-
-
1.388 m
469 m
0
4,1
8,1
16,22 km

Visualizado 1312 vezes, baixado 110 vezes

próximo a Sítio João E. Ferri, Paraná (Brazil)

1 de Maio e Pico X
Queda de água

Cachu

Cachu
Interseção

Maio x Pico X

pico

1 de Maio

1 de Maio

9 comentários

  • Foto de HKipgem Neto

    HKipgem Neto 10/abr/2017

    Uma "Torre da Prata" diferente, hehehe. Quiçaça ainda mais com chuvinha!

  • Pazinatto 9/set/2017

    Fala HKipgem Neto, blz? Como vcs fizeram com relacao a logistica de transporte? Foram de carro ou de onibus? Tem lugar para estacionar o carro no viaduto dos Padres?

  • Foto de HKipgem Neto

    HKipgem Neto 11/set/2017

    Opa!! No local marcado como de início da trilha foram deixados os carros. Fica na estrada do Anhaia, bem de frente para uma igrejinha, se vc reparar no track tem a parte que subimos a BR até a entrada da trilha. Ali no viaduto que eu saiba não tem como estacionar. Valeu!

  • Pazinatto 11/set/2017

    Massa, valeu cara, nao tinha visto esse detalhe!

  • Foto de BrennoLiz

    BrennoLiz 5/dez/2017

    Essa era uma região "santuário", para ficar nas sombras por mais algum tempo... Mas já tem 2 postagens de tracklogs recentes. Tá explicado agora porque estamos encontrando lixo, fitas espúrias e outros resquícios de farofagem. Está escancarado agora na internet o acesso.

  • Foto de gvogetta

    gvogetta 26/jan/2018

    Fala Brenno!
    Disse tudo! Santuários sendo divulgados e violados camaradas! Pensem nisso antes de postar tracks de locais pouco frequentados como este. Eu mesmo já me arrependi de ver locais que divulguei sendo depredados por malucos que pegaram a track aqui no Wikiloc. É lamentável e até mesmo contra o espírito do site, mas a preservação das nossas Matas e Montanhas fala mais alto. Não me entendam mal, mas reflitam.
    Saudações serranas!

  • Foto de gvogetta

    gvogetta 26/jan/2018

    Então, aos visitantes:

    PRATIQUE O MÍNIMO IMPACTO:

    Respeite o ambiente natural. Ao trilhar por esta região, você é o responsável pela conservação da área, assim como pela sua própria segurança. Lembre-se dos seguintes cuidados:
    - Você é o principal responsável por sua saúde e segurança. Preste atenção onde pisa, onde senta e onde se segura. Cobras, aranhas, abelhas e outros insetos potencialmente perigosos são encontrados com frequência na região e constituem riscos reais em qualquer área selvagem, especialmente nas estações de primavera e verão.
    - TRAGA TODO O SEU LIXO de volta consigo. Se você levou uma mochila cheia, pode muito bem trazer tudo de volta com você;
    - DEFEQUE LONGE de cursos d'água (pelo menos a 50m ou mais de distância) e fora das trilhas, enterrando seus dejetos e preferencialmente trazendo de volta consigo até mesmo o papel higiênico usado;
    - RESPEITE os animais, os demais trilheiros com quem eventualmente cruzar pelo caminho;
    - NÃO FAÇA FOGUEIRAS, utilize fogareiros para cozinhar e, mesmo assim, tome cuidado para que o fogo não fuja de controle;
    - EVITE ao máximo FUMAR na área e, se o fizer, não descarte suas bitucas no caminho - apague-as com água e traga junto com o seu lixo;
    - A CAÇA É PROIBIDA. A área é patrulhada frequentemente pela Polícia Militar Ambiental. Se for flagrado montando armadilhas ou caçando, qualquer que seja a técnica empregada, seu equipamento será apreendido e você pode ser preso em flagrante por crime ambiental, além de ficar sujeito a multas. Na região foram instaladas câmeras para monitoramento da fauna (acionamento por sensores termais de movimento, inclusive agora com envio de imagens em tempo real por celular) para pesquisa e visando coibir ações criminosas. Caçadores já foram identificados na área e medidas legais já foram tomadas contra eles com o uso destes equipamentos.
    - NÃO DESMATE, não abra novas trilhas, não colha plantas ou mesmo flores; esta trilha costuma ficar fechada por vegetação de taquarinhas em certas épocas do ano, especialmente devido ao pouco tráfego de pessoas, então uma limpeza na trilha é sempre bem vinda (não sejamos hipócritas), mas não exagere! Evite cortar plantas nativas!
    - NÃO faça marcas nas árvores, NÃO coloque fitas ou sinalize partes da trilha, isso só deve ser feito por pessoal qualificado, com padrões e dentro de um plano de manejo. Também NÃO danifique a sinalização existente;
    ...

  • Foto de gvogetta

    gvogetta 26/jan/2018

    - NÃO POLUA A ÁGUA das nascentes existentes na região: em seus eventuais banhos de rio, não use sabonetes e outros cosméticos e observe antes a remoção total dos resíduos de filtro solar, cremes e/ou repelentes aplicados sobre a pele. LAVE-SE ANTES, FORA E LONGE DO RIO com uma garrafa para remover estes resíduos, sem lançar esta água usada diretamente no rio novamente. Estes produtos são altamente contaminantes e aquelas são águas que você mesmo e outros usarão para beber adiante. NÃO LAVE PANELAS ou mesmo descarte restos de comida nos riachos;
    - FAÇA SILÊNCIO e desfrute da natureza como ela é, inclusive seus sons característicos;
    - ACAMPE SOMENTE NAS ÁREAS DEMARCADAS já existentes. Não abra novas clareiras e procure respeitar a capacidade de barracas do lugar. As áreas de cume de montanha são áreas de preservação ambiental permanente, e são muito sensíveis à nossa presença, como pisoteamento, demorando muito a se regenerar;
    Agindo desta forma você não coloca em risco outras pessoas, como seus próprios companheiros de caminhada ou ainda terceiros que poderiam ser acionados para um resgate, além de contribuir para a preservação do local e da região como um todo, mantendo-os interessantes aos que por ali irão passar depois de você.
    "A natureza também pertence aos que ainda estão por vir"
    Boas trilhas!

  • Giancarlo Castanharo 10/fev/2019

    Caro Neto, esse tracklog deveria ser excluído aqui do wikiloc. Restaram poucos lugares preservados na nossa serra do Mar !! E esses que restaram estão sendo destruídos por estas divulgações, que fazem uma propaganda para um publico que nem estaria interessado se ela não fosse feita. Essas montanhas foram conquistadas em 1966. Ficaram lá até o ano 2000, quando por estes cumes passamos. Esse lugar voltou a ficar "quieto" até anos atrás....pela facilidade de acesso tem chance de virar um "Caratuva" (detonado) em poucos anos.
    Pense nisso!!
    Abraços
    Cover

You can or this trail