Horas  7 horas 23 minutos

Coordenadas 1154

Uploaded 11 de Maio de 2015

Recorded Maio 2015

  • Rating

     
  • Information

     
  • Easy to follow

     
  • Scenery

     
-
-
51 m
-12 m
0
3,9
7,9
15,72 km

Visualizado 6447 vezes, baixado 490 vezes

próximo a Vila Nova de Milfontes, Beja (Portugal)

A Rota Vicentina é uma Grande Rota (GR) pedestre no SW de Portugal. Formada pelo Caminho Histórico e pelo Trilho dos Pescadores, a Rota Vicentina propõe uma vivência única destes dois mundos, entre uma cultura rural viva e autêntica e uma costa surpreendentemente selvagem - integralmente dentro do Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina - que merecem toda a nossa atenção, para que assim se possam preservar por muitos anos. Esta rota resulta de uma criteriosa selecção de caminhos rurais e costeiros, para um usufruto pleno desta área litoral, que se encontra num precioso estado de conservação, no que respeita à paisagem, aos valores naturais e ambientais, à cultura e às tradições.
Percorremos parte da Rota Vicentina, iniciamos o percurso em Porto Covo, calcorreamos quatro etapas do Trilho dos Pescadores até Odeceixe, depois seguimos o Caminho Histórico até ao Cabo de São Vicente, ao longo de outras três etapas, totalizando 165 kms dos 350 kms possíveis.
É uma rota imperdivel, duma beleza que nos deslumbra constantemente.

As etapas realizadas:
1ºDIA: Porto Covo - Vila Nova de Milfontes external
2ºDIA: Vila Nova de Milfontes - Almograve external
3ºDIA: Almograve - Zambujeira do Mar external
4ºDIA: Zambujeira do Mar - Odeceixe external
5ºDIA: Odeceixe - Arrifana external
6ºDIA: Arrifana - Carrapateira external
7ºDIA: Carrapateira - Cabo de S. Vicente external

2ºDIA: VILA NOVA DE MILFONTES – ALMOGRAVE
Neste dia vai lavar a alma com vistas deslumbrantes sobre Vila Nova de Milfontes e o rio Mira, que aqui tem o seu encontro com o Atlântico, num dia de caminhada curto e acessível para que possa desfrutar em pleno da região.
A passagem da ponte sobre o rio, em Vila Nova de Milfontes, permite-nos contemplar a foz, a vila e as encostas cobertas de matos mediterrânicos. Estes produzem abundantes bagas, que atraem pássaros e pequenos mamíferos. Na maré vazia, pode-se contemplar os sapais, nas curvas do rio, parcialmente emersos e cobertos de juncos, que funcionam como maternidades de peixes. De Março a Outubro, também se pode observar um dos mais belos espetáculos da natureza – o voo dos andorinhões. Quando chegam, começa a azáfama do acasalamento e construção do ninho; depois é um vai vem para alimentar as crias e no Outono, antes da partida, é tempo de as treinar para grandes voos.
Neste troço pode-se apreciar as marcas do ser humano neste litoral. Há sítios onde a vegetação nativa mostra toda a sua diversidade e outros onde ela foi eliminada pela planta exótica mais agressiva do Sw – a acácia. Esta invasora tem potencial para reduzir a biodiversidade das dunas praticamente a zero. Também a agricultura intensiva se estende por vezes até bem perto do mar. No entanto, pode-se apreciar outras marcas de presença humana bem mais pacatas, como a pesca artesanal, ou as fábricas de pedra lascada que afloram sob a areia das dunas, vestígios do homem da idade da pedra.

Alojamento utilizado:
Pousada da Juventude de Almograve | Telefone: 283640000 | email: [email protected]

Ficha Técnica Oficial
Inicio: Vila Nova de Milfontes: no Posto de Turismo
Fim: Almograve
Extensão: 15 km
Duração aproximada: 5 h
Subida acumulada: 88 m
Descida acumulada: 116 m
Grau de dificuldade: Algo difícil
Altitude máxima: 53 m
Altitude mínima: 0 m
Época aconselhada: Setembro a Junho

Fonte: http://www.rotavicentina.com
  • Foto de 2ºDIA
  • Foto de 2ºDIA
  • Foto de 2ºDIA
  • Foto de 2ºDIA
  • Foto de 2ºDIA
  • Foto de 2ºDIA
  • Foto de IGREJA VILA NOVA MILFONTES
  • Foto de IGREJA VILA NOVA MILFONTES
  • Foto de VILA NOVA DE MILFONTES
  • Foto de VILA NOVA DE MILFONTES
  • Foto de RIO MIRA
  • Foto de RIO MIRA
  • Foto de RIO MIRA
  • Foto de ESTUÁRIO DO MIRA
  • Foto de ESTUÁRIO DO MIRA
  • Foto de ESTUÁRIO DO MIRA
  • Foto de BREJO DO CARREGÃO
  • Foto de BREJO DO CARREGÃO
  • Foto de PRAIA DA FOZ DOS OURIÇOS
  • Foto de PRAIA DA FOZ DOS OURIÇOS
  • Foto de PRAIA DA FOZ DOS OURIÇOS
  • Foto de POUSADA DA JUVENTUDE DE ALMOGRAVE
  • Foto de POUSADA DA JUVENTUDE DE ALMOGRAVE
  • Foto de POUSADA DA JUVENTUDE DE ALMOGRAVE

10 comentários

  • Marcia Madeira 22/fev/2016

    paisagem linda

  • janrupus 13/set/2016

    I have followed this trail  View more

    Should not do it in summer :-)
    Beautiful views

  • Vitro Dias 8/out/2017

    I have followed this trail  View more

    Todo o trajeto é lindo.

  • Foto de Palo Parr

    Palo Parr 5/jun/2018

    I have followed this trail  verificado  View more

    Spectacular

  • Foto de Snakeater

    Snakeater 19/jul/2018

    Estoy haciendola ahora. Que es mejor, viajar por la mañana o por la tarde?
    Esta mañana lo he pasado mal con el sol, porque no hay sombras

  • Foto de Caminhantes

    Caminhantes 19/jul/2018

    Olá Otacon_j nesta época do ano o calor é muito para realizar esta travessia, o melhor será de manhã ao nascer do sol e fazer uma longa pausa no pico do calor, depois retomar ao meio da tarde...
    Boa caminhada!

  • Foto de eduardolukas

    eduardolukas 23/jul/2018

    Really nice and wonderful place.

  • Foto de Caminhantes

    Caminhantes 24/jul/2018

    Thanks for comment, have a good hiking.

  • Foto de kevin199993

    kevin199993 25/set/2018

    I have followed this trail  View more

    Espectacular. Não recomendado fazer no verão.

  • Foto de Caminhantes

    Caminhantes 25/set/2018

    Obrigado pelo comentário e valorização kevin199993.
    Este trilho tem muita esposição solar pelo que se deve evitar as horas de maior calor.

You can or this trail