Horas  8 horas 44 minutos

Coordenadas 1434

Uploaded 12 de Maio de 2015

Recorded Maio 2015

  • Rating

     
  • Information

     
  • Easy to follow

     
  • Scenery

     
-
-
133 m
6 m
0
7,3
15
29,35 km

Visualizado 6346 vezes, baixado 366 vezes

próximo a Odeceixe, Faro (Portugal)

A Rota Vicentina é uma Grande Rota (GR) pedestre no SW de Portugal. Formada pelo Caminho Histórico e pelo Trilho dos Pescadores, a Rota Vicentina propõe uma vivência única destes dois mundos, entre uma cultura rural viva e autêntica e uma costa surpreendentemente selvagem - integralmente dentro do Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina - que merecem toda a nossa atenção, para que assim se possam preservar por muitos anos. Esta rota resulta de uma criteriosa selecção de caminhos rurais e costeiros, para um usufruto pleno desta área litoral, que se encontra num precioso estado de conservação, no que respeita à paisagem, aos valores naturais e ambientais, à cultura e às tradições.
Percorremos parte da Rota Vicentina, iniciamos o percurso em Porto Covo, calcorreamos quatro etapas do Trilho dos Pescadores até Odeceixe, depois seguimos o Caminho Histórico até ao Cabo de São Vicente, ao longo de outras três etapas, totalizando 165 kms dos 350 kms possíveis.
É uma rota imperdivel, duma beleza que nos deslumbra constantemente.

As etapas realizadas:
1ºDIA: Porto Covo - Vila Nova de Milfontes external
2ºDIA: Vila Nova de Milfontes - Almograve external
3ºDIA: Almograve - Zambujeira do Mar external
4ºDIA: Zambujeira do Mar - Odeceixe external
5ºDIA: Odeceixe - Arrifana external
6ºDIA: Arrifana - Carrapateira external
7ºDIA: Carrapateira - Cabo de S. Vicente external

5ºDIA: ODECEIXE - ALJEZUR - ARRIFANA
Há levadas no Sudoeste. Neste dia irá caminhar ao longo do canal de rega do Mira, numa paisagem de vistas desafogadas, com a serra a nascente e o Atlântico a poente. À sua escolha terá dois percursos complementares que permitem chegar às arribas da costa e conhecer de perto as praias de Odeceixe e da Amoreira.
Esta caminhada pelo planalto litoral atravessa campos agrícolas com batata-doce, milho, amendoim ou tomate, intercalados por manchas de pinhal e eucaliptal. Junto às povoações e aos montes, surgem hortas e pomares, com oliveiras, limoeiros, laranjeiras, nespereiras e figueiras. Muitas aves coabitam placidamente com o Homem nestas áreas. Os cantos que mais se destacam na Primavera são dos abelharucos e cucos. A água é abundante, trazida pelos canais provenientes da Barragem de Santa Clara (até há pouco tempo a maior barragem portuguesa). O perímetro de rega do rio Mira, que acompanha grande parte deste percurso, abrange boa parte do planalto litoral do sudoeste português, desde Vila Nova de Milfontes até ao Rogil.
Os rebanhos de vacas ou ovelhas marcam presença neste percurso. Os pastores encontram-se com frequência, acompanhados dos seus fiéis cães, com quem estabelecem interessantes mas complexas formas de comunicação. É espantoso como os cães pastores compreendem uma linguagem feita de breves assobios e gestos discretos, conduzindo o gado de forma absolutamente eficiente. Já no final da etapa, a água continua a dominar a paisagem, desta vez no belíssimo vale da ribeira de Aljezur, cuja galeria ripícola se vai alterando gradualmente em direcção ao mar. Por fim, surge Aljezur, recostada ao abrigo das brisas do mar, voltada para o vale, de solos fecundados pela ribeira em cada cheia.
Do alto do lendário castelo de Aljezur, um dos sete que se encontram representados na bandeira de Portugal, contemplam-se os solos planos e férteis das várzeas, onde se cultiva a famosa e incomparável batata-doce de Aljezur. As ribeiras serpenteiam estes campos com as suas magníficas galerias de choupos, amieiros, freixos, tamargueiras e salgueiros. O Homem tem convivido com respeito e harmonia com esta natureza, fortemente marcada pelo efeito das estações do ano. Como resultado, encontramos uma paisagem agrícola muito rica em diversidade, especialmente no que diz respeito às plantas, insectos, aves, anfíbios e mamíferos. As borboletas rivalizam com as flores no colorido que explode na Primavera. A saída da vila permite contemplar o vale da ribeira de Aljezur que se estende até à praia da Amoreira e imaginar como seria Aljezur no séc. XV, quando todo este vale era navegável, constituindo o único porto de abrigo da costa escarpada entre Vila Nova de Milfontes e Sagres. Aqui chegavam barcos de Lisboa, Flandres e Castela. Até se aproximar da costa, atravessará zonas de serra onde predomina o eucalipto, cuja progressiva plantação, devido à necessidade crescente de papel, vai descaracterizando a floresta da região. O eucaliptal diminui a biodiversidade, acima e abaixo do solo, gasta enormes quantidades de água, contribui para erosão do solo e leva ao esgotamento dos nutrientes minerais. Quando o mar surge no horizonte, numa paisagem varrida por ventos salgados, onde predominam os matos pouco desenvolvidos, já se adivinha a chegada à incomparável baía da Arrifana.

Alojamento utilizado:
Pousada da Juventude de Arrifana | Telefone: 282997455 | email: arrifana@movijovem.pt

Ficha Técnica Oficial
Inicio: Odeceixe
Fim: Arrifana
Extensão: 30 km
Duração aproximada: 10 horas
Subida acumulada: 347 m
Descida acumulada: 292 m
Grau de dificuldade: Fácil
Altitude máxima: 121 m
Altitude mínima: 2 m
Época aconselhada: Setembro a Junho

Fonte: http://www.rotavicentina.com

5 comentários

  • Foto de Escalfadinho

    Escalfadinho 3/mai/2016

    Caminhada muito linda, Odeceixe com lindas paisagens e praia linda,com lugares lindos junto costa e passando pelo canais,depois da visita ao Museu da batata doce,continuando caminho para Aljezur, vila muito linda com seu maravilhoso castelo,saindo na direcção da práia da Arrifana será parte mais difícil com corta fogos mas é maravilhoso todo percurso.

  • Foto de Escalfadinho

    Escalfadinho 3/mai/2016

    MARAVILOSO

  • Foto de Annalisa Ricciardi

    Annalisa Ricciardi 19/mar/2018

    Ciao! I was in Portugal for 10 days last summer. Wonderful places! Thank you very much for sharing this path. I invite you to take a look at my videos on YouTube. You can find also tracking and info for hiking and rides on bikes. They just last few minutes, but they are useful to help you to organize your travel and to understand what it worth it

    Rota Vicentina
    https://youtu.be/xJmwGb9t20E

    Setubal, Troia, Arrabida
    https://youtu.be/xJmwGb9t20E

    Porto Covo, Santiago do Cacem, Odeceixe, Portimao
    https://youtu.be/L90drnTQtZY

    Enjoy Portugal 🇵🇹

  • Foto de kevin199993

    kevin199993 25/set/2018

    I have followed this trail  View more

    De uma beleza incrivel, recomendo.

  • Foto de Caminhantes

    Caminhantes 25/set/2018

    Obrigado pelo comentário e valorização kevin199993.

You can or this trail