Coordenadas 869

Uploaded 28 de Abril de 2018

Recorded Abril 2018

  • Rating

     
  • Information

     
  • Easy to follow

     
  • Scenery

     
-
-
1.309 m
617 m
0
2,2
4,4
8,85 km

Visualizado 1208 vezes, baixado 100 vezes

próximo a Etsaut, Nouvelle-Aquitaine (France)

FOTOS DESTA E DE OUTRAS TRILHAS EM ”CAMINHANTES"

Chemin de la Mâture (o caminho da madeira) é um caminho de 1200m talhado na parede da rocha sobre o Ribeiro de Secoue e as “Gorges D`Enfer”. O seu nome faz alusão aos trocos de madeira para a construção de mastros dos navios da armada francesa. A origem do caminho remonta a 1660, quando o Rei Luis XIV e seu Ministro Colbert decidem que a França devia dispor de uma grande frota de navios de guerra, e para a sua construção se devia recorrer, entre outros, aos bosques da região oeste pirenaica. Nessa zona contavam com árvores de grande qualidade e vias de comunicação até ao porto de Bayona (por isso se encontra o topónimo “Mâture” noutros lugares). Entre as zonas escolhidas encontrava-se o Bosque de Pacq, que precisava de uma via para flanquear o desfiladeiro das “Gorges d`Enfer”. Para isso foi talhado na parede rochosa um caminho para os bois passarem com os trocos dos pinheiros - o atual “Chemin de la Mâture”. Finalizado em 1772, o caminho esteve em uso até 1778, por ele passaram pinheiros que se converteram em mastros de navios (transportados pelo rio para Oloron) e vigas usadas para remos e eixos. Hoje o caminho forma parte da GR10 Pirenaico e nos seus muros existem varias vias de escalada (4c a 8a+). O seu itinerário permite disfrutar de panorâmicas sobre o desfiladeiro e contemplar o Forte de Portalet.

O trilho tem início na localidade de Etsaut, no parque superior, onde deixamos o carro no estacionamento. Optamos por este sentido do percurso, sentido dos ponteiros do relógio, subindo por Col d`Arras para descer o “Chemin de la Mâture” e poder contemplar as panorâmicas ao longo do desfiladeiro “Gorges d`Enfer”. Seguimos a estrada e viramos à direita por um estradão, pouco depois seguimos um caminho estreito… tivemos de atravessar um ribeiro de pedra em pedra, deve-se ter cuidado com as pedras escorregadias e evitar dias de grande precipitação! Agora o caminho de pedra até parece uma calçada romana, passamos pelo café Beloute (estava fechado), continuamos a subir até Bois de Bieus (altitude 1260m) e daqui seguimos até Col d`Arras (altitude 1285m) e começamos a baixar até Esterous (altitude 1235m). Viramos acentuadamente à direita, agora a descida torna-se mais acentuada até ao desvio para a Pont de Trungas. São 150 metros de trilho até ao Ribeiro de Secoue e outros tantos para o regresso, lá fomos e aproveitamos a margem do ribeiro para a pausa de almoço. Já de estômago aconchegado seguimos o percurso em direção à Cabana de Perry e pouco depois estávamos no “Chemin de la Mâture” propriamente dito. O trilho encaixa-se na parede da rocha onde o caminho foi esculpido, com 1 a 2 metros de largura, que noutros tempos permitiu o transporte de trocos de pinheiro ao longo do desfiladeiro, é uma rocha muito polida e por isso muito escorregadia em tempo de chuva ou neve. À medida que vamos descendo o “Chemin de la Mâture” as panorâmicas do desfiladeiro são magníficas, mais abaixo temos a vista sobre o Forte de Portalet, agora o caminho vira quase 90º e entra num pequeno arvoredo até ao parque superior onde terminou o trilho circular “Chemin de la Mâture”.

OBSERVAÇÕES:
Não é recomendável realizar este trilho no inverno ou em dias de chuva por perigo de pedras escorregadias que podem provocar quedas.
O trilho apresentado reduz em 4kms o percurso com inicio em Etsaut, outra possibilidade é iniciar no parque da Pont de Cebers, aqui terá mais 2,5 kms do que este.

1 comment

You can or this trail