Horas  10 horas 38 minutos

Coordenadas 5053

Uploaded 10 de Abril de 2018

Recorded Outubro 2017

-
-
411 m
327 m
0
7,5
15
29,93 km

Visualizado 1160 vezes, baixado 48 vezes

próximo a Chaves, Vila Real (Portugal)

Planeamos a nossa peregrinação de forma a ter muito tempo para viver o caminho, conversar com as pessoas que encontramos, fazer fotos... por isso as etapas oscilam em volta dos 20km. A mais longa foi mesmo esta travessia da fronteira, que em 30 km nos levou de Chaves a Verín, uma viagem pela Eurocidade. A Eurocidade Chaves-Verín, AECT (Agrupamentos Europeus de Cooperação Transfronteiriça), é composta pelo Município de Chaves (cerca de 41 mil habitantes), e o Município de Verín (cerca de 14 mil habitantes).

Para garantir uma viagem sem stress nem cansaço num dia que se adivinhava bastante quente, apesar de já estarmos em Outubro, impusemo-nos duas regras: sair bem cedo (pouco depois das sete já estávamos a caminhar) e fazer breves paragens de cinco em cinco quilómetros para descanso e alimentação. Resultou em cheio, assim vencemos sem qualquer dificuldade esses 30 km que são quase só asfalto, onde se não houver juízo quem sofre são... os pés!

Sem as belezas naturais dos dias anteriores, há assim mesmo vários interessantes monumentos pelo caminho, todos assinalados nos waypoints. Após um farto pequeno almoço no "Quarto Marrocos" lançámo-nos por Chaves dentro, novamente surpreendidos com tão rico e bem conservado património. Apesar de tão cedo, não faltavam cafés e pastelarias abertos e a servir - e claro que compramos pasteis de Chaves na maravilhosa Pastelaria Maria, onde se fabricam talvez os mais primorosos da cidade. E abre... às 5:00 da manhã!

A românica capela agora dedicada à Senhora da Azinheira foi a nossa primeira paragem, na rústica localidade do Outeiro Seco, mas depois segue-se... uma seca. Longas rectas , muito sol e muito asfalto na zona industrial. Só bem mais tarde uma estrada municipal nos levou a Vila Meã da Raia. Aldeia fantasma, só mesmo a carrinha da mercearia trouxe alguma vida. Aproximou-se uma cliente, uma idosa... não vimos mais ninguém.

Aos 13,5 km estávamos em Vilarinho da Raia. A Associação só abre ao fim de semana, mas no sombrio espaço exterior permanecem as mesas e as cadeiras. Que bom local para descansar e comer os pasteis! O almoço própriamente dito foi já em Vilarelho da Raia, onde misturamos o que vinha na mochila com o que compramos no Centro Social, cujas mesas exteriores foram o nosso poiso. Muita simpatia e preços muito acessíveis... e também possui um albergue, para quem divida as etapas de outra forma e queira ter o gosto de pernoitar na fronteira.

Continuamos a seguir os intervalos de aproximadamente 5 km de andamento, fizemos uma paragem na Casa Social del Pueblo de Mourazos, para beber uma água com gás, que nos arrefeceu um pouco dos 34 graus com que esta tarde nos presenteou. A água que bebemos, Sousas, é ali mesmo da zona, parece que a falha tectónica que vai de Viseu até Chaves, cheia de nascentes de águas hidrotermais e águas potáveis de grande qualidade, afinal segue Galiza dentro...

Mais adiante, na ruralidade de Tamaguelos, dos povos tamaganos (que o Tâmega anda perto), na porta sul da igreja uma imagem de Santiago alentou-nos, disse-nos que já não faltava muito para um bom banho.

