Tempo em movimento  2 horas 50 minutos

Hora  5 horas 55 minutos

Coordenadas 1833

Enviada em 28 de Dezembro de 2019

Registrada em Dezembro 2019

-
-
1.289 m
1.016 m
0
2,6
5,2
10,47 km

Visualizado 121 vezes, baixado 12 vezes

perto de Águas Brancas, Santa Catarina (Brazil)

Caminhada até a Cachoeira Rio dos Bugres em Urubici, na serra catarinense.

Esta é, sem dúvida, top 3 entre as cachoeiras de Santa Catarina. As águas vêm da mítica região do "Campo dos Padres", um planalto com altitudes que passam de 1800m e onde fica o ponto culminante de SC - Morro da Boa Vista. Por causa disso, é uma cachoeira de águas bem geladas e difíceis de encarar.

Ao contrário do que se lê por aí, o acesso não é exclusivo para quem está acompanhado por guias. Muitas empresas oferecem o serviço, contudo, o proprietário autoriza a entrada de qualquer pessoa, desde que pague a taxa de R$15,00. (valor em 12/2019) O senhor em questão chama-se Ildo ((49) 99924 1655), que mora num outro terreno a alguns km da cachoeira. Basta mandar um whats que ele envia a localização de sua casa. Vá até lá, pague a taxa e pegue a chave para abrir a porteira de acesso à trilha.

Pra quem não conhece Urubici, tanto a propriedade do seu Ildo quanto a cachoeira são acessadas pela SC-370, no trecho asfaltado - a mesma rodovia que leva ao Morro da Igreja e à Serra do Corvo Branco. Se quiser ganhar tempo, coloque a coordenada "-27,9810533, -49,5436145" e deixe o GPS fazer a parte dele. Você chegará à casa do seu Ildo. Se ele não estiver, os filhos o atenderão. Depois, há mais um trecho de alguns km de estrada de chão ao início da trilha - placas indicam o caminho. A estrada é boa.

Na maior parte do percurso, caminha-se por campo aberto ou quase aberto, por bosques de araucárias - por exemplo. É preciso atravessar o rio algumas vezes, então prepare-se pra molhar o tênis. No comecinho, há um campo aberto com gado. A família do seu Ildo garantiu que o gado é manso, contudo, por alguma razão do universo gado nenhum vai com a minha cara. Um boi foi indo na minha direção, por isto neste tracklog andei por algumas extremidades do terreno pra passar bem longe.

Apenas no trecho final a caminhada vai por mata fechada, na encosta direita do vale. Em nenhum momento oferece dificuldade.

O local da cachoeira é muito amplo. Há um poção enorme em área (não em profundidade), cercado por paredões por todos os lados. O paredão da cachoeira é de rocha basáltica e, abaixo, a rocha arenítica (mais frágil) foi toda erodida. Por esta razão abre-se uma enorme gruta atrás da queda d'água. É possível caminhar com tranquilidade por ali também.

Um detalhe: o córrego que dá origem a esta cachoeira não é muito volumoso. Na maior parte do tempo a cachoeira é de baixo volume, apenas em tempos de chuvas excessivas o volume fica maior. Por causa disso, é importante observar como o vento vai alterando o desenho da queda, ora movendo pra esquerda, ora pra direita, ora gerando um jato sem direção - num belíssimo fenômeno.

Apesar de não oferecer dificuldade, esta trilha é longa, o que a torna cansativa em certo ponto. Por esta razão classifico-a como moderada.
foto

Começo

foto

Atravessei o rio para fugir do gado. A porteira está do outro lado

foto

Direita

foto

Atravessar

foto

Atravessar

foto

Atravessar

foto

Atravessar

foto

Cachoeira

Comentários

    Você pode ou esta trilha