Horas  9 horas 10 minutos

Coordenadas 2356

Uploaded 6 de Julho de 2015

Recorded Julho 2015

-
-
1.366 m
637 m
0
5,0
10
20,03 km

Visualizado 1017 vezes, baixado 33 vezes

próximo a Xertelo, Vila Real (Portugal)

Valeu-nos, o dia ter estado excelente para caminhar. Uma delicada brisa, acompanhou-nos durante todo o percurso. Água, só na "casa do lago", junto à Lagoa do Marinho ( a maior), cuja inauguração oficial foi no sábado - 4 JULHO 2015, juntando muita gente na serra. Esta cabana localiza-se no baldio da freguesia do Cabril.A parte inicial do trilho, consta essencialmente da descida até ao rio Cabril. A parte inicial do trilho, é sobre uma levada, mas a certa altura há que encontrar o trilho que desce a encosta, que já perto do rio parece estar "fechado", mas por enquanto ainda se passa. Uma distracção ou desatenção, obrigou-nos a retroceder, para proceder à descida. O rio atravessa-se saltando de pedra em pedra. No Verão é fácil, mas no Inverno, há que evitar. A subida, desde o leito do rio até às Lagoas do Marinho ( há duas lagoas - a menor está assoreada) é dura, está mariolada e atravessa o estradão, tornando-se difícil com as lages húmidas. Pelo menos na primeira metade, até ao estradão florestal, há que ter algum cuidado depois do apiário. Convém fazer uma pausa na "casa do lago". - Foi o que fizemos, apreciando a festa e partindo mais tarde, para o Borrageiro 2, Inselberg de forma acastelada, que domina a paisagem. Subimos junto à "moreia lateral" e continuamos um pouco mais, para observarmos a cabeceira do ribeiro do Couce e as diversas manifestações glaciares. Retrocedemos e subimos ao topo deste singular "monte ilha" - Borrageiro 2. A paisagem é fabulosa !! Descemos às minas, onde se explorou o Volfrâmio e o Estanho. Com facilidade, observam-se as escombreiras e as ruínas das suas instalações. Além da exploração a céu aberto, há pelo menos uma galeria. Descemos ao vale do Couce e passamos pela lagoa maior, regressando ao estradão de forma a poupar o máximo possível de km. Um pouco depois da ponte sobre o Cabril, derivamos para o Xertelo por um magnífico caminho, pois mantém quase sempre a mesma cota. No final, estavam à nossa espera, para comprarmos o mel, produzido por um casal de simpáticos idosos.

Cartografia - folhas 31 e 44 do IGE escala 1/25 000
Água - só na "casa do lago" - nascente que fica perto e junto ao edifício.
Trilho a efetuar de preferência no Verão.
Consumo de Calorias e água - O especialista é o Makandanga !!!
pequena linha de água
não há ponte nem poldras. Faz-se saltando de pedra em pedra, escolhendo o melhor caminho
cerca em granito para defender as colmeias - antigamente do ataque do urso
zona de pastagem
Lagoa pequena
abrigo ( antiga cabana ) de pernoita dos pastores, perto das lagoas do Marinho.
vale com testemunhos da presença de fenómenos glaciários. Na sua cabeceira está o circo glaciar dos - Cocões do Concelinho.
inselberg em forma acastelada - Castle Kopje
local onde foi explorado o volfrâmio e o estanho
escavação em forma de túnel
Lagoa Grande
Xertelo

Comentários

    You can or this trail