Coordenadas 1127

Uploaded 4 de Agosto de 2018

Recorded Agosto 2018

-
-
1.792 m
1.208 m
0
1,8
3,5
7,02 km

Visualizado 324 vezes, baixado 55 vezes

próximo a Conquista, Rio de Janeiro (Brazil)

O PARQUE
O Parque Estadual dos Três Picos (PETP) localiza-se na Região Serrana do Estado do Rio de Janeiro, no Brasil. O seu nome evoca os Três Picos de Friburgo, imponente conjunto de montanhas graníticas que, elevando-se a de 2.366 metros acima do nível do mar, e é o ponto culminante de toda a Serra do Mar.

Com uma área aproximada de 65.113 hectares, é o maior parque estadual do Rio de Janeiro, abrangendo porções dos municípios de Cachoeiras de Macacu, Teresópolis, Nova Friburgo, Silva Jardim, e Guapimirim.

A TRILHA
Chegamos em Salinas com o objetivo de fazer a trilha até a Caixa de Fósforo. Montamos nossa base na Pousada dos Paula pois fica bem próxima da entrada principal do Parque – Sede Friburgo. O parque está situado a cerca de 60 km de Teresópolis e a 150 km do Rio de Janeiro.

Com placa de sinalização informando o início do acesso ao Pico Menor (2.260 metros) e ao Pico Médio (2.280 metros) exige três horas de caminhada difícil. Para chegar ao Pico Maior (2.316 m) e à Montanha do Capacete (2.000 metros), um do lado do outro, só se chega escalando. Da entrada do parque, uma primeira caminhada de 40 minutos leva ao Vale dos Deuses (1.700 metros), área de camping grátis e base para seguir para Caixa de Fósforo e Cabeça do Dragão.

Dá para chegar de carro bem perto da porteira que dá acesso ao parque economizando alguns quilômetros de caminhada. Existe um estacionamento grande a uns 2km antes da porteira e um estacionamento bem pequeno ao lado dela. Para que se hospedar no Refúgio República Três Picos não terá problemas pois ele fica dentro do parque e possui estacionamento próprio.

Chegamos na sede e tivemos que preencher somente um documento de controle de acesso pois o parque tem entrada gratuita. Seguimos reto em direção ao Vale dos Frades, passado pelo pórtico guardião Dudu e pelo camping a direita para, logo em seguida, pegar uma bifurcação (sinalizada) a esquerda para a Caixa de Fósforo.

Dessa parte em diante a trilha é mais íngreme exigindo um esforço maior do aventureiro. Logo chegamos no primeiro ponto de subida com auxílio de correntes. Bastante atenção nesse ponto pois a subida tem aproximadamente uns 4 a 5 metros em terreno bem irregular.

Um belo mirante se apresenta após esta subida. Seguir direto em alguns pontos de trilha e escalaminhando até o segundo ponto de acesso com o auxílio de corrente. Essa subida é basicamente vertical e sendo necessário alguns conhecimentos de escalada (chaminé).

Vencida essa etapa chegamos na base da Caixa de Fósforo. A vista é espetacular e descortina todo o Vale dos Frades e montanhas locais – Branca de Neve, Dois Bicos, etc...

A trilha é bem marcada e contém alguns pontos próximo ao cume com pequeno grau de exposição. Basta seguir com cuidado e atenção. O parque está com nova direção e apresenta ótima estrutura de lazer e camping.

A melhor época para se visitar é de maio a setembro, quando tecnicamente não chove. Isso porque nenhuma trilha em montanha é segura caso chova, as pedras ficam escorregadias e é bem perigoso. Portanto, sempre cheque a previsão do tempo antes de ir.

Obs.: Fomos informados pelos agentes do parque que por motivo de segurança será retirada a corrente que dá acesso ao cume da Caixa de Fósforo (2º ponto). Somente será possível o acesso com escalada.

O camping no Vale dos Deuses é gratuito. A vantagem de ficar nesse camping é que já está ao lado de onde se iniciam as trilhas para a Cabeça do Dragão e a Caixa de Fósforo. O camping tem uma simples e boa estrutura: conta com uma modesta cozinha, pia e torneira, chuveiros frios e sanitário.

