamos planeado a pernoita no mítico Refúgio da Cabaña Verónica mas as previsões meteorológicas de chuva e trovoadas para o fim-de-semana obrigaram a alterar os planos. Decidimos realizar o percurso em dois dias e pernoitar em Cordiñanes na Pension El Tombo.

Saímos de Paredes às 5:30h da manhã e com uma paragem a meio chegamos a Cordiñanes já perto das 13:00h locais. Depois de um almoço ligeiro iniciamos o trilho no Aparcamento de Cordiñanes. Desde Cordiñanes o caminho começa a subir com dureza, 500 metros à frente, fica estreito e progredimos por uma parede vertical com a ajuda de cordas já existentes na rocha, não aconselhável aos mais receosos ou que sofram de vertigens. Passado este troço mais complicado (que na realidade parece mais do que é) entramos num bosque “encantado” - Hayedo de Asotin, e sempre a subir vamos ganhando altura até à tranquila Vega de Asotín (1400m), já vencemos um desnível positivo de 600m em 3kms. Depois de uma pequena pausa continuamos pela esquerda para subir em zigue-zague uma pendente muito marcada até ao Collado Solano, aqui fizemos outra pequena pausa para contemplar as majestosas panorâmicas. O caminho continua estreito e inclinado ao longo das encostas rochosas pela travessia de Congosto, é um bonito troço com bonitas panorâmicas da Torre Jermosa, depois de uma suave descida volta a virar à esquerda e entramos num canal muito ingreme que acaompanha o curso do Argayo Congosto, onde foi necessário recorrer a escalada para progredir estes últimos 500 metros e vencer um desnível positivo de 400 metros. Troço difícil para os que não gostam de se expor a riscos iminentes! Finalizada esta subida em “trepada” chegamos ao incrível Collado Jermoso com o seu mítico refúgio… O percurso foi realizado sem chuva, embora com trovoadas dispersas ao longe, mas pouco depois de chegarmos ao refúgio começou a chover intensamente e a trovejar, pensávamos que um dos nossos objetivos, vêr o pôr-do-sol, não iria ser concretizado… Para nossa agradável surpresa depois do jantar o céu ficou limpo e ainda foi possível apreciar um tímido pôr-do-sol.



O dia seguinte começou com o pequeno-almoço no refúgio, por volta das 8:30h deixamos o refúgio e seguimos por Las Colladinas em direção a Cabana Verónica. Aqui seguimos pela esquerda em direção a Collada Ancha. Os primeiros quilómetros são fáceis apesar de algumas subidas. O percurso está muito bem marcado com pontos vermelhos e mariolas (hitos). É necessário passar por duas colinas algo elevadas (Pico de Casares - 2352m), o que requer algum cuidado e uso das mãos para “escalar”. Ao longo do percurso, várias panorâmicas, simplesmente admiráveis e de magnitude espetacular… atingimos o ponto mais alto do do trilho (2434m) já bem perto da Cabana Verónica (2325m). À medida que nos aproximamos da Cabana Verónica atravessamos uma zona escarpada com várias fissuras onde se deve ter muito cuidado. O percurso termina junto ao refúgio com a passagem por uma crista de rocha polida em que o abismo impressiona os mais sensíveis às alturas, e que em dias de chuva pode ser muito perigoso. Chegamos à Cabana Verónica até aqui o caminho é de alguma dureza, mas a sensação é agradável… Várias fotos para perpetuar o momento e apreciar o mítico e pequeno refúgio. Depois do merecido reforço seguimos o “sendero”, agora sempre a descer, cruzamo-nos com vários pedestrianistas e alguns turistas que subiam a custo o caminho comum também aos Horcados Rojos. Inicialmente a descida é mais acentuada até La Vueltona (1935m), depois torna-se mais suave, chegados ao caminho de terra batida viramos à direita subimos ligeiramente até às antigas minas, ao fundo temos Hoyos de Lloroza. Iniciamos uma descida sem trilho marcado procurando a melhor progressão até ao caminho que vem de El Cable. Seguimos agora o trilho marcado com tinta vermelha em direção ao Canal de San Luis, o desnível a vencer aumenta cada vez mais…e já no canal vai ganhando ainda mais inclinação. Antes de atingir o topo do canal viramos à esquerda em direção ao Pico de San Carlos e pelas rochas seguimos para Colladina de Las Nieves. Paragem para o almoço, as panorâmicas são magníficas… Já com as forças recuperadas seguimos as mariolas nem sempre evidentes pelo acidentado percurso rochoso até ao caminho que vem do Collado Jermoso e virando à esquerda desce acentuadamente para Vega de Liordes. O local é magnífico pela amplitude e tranquilidade, impressionando pelo imenso verde entre picos rochosos… Aqui viramos à direita em direção a Riega de Asotin, no início é praticamente plano mas chega ao momento em que temos de descer o Canal de Asotin com 400 metros de pedras soltas até chegar a Vega de Asotin. Desde aqui descemos a Cordiñanes pelo mesmo caminho que tínhamos subido no dia anterior passando por Hayedo de Asotín e terminando no Aparcamento de Cordiñanes.



Realização: 7 e 8 Julho 2017
Pernoita: Refúgio de Collado Jermoso (2064m)
Percurso: Cordiñanes de Valdeón – Hayedo de Asotín – Vega de Asotín – Canal de Honda – Collado Solano – Argayo Congosto – Collado Jermoso – Las Colladinas – Collada Ancha – Tiro de Casares – Cabaña Verónica – La Vueltona – Canal de San Luis – Colladina de Las Nieves – Vega de Liordes – Canal de Asotin – Vega de Asotin – Hayedo de Asotín – Cordiñanes de Valdeón
Waypoint

APARCAMENTO DE CORDIÑANES

Waypoint

PANORAMA CORDIÑANES

Waypoint

HAYEDO DE ASOTIN

Waypoint

VEGA DE ASOTIN

Waypoint

COLLADO SOLANO

Waypoint

COLLADO JERMOSO

Waypoint

REFÚGIO COLLADO JERMOSO (2º DIA)

Waypoint

LAS COLLADINAS

Waypoint

TIRO DE CASARES

Waypoint

CABAÑA VERÓNICA

Waypoint

CRUZE PEÑA VIEJA

Waypoint

LA VUELTONA

Waypoint

VIRAR DIREITA

Waypoint

CANAL DE SAN LUIS

Waypoint

COLLADINA DE LAS NIEVES

Waypoint

DESCIDA VEGA DE LIORDES

Waypoint

VEGA DE LIORDES

Waypoint

CANAL DE LA SOTIN

Waypoint

VEGA DE ASOTIN

Waypoint

SAÍDA VIA FERRATA

2 comentários

  • DiogoHiker 11/jul/2017

    Já está nos meus favoritos...
    Obrigado pela partilha.

  • PicosAlpinos 15/jul/2017

    I have followed this trail  View more

    Excelente trilho, desfrutar do famoso e espetacular pôr-do-sol no Collado Jermoso é divinal... Pena não terem pernoitado na pequena e mítica Cabaña Verónica... aconselho vivamente. Saudações!

You can or this trail