Dificuldade técnica   Difícil

Horas  10 horas 42 minutos

Coordenadas 2337

Uploaded 20 de Agosto de 2016

Recorded Agosto 2016

  • Rating

     
  • Information

     
  • Easy to follow

     
  • Scenery

     
-
-
2.288 m
225 m
0
4,1
8,2
16,38 km

Visualizado 3125 vezes, baixado 91 vezes

próximo a Bulnes, Asturias (España)

FOTOS DESTA E DE OUTRAS TRILHAS EM ”CAMINHANTES"
"El Anillo de Picos" é uma grande rota circular de nove dias pelos três maciços que compõem o Parque Nacional dos Picos da Europa.
Existem, oficialmente, três modalidades, a primeira delas, de dificuldade média, é conhecida como “El Anillo Vindio” que percorre o maciço Ocidental, a segunda, com dificuldade alta, “El Anillo Extrem” que percorre o maciço Ocidental e Central e por último, com dificuldade muito alta, “El Anillo Três Macizoz” que percorre os três maciços dos picos. A vantagem do Anillo é que não é obrigatório começar em nenhum sítio concreto, pode-se começar em qualquer ponto de acesso ao trilho e percorrer na direção que se preferir. Por recomendação dos próprios guardas dos refúgios é preferível começar pelo maciço ocidental ou pelo oriental, se se deseja fazer “El Anillo Três Macizos”, uma vez que ambos são tecnicamente mais suaves e perfeitos para se prepararem para a hora de fazer o maciço central, tecnicamente mais difícil e exigente!
Em 2015 fizemos o Anillo Vindio, este ano optamos por “criar” o nosso Anillo, fizemos o maciço oriental e central, percorrendo cerca de 90kms em cinco dias. Com início em Fuente Dé (El Cable) seguimos o traçado oficial do Anillo (no sentido contrário aos ponteiros do relógio), excepto na etapa que optamos por passar por Bulnes e Poncebos, fazendo a Ruta de Cares completa. Pernoita e/ou passagem nos refúgios Casetón de Andara (1725m), Tenerosa (1300m), Vega de Urriellu (1960m), Jou de Los Cabrones (2034m), Garganta Del Cares - hostal (183m), Collado Jermoso (2064m) e Cabaña Verónica (2325m). O Anillo dos Picos Oriental e Central tem tanto de exigente como de difícil, quer fisicamente, quer tecnicamente, mas recompensado por magníficas paisagens e experiências proporcionadas pelo ambiente de alta montanha.

1ª Etapa: Fuente Dé (El Cable) – Casetón de Andara
2ª Etapa: Casetón de Andara – Vega de Urriellu
3ª Etapa: Vega de Urriellu – Poncebos
4ª Etapa: Poncebos – Collado Jermoso
5ª Etapa: Collado Jermoso – El Cable (Fuente Dé)

Trilha completa: El Anillo de Picos en cinco etapas (Macizoz Oriental y Central)

3ª ETAPA: VEGA DE URRIELLU – PONCEBOS

Realização: 15 Agosto 2016
Pernoita: Hotel Garganta del Cares (183m)
Percurso: Vega de Urriellu (Naranjo de Bulnes) – Paso de Los Cazadores – Corona del Raso – Horcada de La Arenera – Jou de Cabrones – Collado de Amuesa – Canal de Amuesa – Bulnes de Arriba (El Castillo) – Bulnes (La Villa) – Canal del Tejo – Poncebos