Já dentro de Verín voltamos a arrefecer os radiadores com um gelado, e seguimos até ao Albergue, uma casa senhorial do séc. XVIII, a Casa del Asistente. Muito bom, muito asseado e bem equipado, e atendimento muito eficaz da Mar. Foi ela também que nos indicou o local para jantar, o Mesón Benito, mas o dono atendeu-nos de forma um pouco rude, negou-se a fazer o menu de 8 euros que ela disse ser praticado para os peregrinos. Comemos mal e caro, não aconselho.

O CPI

O Caminho Português do Interior é um dos trajectos utilizados pelos peregrinos Portugueses para chegar a Santiago de Compostela. Por ele seguiam os que partiam da zona Centro, em redor de Viseu, e, claro, todos aqueles que viviam no eixo Viseu > Chaves. Também de Coimbra alguns seguiam por esta via, quando queriam evitar o Caminho Central que seguia via Porto > Valença, ou pretendiam juntar-se a outros grupos que partiam do interior.
Os peregrinos da Via da Prata, que segue de Sevilha até Astorga, onde se junta ao grande Caminho Francês, na maior parte das vezes deixavam a via da Prata em Granja de Moreruela onde tomavam a Via Sanabresa; outros saiam antes, em Zamora, entravam em Portugal por Quintanilha e saiam por Vinhais, atingindo depois Verin. Em qualquer caso todos acabavam por se juntar e nomeadamente a partir de Ourense todos seguem o mesmo trajecto até ao Campo de Estrelas - os do Caminho Interior Português e os da Via da Prata.
Foi um dos mais bonitos dos muitos caminhos que já fiz até Santiago, sobretudo na metade portuguesa do percurso. O Outono é mesmo a altura ideal para o fazer, com os dias mais curtos, as temperaturas amenas, os céus calmos. E a paisagem é espectacular, começando logo com os marmeleiros carregados, salpicando de amarelo toda a paisagem em torno de Viseu, o colorido feérico das vinhas que nos acompanha desde Reconcos, próximo de Lamego, até Vila Real, ou a beleza dos castanheiros e carvalhos vestindo-se de tons outonais até Chaves. E a abundância não tem limites: comemos toneladas de marmelos, maçãs, nozes (muitas nozes!), castanhas, amoras (serôdias!), pêras, uvas, medronhos...
.
Aqui ficam os links para os registos de cada uma das etapas:
Track Integral 457 km agregador das 21 etapas
Etapa 01 15.82 km Farminhão - Fontelo
Etapa 02 17.79 Km Fontelo - Almargem
Etapa 03 24.56 Km Almargem - Ribolhos
Etapa 04 23.90 Km Ribolhos - Aldeia do Codeçal
Etapa 05 21.02 Km Aldeia do Codeçal - Lamego
Etapa 06 21.06 Km Lamego - Santa Marta de Penaguião
Etapa 07 19.68 Km Santa Marta de Penaguião - Vila Real
Etapa 08 27.50 Km Vila Real - Parada de Aguiar
Etapa 09 23.76 Km Parada de Aguiar - Vidago
Etapa 10 18.99 Km Vidago - Chaves
Etapa 11 29.93 Km Chaves - Verín
Etapa 12 21.39 Km Verín - Viladerrei
Etapa 13 24.48 Km Viladerrei - Sandiás
Etapa 14 14.01 Km Sandiás - Allariz
Etapa 15 24.05 Km Allariz - Ourense
Etapa 16 23.98 Km Ourense - Cea
Etapa 17 21.40 Km Cea - Castro Dozón por Oseira
Etapa 18 25.38 Km Castro Dozón - Lalín - A Laxe
Etapa 19 18.04 Km A Laxe - Bandeira
Etapa 20 25.19 Km Bandeira - Pico Sacro - Lestedo
Etapa 21 14.21 Km Lestedo - Santiago de Compostela
.
Mapa geral da Peregrinação:
.
;
.
< - - >
Verín
Praça de Camões and Praça Da República
Chaves
Chaves
Rua Direita and Travessa Das Caldas

Comentários

    You can or this trail