Horas  3 horas 16 minutos

Coordenadas 2171

Uploaded 20 de Novembro de 2016

Recorded Novembro 2016

  • Rating

     
  • Information

     
  • Easy to follow

     
  • Scenery

     
-
-
1.197 m
686 m
0
11
22
44,06 km

Visualizado 1034 vezes, baixado 27 vezes

próximo a Sabará, Minas Gerais (Brazil)

Passeio 4x4 saindo de Sabará e finalizando em Morro Vermelho, distrito de Caeté. Passando por trechos da trilha do Curtume e pelos arredores do Projeto Apolo.
Feito em um Suzuki Grad Vitara 2002 com pneus AT. Choveu forte nos 3 dias anteriores e também no dia do passeio.

COMO CHEGAR:
O trajeto tem início próximo ao centro histórico de Sabará, no Centro de Atendimento ao Turista (CAT). Desde Belo Horizonte, o acesso pode ser feito via Av. dos Andradas ou Anel Rodoviário.

A TRILHA:
Segue-se pela rua principal, sentido Caeté. Chegando ao fim da cidade, na última rotatória, é preciso subir à direita, por uma rua asfaltada. Logo o asfalto termina e começa uma estrada de terra bem batida, que se assemelha com um asfalto.

Conforme subimos, a estrada fica mais ampla, tomando aspecto de estradão. Sem quaisquer dificuldades, chega-se a portaria de acesso da Mina Lamego, da Anglo American. Neste ponto, um pouco antes da portaria, há uma tronqueira à esquerda, meio escondida. É por aqui que a trilha continua, abandonando o estradão, seguindo por uma estradinha vicinal em condições medianas. Depois de atravessar o fundo do vale, uma subida nos leva de volta para um estradão. Adiante segue a trilha do Curtume, uma subida moderada, com muitas valas e pequenos degraus, tudo em terra/barro. Subimos a primeira parte até um ponto onde o terreno estabiliza. A segunda parte é bem mais desafiadora, por diversos motivos o ideal é realizar a subida com a companhia de mais um veículo, embora seja possível de subir só (principalmente se se tratar de um veículo preparado).

Abortamos a subida pelo Curtume e seguimos pelo estradão à direita. Este caminho tem pequenos obstáculos e reencontra a trilha do Curtume adiante. Depois do reencontro passamos a trafegar pela cumeada da serra, com amplo visual do entorno.

Continuamos pelo estradão até o ponto de acesso à cachoeira Santo Antônio e Projeto Apolo. Neste ponto descemos pela estradinha à direita e fizemos um longo giro nas proximidades da mineração, passando por estradinhas abandonadas e outras de pouquíssimo movimento, com muitas árvores e troncos caídos.O caminho é um pouco confuso em meio a uma floresta de eucaliptos. A ideia era sair por outro ponto, mas interceptamos uma estrada de mineração e acabamos seguindo por ela até o ponto pelo qual entramos na mata. Retornamos à bifurcação e de lá seguimos para Morro Vermelho, onde finalizamos o passeio.

OBSERVAÇÕES:
> Trajeto feito em veículo"original", somente com pneus AT nas medidas originais;

> O trecho pelos eucaliptos apresenta muitas árvores e troncos caídos, um facão ou machadinha é fundamental;

> Mesmo com toda a chuva nos dias anteriores, o terreno não apresentou muitos desafios. O trecho que exige uma técnica mais apurada é a subida do Curtume;

> Possibilidade de sinal de celular no decorrer do percurso, principalmente nas áreas mais altas e abertas;

> Passeio de nível fácil, indicado para qualquer veículo 4x4;

> Também é um bom roteiro para motos (trail e bigtrail) e MTBs
WAYPOINT 11
WAYPOINT 12
WAYPOINT 13

4 comentários

  • Foto de Délcio Serra

    Délcio Serra 2/abr/2018

    É possível fazer com um jipe de grande porte?

  • Foto de khronosbh

    khronosbh 20/mai/2018

    A trilha tem pontos complicados para passar. Ao invés de seguir pelo duto de ventilação da Anglo Gold, cujo caminho não é bom, pode dar a volta por trás do morro em caminho bem melhor.

  • Foto de khronosbh

    khronosbh 20/mai/2018

    I have followed this trail  verificado  View more

    A trilha tem pontos complicados para passar. Ao invés de seguir pelo duto de ventilação da Anglo Gold, cujo caminho não é bom, pode dar a volta por trás do morro em caminho bem melhor. Jipe de grande porte pode fazer a trilha, atentando ao fato de que só jipes preparados podem enfrentar o trecho após os dutos de ventilação da mineradora.

  • Foto de Hélio Jr

    Hélio Jr 11/nov/2018

    khronosbh,

    fizemos esse "passeio" num Suzuki GVII, a única alteração eram os pneus ATs. Não tivemos muita dificuldade neste trajeto, em alguns pontos tivemos que dar uma limpada na estradinha, mas nada demais. Imagino que de lá pra cá as coisas tenham mudado, pois não reconheço esse ponto que você chamada de "duto de ventilação".

You can or this trail