O Refúgio de Vega de Urriellu situa-se em pleno coração do Parque Nacional dos Picos da Europa a 1960 metros de altitude, concretamente no maciço central, a dois passos do mítico “Pico Urriellu”, também conhecido como “Naranjo de Bulnes”, encontra-se no concelho de Cabrales, famoso pelo seu queijo e pelas suas montanhas, no Principado das Asturias a apenas 20 quilómetros do Mar Cantábrico. O refúgio é o sítio ideal para “base” à escalada do mítico Naranjo de Bulnes (Pico Urriellu), mas também para a ascensão a Torrecerredo (tecto dos Picos da Europa) e para pernoitar, como nós, durante um trekking pelo maciço central do Parque Nacional dos Picos da Europa.
A noite foi retemperadora, pouco depois do pequeno almoço, iniciamos a jornada, deixando para trás o refúgio situado aos pés da face oeste do majestoso e impressionante Pico Urriellu, seguimos em direção a Jou de Cabrones pelo Paso de Los Cazadores para subir à Corona del Raso e Horcada de La Arenera e continuar até ao Refúgio de Jou de Cabrones. Neste troço desde Vega de Urriellu até Jou de Cabrones as subidas e descidas são muitas, em algumas recorreu-se a práticas de escalada. O enquadramento do refúgio, visto do alto, é espetacular… aproveitamos a mesa exterior ao refúgio para o reforço da manhã e depois da foto da “praxe” seguimos pela Cuesta del Trabe em direção ao Collado de Amuesa. Uma vez mais com recurso a práticas de escalada, nos pontos mais sensíveis, existe corda na rocha o que facilita a progressão, troço perigoso para se realizar em tempo de chuva… tivemos alguma sorte, a chuva e granizo apareceu depois de terminarmos este troço e por pouco tempo! Chegados ao Collado de Amuesa, viramos à direita para baixar a Bulnes pelo Canal de Amuesa, descida muito íngreme e perigosa pelas condições, provocadas pela chuva, no caminho de pé posto de terra lamacenta, pedras escorregadias e para o final gravilha. São mais de 300 metros de desnível para descer num quilómetro. Depois de superada a descida seguimos o trilho até Bulnes de Arriba (El Castillo), aqui optamos por deixar o traçado do “Anillo de Picos” e virar à direita, atravessar a localidade e seguindo o caminho cimentado descemos a Bulnes (La Villa). Paragem para uma “Botella”, presunto entre outros acepipes, recuperar forças nas águas do Rio Tejo, vaguear pelas estreitas ruas e algumas fotos depois retomamos o caminho pelo Canal del Tejo até Poncebos. Troço muito frequentado por turistas, foi um agradável “passeio” depois da dureza do restante percurso, chegamos à ponte sobre o Rio Cares, Puente de La Jaya, subimos à estrada alcatroada e fizemos um desvio à direita seguindo a estrada até ao Hotel Garganta del Cares, local onde pernoitamos. Local agradável onde fomos bem recebidos, o jantar foi bastante farto, entre fabada e outras especialidades ficamos empanturrados!
  • Foto de 3ª ETAPA: VEGA DE URRIELLU – PONCEBOS
  • Foto de 3ª ETAPA: VEGA DE URRIELLU – PONCEBOS
  • Foto de 3ª ETAPA: VEGA DE URRIELLU – PONCEBOS
  • Foto de 3ª ETAPA: VEGA DE URRIELLU – PONCEBOS
  • Foto de 3ª ETAPA: VEGA DE URRIELLU – PONCEBOS
  • Foto de 3ª ETAPA: VEGA DE URRIELLU – PONCEBOS
  • Foto de PASO DE LOS CAZADORES
  • Foto de PASO DE LOS CAZADORES
  • Foto de HORCADA ARENERA
  • Foto de HORCADA ARENERA
  • Foto de HORCADA ARENERA
  • Foto de REFÚGIO DE LOS CABRONES
  • Foto de REFÚGIO DE LOS CABRONES
  • Foto de REFÚGIO DE LOS CABRONES
  • Foto de COLLADO DE AMUESA
  • Foto de COLLADO DE AMUESA
  • Foto de COLLADO DE AMUESA
  • Foto de FUENTE EL TORNU
  • Foto de BULNES DE ARRIBA (EL CASTILLO)
  • Foto de BULNES DE ARRIBA (EL CASTILLO)
  • Foto de BULNES DE ARRIBA (EL CASTILLO)
  • Foto de BULNES (LA VILLA)
  • Foto de BULNES (LA VILLA)
  • Foto de BULNES (LA VILLA)
  • Foto de BULNES (LA VILLA)
  • Foto de BULNES (LA VILLA)
  • Foto de PUENTE COLINES
  • Foto de CANAL DEL TEJO
  • Foto de CANAL DEL TEJO
  • Foto de CANAL DEL TEJO
  • Foto de PUENTE DEL ZARDO
  • Foto de PUENTE DEL ZARDO
  • Foto de PUENTE DEL ZARDO
  • Foto de PUENTE DE LA JAYA
  • Foto de PUENTE DE LA JAYA
  • Foto de HOTEL GARGANTA DEL CARES

3 comentários

  • Foto de fernandapacheco

    fernandapacheco 22/ago/2016

    I have followed this trail  View more

    Etapa com algumas trepadas, mas calmamente ultrapassadas. Refúgio de Los Cabrones idílico. Canal de Amuesa, descida muito íngreme e perigosa para Bulnes. Vale a pena visitar Bulnes La Villa.

  • PicosAlpinos 22/ago/2016

    Excelente descrição de um trilho que nos deixa um desejo enorme de ir e apreciar. Muito bom trabalho mais uma vez.
    Obrigado pela partilha.

  • DiogoHiker 4/nov/2017

    Obrigado pela partilha

You can or this trail