Coordenadas 481

Uploaded 22 de Agosto de 2012

Recorded Agosto 2012

  • Rating

     
  • Information

     
  • Easy to follow

     
  • Scenery

     
-
-
187 m
26 m
0
4,2
8,4
16,85 km

Visualizado 5374 vezes, baixado 222 vezes

próximo a Ortiga, Santarém (Portugal)

DESCRIÇÃO, FOTOGRAFIAS/VÍDEO, DESTE E DE OUTROS PERCURSOS EM: www.100atalhos.com
http://www.facebook.com/100atalhos
--
[PERCURSO SINALIZADO]

Iniciámos o “PR1 Arribas do Tejo” junto ao parque de campismo de Ortiga, depois de deixarmos para trás a ponte sobre a Ribeira de Eiras seguimos para o Cabeço do Pintalgaio, um miradouro natural que nos enche a vista com uma paisagem deslumbrante e com uma particularidade, daqui avistam-se terras de três regiões distintas, Alentejo, Ribatejo e Beira Baixa.

Encaminhámo-nos para a aldeia de Torre Fundeira, mas não sem antes fazermos um pequeno desvio à esquerda para uma visita à Anta do Penedo Gordo, um monumento megalítico de corredor médio, que se encontra classificado como "Imóvel de Valor Concelhio" desde 3 de Janeiro de 1996.

Já com a aldeia de Torre Fundeira na nossa retaguarda, rumámos para Belver por entre oliveiras e antigos terrenos de cultivo, rapidamente avistámos o magnífico castelo de Belver. Contornámos parte da freguesia, sempre com o castelo no horizonte. Encontrámos uma ponte suspensa que nos levou às ruínas do lagar da Fraga e uns passos à frente estávamos a percorrer as ruas de Belver em direção ao seu castelo. Um castelo do séc. XIII, diz-se que a sua construção terminara em 1210 e visava travar as investidas dos árabes durante a reconquista cristã da Península Ibérica, aproveitando o rio como linha de defesa natural. É monumento nacional desde 1910.

Seguimos para mais uma vista privilegiada sobre o Tejo no Miradouro do Outeirinho. A visita a estes dois últimos locais acrescentou sensivelmente 2 km aos 15 km do percurso oficial.

Saímos de Belver pelo caminho de acesso à Fonte Velha, um caminho que expõe arte contemporânea nos seus muros antigos. Da Fonte Velha descemos até à ponte de Belver e com esta encerrada para obras valeram-nos as indicações das gentes da terra para encontrarmos uma entrada.

Já na margem sul do Tejo descemos até ao passadiço de madeira com cerca de 2 km que nos levou até à praia fluvial do Alamal por entre uma vasta vegetação e oferecendo-nos uma maior proximidade do rio.

A praia, no interior norte alentejano, possui um extenso areal, bandeira azul e na outra margem, o Castelo de Belver, lá no alto, sempre vigilante.

Continuámos por um trilho com uma vegetação luxuriante, sempre junto ao Tejo até às ruínas das antigas Termas da Fadagosa e seguimos para a barragem de Belver. Depois da sua travessia encaminhámo-nos para o apeadeiro da Barragem de Belver, atravessámos a linha férrea e poucos metros à frente terminámos esta nossa viagem.


Contactos Úteis:

Câmara Municipal de Gavião: 241 639 070

Junta de Freguesia de Belver: 241 635 192

Junta de Freguesia de Gavião: 241 632 283

Parque de Campismo de Ortiga: 241 573 464

Centro de Saúde: 241 630 010

Bombeiros Municipais: 241 632 122

G.N.R.: 241 632 222

View more external

Anta do Penedo Gordo
Barragem de Belver
Castelo de Belver
Miradouro da Penha do Encarrão
Vista do Miradouro do Outeirinho
Ponte Suspensa
Praia do Alamal

7 comentários

  • Foto de Rui Roque

    Rui Roque 16/dez/2015

    I have followed this trail  View more

    Percurso muito bom.

  • joaomendes20 21/fev/2016

    Muito bom percurso, está bem sinalizado e tem paisagens excelentes. Quedas de água, pontes, barragem, pedras históricas, pessoas da vila bastante prestáveis, etc ... No fim do percurso conseguimos ainda ver o por do sol no castelo de Belver!

  • Foto de Trekker for life

    Trekker for life 15/jan/2017

    I have followed this trail  View more

    Beleza incrivel...belver, seu castelo e as margens do tejo por trilhos fantásticos!

  • Nuno Ricardo Oliveira 4/dez/2017

    I have followed this trail  View more

    É uma paisagem fantástica e como a fiz em dezembro de 2017 um pouco desoladora pelo facto dos passadiços do alamal terem sido queimados pelos incêndios e alguns sitios por onde se passa estarem queimados.

  • alexandre.pereira 28/jan/2018

    I have followed this trail  verificado  View more

    O passadiço de alamal foi danificado pelos incêndios. Isso torna o caminho muito mais difícil. Nos informaram na praia do alamal que deverá ser consertado até o final de maio.

  • Foto de LKentish

    LKentish 22/mar/2019

    I have followed this trail  View more

    Great trail - different challenges along route.

  • eddyriver 25/mar/2019

    I have followed this trail  View more

    Percurso de grande beleza. Desniveis elevam grau de dificuldade

You can or this trail