Tempo em movimento  2 horas 55 minutos

Horas  4 horas 5 minutos

Coordenadas 2703

Uploaded 24 de Março de 2018

Recorded Março 2018

-
-
222 m
109 m
0
4,0
8,1
16,19 km

Visualizado 461 vezes, baixado 32 vezes

próximo a Ponte, Santarém (Portugal)

Como estava impedido de sair durante a manhã, aproveitei a tarde para conhecer a ribeira da Beselga, a Azulada e os Moinhos da Pena. A ribeira de águas límpidas mostra a flora subaquática do seu leito com um tom de verde muito belo. A água reflete um tom azul vivo. O vale da ribeira é de origem fluviocársica apresentando arribas calcárias com algumas pequenas grutas. A vegetação é fundamentalmente de salgueiros e freixos. Nos espaços de cultivo existem oliveiras centenárias.
A cascata da Azulada é muito bonita e merece a visita.
Caminha-se para montante sempre à beira da ribeira, ouvindo o cantar da água, por um carreiro muito agradável. Existem 3 ou 4 pontes de madeira em mau estado mas passa-se. A ponte junto à Azulada é feita com duas asas de avião. Gostava de ter conhecido a história mas por ali não havia vivalma.
Segui ribeira acima para me dirigir ao último objetivo - os Moinhos da Pena. Quando tive necessidade de uma ponte tive que descalçar as botas e atravessar a vau.
Os moinhos da Pena são um conjunto vasto sobre uma colina constituindo o maior conjunto que eu já vi. Tive pena que não tenham sido conservados como moinhos e tenham sido transformados em casinhas de férias.
O regresso foi feito por um estradão recentemente aberto e não tem história.
Mais uma caminhada a solo mas muito agradável.

Comentários

    You can or this trail