Horas  7 horas 18 minutos

Coordenadas 2068

Uploaded 6 de Janeiro de 2020

Recorded Janeiro 2020

-
-
1.050 m
588 m
0
4,4
8,8
17,54 km

Visualizado 161 vezes, baixado 8 vezes

próximo a Aigra Nova, Coimbra (Portugal)

FOTOS DESTA E DE OUTRAS TRILHAS EM ”CAMINHANTES"

CAMINHOS DO XISTO DE GÓIS

O percurso realizado resulta da junção do PR1 GOI - Rota das Tradições do Xisto com o PR9 GOI - Trilho do Baile. É um percurso circular com aproximadamente 18kms, com início e fim na aldeia de Aigra Nova.

Aigra Nova é uma aldeia pertencente à freguesia e concelho de Góis, da qual dista 12 km. É a Aldeia do Xisto que se encontra a maior altitude. Aigra Nova divide-se em três pequenas ruas, que a atravessam.

A nascente e o clima ameno são propícios à prática agrícola e aos vastos pastos. Nesta aldeia viva há hortas, gado, burros e muitas atividades que prometem surpreender.
Inserido na rede de Aldeias do Xisto, este agrupamento de quatro aldeias do Concelho de Góis - Comareira, Aigra Nova, Aigra Velha e Pena – está integrado numa estrada panorâmica que as ligará ao Trevim, o ponto mais alto da Serra da Lousã (1204 metros de altitude), a Santo António da Neve e a outras aldeias situadas na vertente oposta da serra. É com os olhos postos no alto que se agradece a existência destas aldeias-memória e a sua recente e progressiva transformação em aldeias-futuro, a chamar para cada uma delas uma nova alma que as belíssimas pedras de xisto, por si só, não podem conter. É obrigatório parar aqui e deixar-se envolver pelo projeto do Eco-Museu Tradições do Xisto e visitar os seus diversos Núcleos. A simpatia é tão contagiante como é serena a paisagem. É bom saber que, no fundo destes vales, veados e javalis continuam a subsistir imperturbados, como que protegidos do mundo.

Estacionamos os carros na entrada da aldeia de Aigra Nova e seguimos o PR1 Rota das Tradições do Xisto pela rua da aldeia, no sentido anti-horário, e subindo o caminho antigo, passamos pela Fonte dos Bois, onde ainda hoje os pastores levam os rebanhos a beber água. A aldeia de Aigra Velha já não fica muito distante e, uma vez no topo do caminho, já avistamos as suas casas de xisto. Após passar na aldeia, seguimos pelo estradão do Parque Florestal da Oitava, o PR9 Trilho do Baile. Depois de passar alguns apiários chegamos ao parque de merendas da Oitava, seguimos um pouco para cima até à represa (Lagoa da Oitava).

Voltamos ao parque de merendas e seguimos novamente o estradão florestal. Alguns metros à frente, à nossa esquerda, descemos um caminho de pé posto. Passamos junto a castanheiros e azevinhos e, depois da linha de água, que atravessamos por uma ponte de cimento, subimos até à aldeia dos Povorais, a mais alta do concelho e a mais próxima dos Penedos de Góis. Aproveitamos as mesas aí existentes e a sua fonte para almoçar.
Depois do almoço e do café da “praxe” seguimos pela esquerda, logo à saída da aldeia, antes de chegar à antiga escola primária, deixamos o PR9 e seguimos pelo estradão corta-fogos em direção aos Penedos de Gois. Este desvio, que nos leva aos Penedos de Góis, é difícil, quer pelo acentuado declive que se percorre na sua ascensão, quer pela descida por estradões corta-fogos com muita pedra solta.

Mas lá fomos, sempre a subir, chegamos aos primeiros aglomerados rochosos dos Penedos de Góis. Percorremos os quatro penedos, percurso com caraterísticas técnicas difíceis, pois são várias as passagens que requerem atenção redobrada e destreza técnica para evitar quedas. O esforço é recompensado pelas magnificas panorâmicas do local.

