Baixar

Distância

25,95 km

Desnível positivo

898 m

Dificuldade técnica

Difícil

Desnível negativo

898 m

Elevação máx

573 m

Trailrank

44

Elevação min

200 m

Tipo de trilha

Circular
  • Foto de À DESCOBERTA DA CITÂNIA DE SANFINS (PAÇOS FERREIRA)
  • Foto de À DESCOBERTA DA CITÂNIA DE SANFINS (PAÇOS FERREIRA)
  • Foto de À DESCOBERTA DA CITÂNIA DE SANFINS (PAÇOS FERREIRA)
  • Foto de À DESCOBERTA DA CITÂNIA DE SANFINS (PAÇOS FERREIRA)
  • Foto de À DESCOBERTA DA CITÂNIA DE SANFINS (PAÇOS FERREIRA)
  • Foto de À DESCOBERTA DA CITÂNIA DE SANFINS (PAÇOS FERREIRA)

Hora

7 horas 41 minutos

Coordenadas

1999

Enviada em

23 de fevereiro de 2013

Registrada em

fevereiro 2013
Seja o primeiro a aplaudir
1 comentário
Compartilhar
-
-
573 m
200 m
25,95 km

Visualizado 4161 vezes, baixado 51 vezes

perto de Penamaior, Porto (Portugal)

Percurso circular, não sinalizado, classificado de difícil, pois para além da extensão (26 Kms), apresenta locais de difícil acesso e perigosos para pessoas pouco experientes. Tem início e fim no Monte de Pilar, junto ao Cristo Rei, na freguesia de Penamaior, local de extrema beleza, onde é possível observar uma deslumbrante panorâmica sobre a freguesia e sobre o concelho e ver, em dias límpidos, a Cidade do Porto, a Serra da Cabreira e a Serra do Marão.
Fica neste local, implantada sobre uma enorme penedia, a Capela de Nossa Senhora do Pilar. A devoção à Virgem do Pilar remonta pelo menos ao século XVIII.
Passando pela nascente do Rio Leça, no Monte de Santa Luzia, e mais tarde, perto de Valinhas, tivemos de atravessa-lo em local onde não existe ponte...
A Citânia de Sanfins, nas freguesias de Sanfins e Eiriz, está situada num planalto, numa posição cimeira que lhe conferia uma grande segurança face às invasões, é hoje um dos principais testemunhos da cultura castreja do noroeste peninsular.
Numa ampla plataforma, ocupando cerca de 18 hectares, as escavações efetuadas deixaram à descoberta uma centena e meia de habitações de planta circular e quadrangular, agrupados em cerca de 40 conjuntos de unidades familiares.
Entre os séculos II a.C. e o seu total abandono no séc. IV d.C., a Citânia de Sanfins desempenhou um papel de grande metrópole e de centro cultural de toda uma região. Hoje, a sua visita permite-nos uma autêntica lição de história, num local com uma visão panorâmica sobre toda a área do concelho, litoral Atlântico, os vales do Vizela e do Sousa, com as serranias distantes e envolventes da Cabreira, do Marão e do Alvão como pano de fundo.
O Castro do Monte Padrão ou antigo Castro do Monte Córdova é constituído por vestígios de um povoado fortificado que se situa num dos pontos mais elevados do Monte Padrão.
Mais info em: http://www.facebook.com/pages/Caminhantes/119100404885402?sk=photos_albums

1 comentário

Você pode ou esta trilha