Horas  23 horas 12 minutos

Coordenadas 2161

Uploaded 26 de Novembro de 2016

Recorded Outubro 2016

-
-
169 m
-10 m
0
4,8
9,5
19,05 km

Visualizado 375 vezes, baixado 44 vezes

próximo a Caldas de Reis, Galicia (España)

VALENÇA - SANTIAGO | Outubro 2016

Vídeo da Viagem

1. Valença - O Porriño
2. O Porriño - Pontevedra
3. Pontevedra - Caldas de Reis
4. Caldas de Reis - Padrón
5. Padrón - Santiago de Compostela (com o novo percurso criado em finais de 2015, desde o O Milladoiro.)


Esta é uma etapa "descontraída". Ainda assim, optamos uma vez mais por sair às 6h30 de Caldas de Reis.

É uma etapa em que ao km 8,2 podemos ver perfeitamente a auto-estrada. Quando fizemos o caminho inglés em junho de 2016, ao regressar de camioneta, vimos vários peregrinos nesta fase do percurso. Ao regressar de Santiago, também de camioneta, no dia 6 de outubro, voltamos a ver peregrinos nesta fase. Mas o percurso entre o km 7,4 e 7,9 também se vê perfeitamente da autoestrada.

É uma etapa que também tem bosques lindíssimos, passando por Valga (desta vez não encontramos ninguém da Proteção Civil para nos carimbar a cédula - é habitual colocarem os carros estrategicamente colocados para nos carimbar o selo de VALGA) e pela ponte sobre o Rio Valga (onde paramos para descansar e comer).

Depois da ponte, subimos o monte e caminhamos em direção a Pontecesures, onde está o famoso Bar medieval CASA DE PEDRA. O senhor é de poucas falas (nos 2 últimos anos que lá fui), mas desta vez não pude confirmar pois o bar estava fechado. Eram cerca de 10h. Estávamos apenas a 4km do albergue de Padrón!

Bom, dito isto. 11h e chegamos ao albergue (que só abria às 13h). Fomos visitar Padrón, o seu parque "da cidade", as suas lojas, o mercado. Esperamos pelas 13h, demos entrada no albergue e enquanto os outros peregrinos foram tomar banho, optamos por ir ao mercado comprar umas sardinhas e pimentos padrón com um ÓTIMO ASPETO. Claro está. O almoço foi maravilhoso. Sardinha pequena, pimentos e arroz de tomate.

À tarde, uma visita ao Santiaguinho do Monte, logo acima do albergue, onde se descansou um pouco. Esta etapa foi excelente, do ponto de vista "turístico", em que deu para chegar cedo, visitar com calma, comer bem e visitar vários monumentos da área.

Foi a única etapa onde apanhamos alguma chuva. Pouca, felizmente.

View more external

Em 2014, na minha primeira ida a Santiago de Compostela (em bicicleta) caí neste local, ao falar com um grupo de portugueses. Ficou marcado o local como "a minha queda". Com o peso dos alforges e ao carregar no travão da roda da frente e só com uma mão no guiador, ... era inevitável.

Comentários

    You can or this trail