De regresso ao PR9, começamos a vislumbrar a aldeia da Pena ao fundo, para onde temos de ir. Na descida passamos junto ao Penedo da Abelha, um local equipado para a prática da escalada. A Pena é também uma Aldeia do Xisto. Chegados à aldeia, junto à ponte sobre o Ribeiro da Pena, intersetamos o PR1, o qual seguimos novamente, ao longo da rua da aldeia. Saindo da aldeia por um carreiro que sobe a encosta passamos por formações rochosas muito interessantes. Uma vez chegados ao topo do monte conseguimos por vezes avistar a Serra da Estrela do Miradouro da Cordilheira Central.

Descendo agora por entre pinheiros, o PR1 leva-nos à aldeia da Comareira, mas nós optamos por passados 400 metros seguir por um caminho à esquerda, que encurta o percurso, em direção a Aigra Nova, local de termino deste percurso.

FICHA TÉCNICA
Realização: janeiro 2020
Percurso: Aigra Nova - Aigra Velha - Parque Florestal Oitava - Povorais - Penedos de Góis - Pena - Aigra Nova
Distancia: 17,6 km
Duração: 7h18min
Tempo em movimento: 4h47min
Tempo parado: 2h31min
Movimento médio: 3,7kms/h
Acumulado positivo: 1024m
Acumulado negativo: 1024m

FICHA TÉCNICA OFICIAL DO PR1 GOI - ROTA DAS TRADIÇÕES DO XISTO
Tipo de percurso: Circular de pequena rota
Extensão e Duração: 9,20 Km – 4 Horas
Grau de Dificuldade: Fácil - Nível 2 de 5
Âmbito do percurso: Histórico, ambiental, paisagístico e cultural
Época aconselhada: Todo o ano. No Verão, atenção ao calor. No Inverno atenção ao piso escorregadio em algumas zonas e às alterações repentinas da climatologia
Localização: Aldeias do Xisto de Góis
Ponto de Partida / Chegada: Largo da Quintã em Aigra Nova
Pontos de Interesse: Sede da Lousitânea, Ecomuseu Tradições do Xisto, Loja Aldeias do Xisto e Núcleo Asinino das Aldeias do Xisto, Poça dos Bois, Aigra Velha - Núcleo do Forno e Alambique da Família Claro, Açude e Levada antiga, Pena - Museu Particular da Família Neves, Penedo dos Corvos e Fonte dos Namorados

FICHA TÉCNICA OFICIAL DO PR9 GOI - TRILHO DO BAILE
Tipo de percurso: Circular de pequena rota
Extensão e Duração: 12,70 Km – 5 Horas
Grau de Dificuldade: Fácil - Nível 2 de 5
Âmbito do percurso: Histórico, ambiental, paisagístico e cultural
Época aconselhada: Todo o ano. No Verão, atenção ao calor. No Inverno atenção ao piso escorregadio em algumas zonas e às alterações repentinas da climatologia
Localização: Aldeias do Xisto de Góis
Ponto de Partida / Chegada: Aigra Velha
Pontos de Interesse: Aigra Velha - Núcleo do Forno e Alambique da Família Claro, Zona Protegida - Rede Natura 2000, Parque Florestal da Oitava, Povorais - Aldeia junto dos Penedos de Góis, Pena - Museu Particular da Família Neves, Levada, Aigra Velha - Final do percurso - Início da variante, Ponte sobre ribeira de Pena, Construção em xisto, Final da Variante - Povorais




Se gosta das nossas trilhas adicione a sua avaliação no final da página.
Obrigado pelo seu comentário e avaliação.

Si te gusta nuestras rutas haz tu propia valoración al final de la página.
Gracias por tu comentario y valoración.

If you like our trails, leave your own review at the end of the page.
Thank you for your comment and review.

A equipa Caminhantes
Waypoint

AIGRA NOVA

Waypoint

NÚCLEO DE INTERPRETAÇÃO AMBIENTAL

Waypoint

POÇA DOS BOIS

Waypoint

AIGRA VELHA

Waypoint

PARQUE FLORESTAL DA OITAVA

Waypoint

PARQUE MERENDAS OITAVA

Waypoint

LAGOA DA OITAVA

Waypoint

PONTE

Waypoint

POVORAIS

Waypoint

PENEDOS DE GÓIS

Waypoint

MARCO GEODÉSICO GÓIS

Waypoint

INTERSEÇÃO PR9

Waypoint

RIBEIRO DA PENA

Waypoint

PENA

Waypoint

MIRADOURO CORDILHEIRA CENTRAL

Comentários

    You can or this trail