-
-
780 m
312 m
0
3,5
7,0
14,05 km

Visualizado 5334 vezes, baixado 160 vezes

próximo a Ermelo, Vila Real (Portugal)

O Parque Natural do Alvão é uma área protegida, criado em 1983, localizado a Norte de Portugal, na província de Trás-os-Montes e Alto Douro, no distrito de Vila Real. Com uma área total de 7220 ha, o Parque Natural do Alvão abrange uma parte dos concelhos de Vila Real (4361 ha) com uma parte das freguesias de Vila Marim (Lugar de Arnal) e Borbela (Lugar de Relva) e a totalidade da freguesia de Lamas de Ôlo (Lugar de Lamas de Ôlo e Dornelas) e de Mondim de Basto (2859 ha) com uma parte significativa da freguesia de Ermelo (Lugar de Ermelo, Fervença, Varzigueto, Barreiro e Assureira) e uma pequena margem da freguesia de Bilhó (aldeias de Anta e Pioledo).
A principal curiosidade geológica é a queda de água conhecida como as Cascata de Fisgas do Ermelo.
Percurso circular, com inicio e fim em Ermelo (Rua Principal), trilho não sinalizado, com a extensão de aproximadamente 15Kms, por caminhos florestais e escarpas rochosas. Partindo de Ermelo passando pelas margens do Rio Olo, Fisgas e Varzigueto com regresso a Ermelo. Deixando a aldeia, o trilho acompanha as margens do rio Ôlo até às escarpas de acesso ao miradouro da cascata das Fisgas,a subida é acentuada e sinuosa, que é compensado pela sua beleza. Trata-se de uma das maiores quedas de água de Portugal. Uma barreira de quartzitos forma um enorme socalco, separando a zona granítica da xistosa, mais vulnerável à erosão. Por isso, o trabalho milenar da água cavou um desnível de quase 200 m, através do qual o rio Ôlo se despenha numa cascata deslumbrante. No topo das quedas, a montante, situam-se belas lagoas. Após descer a aldeia de Varzigueto há que encontrar o melhor local para atravessar a ribeira de Fervença, segue-se uma escalada com folhas soltas no acesso à levada. Não há muitos pontos de apoio... A parte final do trilho faz-se ao longo da levada, por entre castanheiros e carvalhos, que é simplesmente espectacular!

3 comentários

  • Foto de Pxaranha

    Pxaranha 7/mai/2013

    Amigos:
    Como já indico no meu link wikiloc, atenção que este trilho não é para toda a gente.
    É um trilho com pontos perigosos e exige boa forma física.
    A classificação é muito díficil, não apenas difícil.
    Ainda por cima porque passam pelas piscinas chamadas 'piocas' (abaixo da cascata maior) que tem rochas em queda iminente mas ninguém vê a situação delas.
    A tal escalada com folhas secas pode ser contornada indo por Fervença. Aumenta a distância, mas facilita o acesso à levada.
    A própria levada tem pontos onde é preciso agarrar-se bem ao terreno circundante.
    Boas caminhadas.

  • Foto de Caminhantes

    Caminhantes 7/mai/2013

    Pxaranha, estamos de acordo que este trilho não é para toda a gente. Classificamos de difícil para pessoas que estejam habituadas a caminhar em serra com desníveis. O trilho foi realizado apenas por quatro caminhantes, e esta altura do ano também facilitou, porque o nível das águas era baixo. Quando lá voltar, com os restantes caminhantes do grupo, vou fazer uma pequena alteração ao trilho, subindo até ao miradouro da cascata por caminho florestal, evitando assim a subida sinuosa e perigosa (em tempo de chuva) das rochas. O acesso à levada será outro ponto a considerar mediante a constituição do grupo... a sugestão de prolongar o trilho por Fervença é uma hipótese. Obrigado pela partilha! Boas caminhadas.

  • Ricardo Ventura Santos 31/mai/2017

    I have followed this trail  View more

    Excelente, linda!

You can or this trail