Pousada dos Paula: (22) 2543-3717/ (22) 99937-5076
http://www.terefri.com.br/pousada-dos-paula
http://facebook.com/pousadadospaula


[FEMERJ] Alertas e Recomendações para o Pico Menor e Médio e Caixa de Fósforo 25/7/2019.

Localizados no Parque Estadual dos Três Picos, a via normal do Pico Menor e Médio e a trilha técnica da Caixa de Fósforo estarão em manutenção a partir do dia 27/07/2019. A FEMERJ está atualizando e divulgando os alertas e recomendações elaborados em parceria com o INEA. Novas recomendações podem ser estabelecidas conforme indiquem os monitoramentos realizados.

>> Recomendações gerais

Não confie em cordas fixas deixadas na parede! Não conte com a presença das cordas fixas para sua subida ou descida da montanha. Nunca abandone cordas fixas nas ancoragens ou em árvores. Qualquer corda fixa será removida. Guia de escalada, ajude na segurança removendo cordas fixas deixadas por outros.
Não se apoie ou pise na vegetação às margens da trilha.
Evite ir a esses picos em dias de chuvas, ou em quando o solo ainda estiver muito encharcado.
Não abra ou use atalhos.
As excursões devem ser formadas por grupos pequenos, de até 8 pessoas.
Não é permitido acampar no cume.


>> Recomendações para Caixa de Fósforo

A Caixa de Fósforo é uma trilha técnica que apresenta passagens com estruturas de via ferrata e trechos de escalada de até 2º grau.
Como trilha técnica é importante estar atento aos seguintes requisitos:
Ter experiência e conhecimento em técnicas de escalada. Caso não possua experiência, esteja acompanhado de um guia de escalada ou um escalador experiente, observando a proporção de um guia de escalada para cada 6 participantes inexperientes, no máximo.
Estar equipado com material de escalada, como: cadeirinha, corda, mosquetões, fitas, aparelhos de asseguramento e descida, mochila e calçado adequados.
Estar física e psicologicamente preparado para realizar uma atividade de no mínimo 3h, com mais de 200m de desnível, passando por lances técnicos e expostos.

Para ler no site, clique aqui http://www.femerj.org/2019/07/25/alertas-e-recomendacoes-para-o-pico-menor-e-medio-e-caixa-de-fosforo-2/
Placa indicando acesso ao Morro do Gato, Vale do Jaborandi e Sede. Seguir para esquerda "Acampamento/Núcleo"
Bifurcação sentido Vale dos Frades e Caixa de Fósforo. Seguir para esquerda.
Base da Caixa de Fósforo logo após a 2ª corrente. Para chegar nesse cume é necessário utilizar uma corda/corrente.
Estacionamento grande. Não é permitido chegar de carro na sede do parque.
Ponto de coleta d`água ao longo do caminho.
Mirante após a 1ª corrente.
Ponto de observação próximo ao curral. Possui uma vista espetacular de Salinas.
Porteira ao lado da República Três Picos.
Seguir a porteira da direita pois a porteira da esquerda pertence a propriedade particular.
Pousada dos Paula: (22) 2543-3717/ (22) 99937-5076 http://www.terefri.com.br/pousada-dos-paula http://facebook.com/pousadadospaula
Bifurcação para a trilha dos Picos Menor e Médio.
Pequeno estacionamento ao lado da porteira principal do parque.
Bom local para descanso. Vista magnífica para Salinas e montanhas de Nova Friburgo.
Sede avançada do parque. Nas proximidades existem: parquinho, camping, banheiro e totem informativo sobre as divisões das trilhas.
Camping disponível para diversas barracas. A trilha para a Cabeça de Dragão se localiza no fundo do camping.
Atenção na subida íngreme com auxílio de corrente até o platô depois da árvore.
Local particular que disponibiliza espaço para alojamento completo. É possível deixar o carro no estacionamento deste estabelecimento caso esteja hospedado na República.

Comentários

    You can or this trail